O Windows Live Essentials está para o Windows assim como o iLife está para o OS X da Apple, falando a grosso. A diferença básica é que a suíte de aplicativos utilitários da MS não custa absolutamente nada; pode ser baixada de graça. A partir dessa semana, algumas melhorias vão tornar o WLE ainda melhor (ou não, dependendo de quem lê).

Em um comunicado sobre o assunto no blog do Windows, Arthur de Haan, da equipe de testes e engenharia de serviço, avisa que haverá principal correção de bugs nos aplicativos. Se você tinha bronca com o Movie Maker (por ele não funcionar direito, e não por ele ser supostamente ruim), talvez seja a hora de dar uma nova chance ao software.

No Messenger, talvez o aplicativo do Live Essentials mais usado por aí, temos melhorias na qualidade de voz e de vídeo. A correção de bugs também está presente. Já o Live Mail ganha suporte ao SSL, para conexões seguras, e maior estabilidade no envio de uploads.

Por sua conta e risco, hein

De modo geral, as palavras de ordem são estabilidade e correção. Quem quiser conferir de perto as correções deve acessar essa página e verificar se a atualização já saiu — até o momento da publicação desse texto, negativo. Lá pelo fim do mês, o próprio Live Essentials vai oferecer a atualização para os demais usuários. O ideal é atualizar, claro.

Ah, de brinde, a Microsoft vai mandar ua nova versão da detestável barra de ferramentas do Bing. Pois é.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael
Ah obrigado por adicionar a do Google! Como assim "no IE"? (No Fx ela não é a mesma coisa...?)
Ibraim (G)
Desisti do Windows Live Essentials. Não há uma segunda opção (uso o do Hotmail, que é uma merda), mas usar o Messenger é insuportável. É um programa horrível. Posso dizer que é quase intutilizável num netbook, por exemplo, e em qualquer computador com configuração modesta. Aumentou absurdamente os requisitos do sistema e só trouxe uns efeitosinhos mixurucas. Foi uma troca injusta. Fora erros de tradução, o que é um mico pra um programa da Microsoft. Mas o mais irritante realmente é o peso e os defeitos visuais que frequentemente ocorrem.
Thássius Veloso
Não tem.
Italo Vanucci
Absurdo é comparar esse produto ao ilife...Cadê o garageband da microsoft?
j2k
Tá louco?????? Achei um absurdo citarem a Apple numa notícia que trata de uma qualidade da Microsoft e do mensageiro instantaneo mais usado no planeta. Ainda tirei uma, dando a entender que o "iLife" é uma formiga perto do Win Live Messenger.
@luizzz
O Live Mesh é minha vida
@thiagoleite
vdd
EDI LOPES
eh neh mas a bandeirinha do WINDOWS ta ali. Ate parece que a Apple so faz coisas perfeitas.
j2k
colocar a Apple numa noticia dessas é um crime... iWhat???
John
Pois é, deixar de usar um programa porque, dentre "outros motivos" (me pergunto quais), não se pode colocar um arco-íris de personalizações ridículas no nome? Eu também prefiro muito mais ver o nome e sobrenome das pessoas. Muito melhor do que antigamente, quando juntamente com o Plus, era necessário quase que um software de descriptografia pra entender o que as pessoas colocavam no lugar do nome...
John
É... em artigo sobre Windows ou Microsoft, comentário de usuário de Mac tem que passar meio batido, né? É sempre a mesma coisa...
Rafael
Ops... Em correção, apesar de não ter o histórico das versões, me parece que a última versão foi a 15.4.3508.1109 de dezembro do ano passado, logo, a versão já foi atualizada. Pena não haver novidade prática relevante, com exceção de melhoria de qualidade de voz e vídeo no tão renomado messenger.
Rafael
Não vi nada atualizado disponível em versão do nosso bom português na página do Windows Live Essentials. Eu aguardo mais!
Denis
Atualizando \o/
Caio Furtado
Tem mais que melhorar mesmo, ainda mais depois da compra do Skype.
Exibir mais comentários