Usar um DNS diferente daquele que seu provedor fornece tem suas vantagens. Dentre elas estão a rapidez, maior segurança contra phishing e maior controle de acesso, características que o OpenDNS oferece e que os leitores do TB já sabem há algum tempo. Mas para usar um desses serviços, o usuário precisa ir atrás de um meio de mudar o DNS padrão. Para quem comprar novos roteadores da D-Link, no entanto, esse passo vai ser desnecessário.

A D-Link, conhecida fabricante de equipamentos de rede, anunciou ontem uma parceria com o OpenDNS que vai integrar o serviço direto nos roteadores da empresa. O objetivo da parceria é trazer para os pais uma maneira fácil de controlarem o que seus filhos têm acesso na web, por meio do sistema de filtros integrado do OpenDNS.

E não é preciso nem entender muito de roteadores para a configuração. Ao ser ligado pela primeira vez, o roteador vai mostrar um passo-a-passo de como os pais podem ativar as restrições de acesso, colocar uma senha de proteção e ainda incluir sites manualmente.

Por enquanto apenas os roteadores modelo DIR-645 e DIR-657, anunciados recentemente, contam com essa nova funcionalidade. A D-Link planeja, no entanto, implementá-la em todos os novos roteadores daqui para frente.

Com informações: CrunchGear.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@BetoUdi
Não sei se isso vai acontecer para os roteaores que são comercializados no Brasil devido a ligação que a D-link tem com as operadoras que normalmente compra os equipamento e repassam em comodato para os usuários sem custo.
Fer
Eu detestei pelo fato de que não pude mais pesquisar no Bing pela barra de endereços do Firefox e até do Internet Explorer 9 (Sendo que é o unico lugar para pesquisar). Pode até ser configuravel, se eu ficar com um programa em segundo plano e preso ao RWindows, legal não? Só sei que as "facilidades" dele foram o motivo de eu deixa-lo em menos de uma semana.
victtorm
Deixou minha rede mais lenta :\
Mono
Tivemos muitos problemas utilizando o open com speedy, a telefonica é maravilhosa, limita o usuario tanto em planos quanto em melhoria do serviço não é interessante para eles o usuario ter uma velocidade consideravel com o open, e sim comprar um novo plano. recomendamos o do google, as veses é melhor
Gabriel
Por outro lado, requisições que demandam banda como o YouTube e os downloads, por algum motivo obscuro, estão uma porcaria com o OpenDNS.
Gabriel
Desconhecia essa dica do OpenDNS, acabei de configurá-la na conexão 3G e carregou alguns sites de forma bem mais rápida (principalmente blogs do Blogger). Inclusive poderiam acrescentar naquele tutorial que no próprio programa de alguns modems 3G é possível configurar o DNS facilmente, sem a necessidade de ir a nenhum lugar do Windows ou acessar outro menu.
@Leonardo_Mellin
Sou mais o Google DNS...
victtorm
não sei mexer com essas coisas, HDUIASHDIUASHD. vou procurar no Google. :]
Thássius Veloso
Como assim "não aceita mais"? Tem que aceitar. O usuário tem o direito de escolher o provedor de DNS.
Rafael
A OpenDNS está de parabéns ao oferecer um serviço que considera a onda colaborativa, com o empenho de seus funcionários pela qualidade, e agora o traz como padrão de roteador. Um diferencial relevante, que agrega valor ao internauta, já que esses serviços são tão complicados para configurar e as operadoras torcem o nariz por isso.
Mono
a telefonica não aceita mais o DNS do open, e agora manolo?
Daniel
excelente notícia, assim a rede se torna mais segura, e o acesso via tablets, smartphones enfim, toda a rede se torna bem melhor.
@michelblopes
Porquê? É só ir no setup do router e alterar, uai! Aqui eu já uso o OpenDNS há tempos. Desde que começaram os paus nos DNS's da Telecomica.
victtorm
Ah, e eu que comprei o meu a pouco tempo, me lasco né? :S