Clientes da operadora norte-americana de celular T-Mobile que usam o aparelho Sidekick encontram-se no meio de um pesadelo que já dura mais de 10 dias. De acordo com a operadora, os dados dos mais de 1 milhão de usuários do aparelho ficam armazenados remotamente em servidores gerenciados pela Microsoft e Danger, empresa que supostamente fabricaria os celulares do Project Pink. Devido a uma falha ocorrida nesses servidores na sexta-feira, dia 2, várias mensagens de email e contatos guardados neles podem ter sido perdidos com pouca chance de recuperação.

O problema aconteceu quando os responsáveis pelos servidores realizavam um upgrade das máquinas. Antes de começar o upgrade, os técnicos não fizeram o backup dos servidores e ao religar as máquinas, uma grande quantidade de dados foram corrompidos. O vice-presidente de comunicações da T-Mobile, David Beigie, disse hoje que os engenheiros da Microsoft estão esperançosos quanto à recuperação dos dados, mas não foi divulgada nenhuma informação concreta sobre essa possibilidade.

Para tentar amenizar a situação, a T-Mobile USA prometeu enviar vale-presentes no valor de US$ 100,00 para os clientes afetados pela pane e cujos os dados não forem recuperados em até 2 semanas. Além disso, o blog Gizmodo diz que há rumores de que os usuários do Sidekick que perderam os dados podem cancelar seus contratos de fidelidade sem pagar a multa. [SlashGear / New York Times / Gizmodo]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@andradevini
sidekick também é o nome de um carro da suzuki... heheh
Rafael Silva
Pior, cadê o backup DO BACKUP?! Eram dados importantes demais, eles não podiam ter feito caca maior.
Rodrigo
100 dólares em troca dos meus contatos e emails chega a ser uma ofensa. Principalmente em um aparelho para uso profissional. Cadê o backup, amadores?