Início » Brasil Telecom » GVT TV: decodificador de televisão por assinatura está em teste

GVT TV: decodificador de televisão por assinatura está em teste

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Se você tinha dúvidas de que a GVT TV está quase pronta para entrar no ar, eis a notícia: o Tecnoblog tem imagens que provam que a GVT está em plena fases de testes do serviço. Conseguimos as primeiras imagens daquele que pode ser o decodificador para acessar a variada grade de programação que, como dizem alguns rumores em fóruns especializados, a nova televisão por assinatura vai oferecer.

GVT TV: decodificador está em teste

O decodificador que a gente vê na foto já conta com a nova marca da GVT, para sinalizar que o serviço de televisão é fornecida pela mesma empresa que ficou famosas graças às velocidades de conexão espetaculosas (e problemáticas nos últimos tempos, de acordo com alguns leitores).

Temos uma saída HDMI, uma S-vídeo, além do tradicional RCA. Ou seja, a GVT TV vai funcionar em praticamente qualquer televisão atual. Se a programação terá as 1.080 linhas de resolução que o full HD esbanja, aí são outros quinhentos.

Nosso informante, que mandou as fotos mas pediu para não ser identificado, sublinhou que há duas entradas USB no decoder: uma na parte traseira, abaixo da entrada Ethernet, e outra na lateral esquerda, onde entra o cartão para identificação do assinante (tecnicamente, o Smart Card). Possivelmente para futuras atualizações de firmware, de acordo com ele.

Esse mesmo leitor também afirma que descobriu um HD da Hitachi na parte interna do aparelho. É o tipo de detalhe que a foto não revela, mas poderia dizer muito sobre uma (quem sabe) televisão por assinatura digital com recurso de replay e gravação de programas. Hoje em dia isso é tão comum; seria estranho se a GVT não seguisse a cartillha.

Os executivos da GVTadmitiram em inúmeras situações que o próximo passo da empresa, comprada pela francesa Vivendi por bilhões de reais, é a oferta de TV por assinatura. Eles planejam seguir a fórmula da toda poderosa NET: oferecer televisão e internet, além da telefonia por meio da Embratel, empresa que faz parte do mesmo grupo mexicano. Também foi a GVT que comprou um satélite caríssimo que serve exatamente para transmissão de conteúdo multimídia.

Valeu, anônimo!