Um levantamento realizado por Jonathan G. Koomey, professor de engenharia civil e ambiental da universidade de Standford, nos EUA, mostra que o consumo de eletricidade dos centros de dados ao redor do mundo foi contido por novas tecnologias de economia de eletricidade e “pela recessão de 2008”, fazendo com que eles gastassem menos eletricidade do que o esperado por analistas da indústria.

Será que o Google precisou se adaptar?

Em 2007, a agência nacional de segurança ambiental dos EUA previu que o aumento da demanda por serviços da web faria com que o consumo de eletricidade dos datacenters dobrasse entre os anos de 2005 e 2010. Mas segundo o estudo de Koomey, tal número cresceu “apenas” 56% em todo o mundo do período e 36% nos EUA.

“Principalmente por causa da recessão, mas também por conta de algumas mudanças de como os datacenters são projetados e operados, o crescimento do consumo de eletricidade foi menor que o esperado. E isso é uma grande história”, afirmou Koomey ao New York Times.

Conhecido por fazer investimentos em fontes alternativas de energia, o Google atualmente conta com 900 mil servidores, responsáveis por hospedar seus serviços de buscas, Gmail e o YouTube — que a cada minuto recebe 48 horas de vídeos de seus usuários.

Segundo os dados, a gigante da web consome 0,01% da eletricidade global, ou 1% da energia usada pelos centros de dados ao redor do mundo. Juntos, eles utilizam 1,5% de toda eletricidade gerada no planeta.

Com informações New York Times, DataCenter Knowledge, Jonathan G. Koomey

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Parece pouco, mas é MUITA energia.
ricardo
Só ressaltando, R$0,33 é o preço médio do Kwh residencial no Brasil. Esse valor deve ser diferente em outros países e para clientes não-residenciais, como é o caso do Google.O valor serve apenas como uma estimativa.
Sérgio Felipe
Se estiver correto! ate que não é muito! O Google podia investir em produzir eletricidade "verde"
ricardo
De acordo com a Wikipedia, o consumo mundial de energia elétrica gira em torno de 17109665000 Kwh por ano (dados de 2007). Considerando 0.01% desse valor e o preço médio de R$0.33 por Kwh, temos que essa conta de luz daria em torno de R$564.620,00 por ano. Dividindo esse consumo igualmente entre os 12 meses, temos a conta mensal de R$47.052,00 . Até que nem é tanto assim né...
Diones Reis
Irônico é que, foi preciso uma crise econômica para que se fizesse economia de recursos naturais.
Rafael
Rsrs a imagem do post!
@bruno_oliveyra
I Love Google S2
bawlaw
bem.. deve ser por isso que o google esta investindo em energia, ano passado investiu em energia eolica e solar.. deve ter mt mais por ai
@radrenato
Considerando a magnitude da Google, acho até que tá pouco.
Leandro de Souza
Isso que é economia de energia
@Erick404
Verdade... vi no Facebook a chamada com "um centésimo" no título, fiquei assustado!
Thássius Veloso
Você tem toda a razão. Para evitar confusão, eu alterei o título do texto. Obrigado.
Bestknighter
TAmbém me interessei. Dizer que consome 1% de toda a eergia usada nos Datacenters do mundo não me faz ter noção do quanto isso é pouco. Ou muito.
@roneamabile
É mais lucro o Google construir sua própria hidrelétrica pelo jeito..
@alissonals
até assustei aqui com a manchete, mas na verdade é 'um centésimo de porcento' ou 'um décimo de milésimo', né?
Exibir mais comentários