No meu entender, o Motorola Defy é atualmente o smartphone com a melhor relação entre custo e benefício disponível à venda no mercado brasileiro. Mas talvez seja melhor esperar um pouco antes de comprar o seu próximo gadget multiuso, pois a Motorola apresenta nessa segunda (15) a próxima iteração do aparelho: estou falando do Motorola Defy+ (repare no sinal de mais na nomenclatura).

A aparência continua a mesma, mas os seus cabelos componentes, quanta diferença!

Motorola Defy+ resistente a água

O Motorola Defy+ tem o visual basicamente igual ao do antecessor. O foco da Motorola no aparelho foi melhorar os componentes internos do produto. Afinal de contas, o Defy continua atendendo as necessidades de muitos usuários, mas tem especificações de quase um ano atrás (quando foi apresentado mundialmente). O hardware é atualizado, portanto, enquanto o design permanece o mesmo.

Em sua iteração mais recente, o Motorola Defy+ ganha processador com clock de 1 GHz. Agora sim ele fica equiparado ao que se tem no mercado atualmente para aparelhos mid. Essa é a prinicipal mudança no lançamento. A Motorola também promete uma duração de bateria prolongada – algo muito bem-vindo para os geeks de plantão.

O Android é 2.3 Gingerbread, a versão mais recente do sistema do Google para smartphones.

Seu visor de 3,7″ continua constituído de Gorilla Glass, nome comercial da tecnologia que permite uma tela muito mais resistente. E, assim como o Motorola Defy, o Defy+ segue resistente a arranhões, queda e água (como nós mostramos em um vídeo de teste do produto).

Review | Motorola Defy

As vendas do Motorola Defy+ estão previstas para o terceiro trimestre na América Latina, Ásia e Europa. A Motorola Brasil foi consultada sobre a disponibilidade do aparelho por aqui, mas não respondeu até o momento da publicação desse texto.

Especificações do Motorola Defy+

  • Processador: 1 GHz.
  • Memória RAM: 512 MB.
  • Visor: 3,7 polegadas.
  • Armazenamento: 2 GB internos; cartão microSD expansível até 32 GB (inclui um cartão de 2 GB).
  • Câmera fotográfica: 5 Megapixels.
  • Bateria: 1.700 mAH.
  • Sistema: Google Android 2.3.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Clarice
Caramba gente...só vcs pra se entenderem mesmo ,é um tal de OMAP 3630 underclockado e num sei mas oque....to tonta até... Esse defy+ Faz ligação e recebe mensagem?!?!? KKKKK
@ariesteves
Eu tinha um iphone 3G, velho, ultrapassado, mas que me servia muito bem e sem me dar problemas, aí felizmente ganhei um Defy+ de presente e estou gostando muito dele, porém por 2 noites consecutivas o aparelho desliga sozinho por falta de bateria sem eu te-lo utilizado durante o dia. É normal que a bateria dure menos de 24hrs??????? Minha mãe, que tbm usa celular Android/Google, porém Sansung, disse que é por deixar o 3G ativo constantemente...mas isso não faz sentido! Se eu não estou utilizando o telefone, ele deveria pelo menos, durar 24hrs inteiras! Estou bem descontente com isso, mas queria saber se o problema é do aparelho ou só do meu mesmo...Será que alguém pode me ajudar de alguma maneira?
Toshiba
Rapaz, resistente a queda n sei se eh mas falo por experiencia propia q meu defy caiu de uma altura de uns 20 cm e raxou a tela, quanto a resistencia a agua tbm eh um caso a se pensar, o meu mesmo molhou e parou de funcionar o fone, tinha q atender em viva voz toda chamada
fayad
Ele é resistente a queda, poeira e a agua. Agora se quebrar, ou afogar ou danificar por causa de poeira a garantia não cobre. Sobre a questão da bateria. Facil, só comprar uma do defy+ para o defy.
@HelenMelo
NÃO, ELE NÃO É A PROVA DE QUEDAS. ps: a garantia não cobre. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3207587994442&set=a.1739895663051.101955.1408458343&type=1
vinnicius
Googlerola não é um nome muito agradável. MotoGoogle?
vinnicius
Isso não é verdade. A resolução do iPhone é de 960x640.
@JhowNM
Sinceramentt desperdicio de tempo e dinheiroo fazer issu com o defy, quem tem um sabe q o "cara" eh bom, mas q precisa de mudanssas profundas e drasticas, naum soh uma repaginada no nomee ridiculoo isso... o nome DEFY merecia bem MAIS que um simples "+"...
Ramon Melo
Pô, mas de que adianta isso? Qual é a graça de baixar/comprar/ripar um vídeo em alta definição, ocupando 2GB por hora de vídeo no cartão de memória, para ver numa telinha de 4"? Não precisa converter, é só baixar/comprar/ripar o vídeo em qualidade padrão (standard). Quem tem banda larga para baixar 2GB, tem para baixar 400MB a mais.
@rafa1696
A nova versão do android está mais rápida, com teclado padrão novo, melhor gerenciamento de energia, suporte ao padrão WebM e codec AAC de áudio, melhorias na parte de gráficos para jogos( performance melhor em jogos), isso só para dizer algumas coisas.
vilarinho
só completendo....não estou nem ai para a versão 2.3 do android, a atual 2.2 roda flash e esta super rápida no Defy..pra q mudar???
vilarinho
Tenho um Defy há cerca de 6 meses e tirando o fato de não poder ligar direto na telona por não ter saída hdmi de resto é EXCELENTE e esta num ótimo preço nas lojas. O meu por exemplo saiu de graça no meu plano da Claro. Recomendo! Ah..e se ele é aprova de quedas não sei mas a prova de líquidos é sim, pois no meu já caiu um copo de refri e ele ta aqui, firme e forte..até mais rápido q meu velho notebook..rs
@ericksonleon
Simples! Para não precisar ficar convertendo vídeo, é só jogar no aparelho o mesmo arquivo que você tem no seu box e assistir on the go.
Gabriel Bemfica
Alguns esclarecimentos: eu tive contato com uma fonte dentro da Motorola há algumas semanas. Junto com isso, sou membro ativo da comunidade do Defy no XDA-Developers, onde o pessoal descobriu algumas outras coisas. Lá vai o resumo da ópera: 1. O processador do Defy atual é um OMAP 3630 underclockado (o clock original dele é 1 GHz, mas ele aguenta até 1.3 sem problemas) - mas a Motorola anuncia oficialmente que ele é um 3610, a razão mais provável é posicioná-lo abaixo na sua linha de produtos, para não concorrer com modelos mais caros; 2. Já vazaram algumas (mais precisamente, 4) versões do Gingerbread para o Defy. Na possibilidade de o Defy original não receber a atualização para o Android 2.3, essas ROMs são feitas para o Defy+ (o número do modelo, nos dois últimos vazamentos, mudou de MB525 - o do Defy - para MB526 - o especulado como sendo do Defy+), mas COMPLETAMENTE compatíveis com o Defy atual. Quem tem módulos de câmera SoC (mais conhecidos como "lente verde") só precisa de um hack básico que pode ser aplicado com uma custom recovery. O hack está disponível aqui: http://forum.xda-developers.com/showthread.php?t=1130656; 3. Tendo isso em vista, o Defy+ não tem absolutamente NENHUMA novidade em relação ao Defy atual além da bateria. O Gingerbread é compatível com ambos os modelos, todos os Defys fabricados de alguns meses para cá (especula-se que começou no fim de março) possuem módulo de camera Bayer ("lente vermelha"), o processador é o mesmo (só se removeu o underclocking) e a memória RAM permanece inalterada. É importante ressaltar que, quando se instala o Gingerbread num Defy atual, o processador é AUTOMATICAMENTE mudado para 1 GHz, o que corrobora a afirmação de que o Defy+ e o Defy "normal" possuem o mesmo processador; 4. Conforme já tirado onda previamente com o pessoal do TB, lá no NumClique.net nós já noticiamos isso há mais de um mês: absolutamente TODAS as informações passadas se confirmaram. Para quem quiser o link: http://www.numclique.net/rumor-motorola-lancara-nova-versao-do-defy-nas-proximas-semanas/19860 Aliás, um detalhe importantíssimo mudou: o Defy+ não vai, ao que parece, receber a roupagem horrível com detalhes em roxo. Melhor para os clientes, isso sim.
issamu
Galera, não daria para esperar muito da Motorola, só dão bola fora. Pelo menos foi a última jogada deles. Se era para fazer um aparelho diferente, não seria Defy+. Uma simples câmera frontal, com certeza mudaria o nome. Mas aí seria outro Motorola na multidão. A grande sacanagem deles foi ter lançado o Defy, o Defy+ é a correção.
Exibir mais comentários