Marcus Persson, criador do Minecraft

Quando falamos de processos judiciais comuns, normalmente estão envolvidos juízes, tribunais, juris e advogados, além de muita grana. Mas Markus Persson, criador do famoso jogo Minecraft, decidiu mudar um pouco essa definição de processo judicial colocando um pouco mais de diversão. O desenvolvedor desafiou os funcionários de uma empresa que o está processado a resolver seus problemas judiciais por meio de uma partida de um jogo de tiro.

O estúdio de jogos Bethesda abriu um processo contra Notch por que ele anunciou o desenvolvimento de um jogo chamado Scrolls, que é algo bem próximo de outro jogo chamado Elder Scrolls e que pertence à Bethesda. Notch já chamou o processo de “nonsense” no passado mas afirmou que uma partida de Quake entre as duas empresas vai ser o suficiente para resolver o problema de uma vez por todas.

O desafio foi publicado por Notch em um post no seu tumblr, em tradução livre:

Lembra daquela cena em Game of Thrones onde Tyron escolhe um julgamento por batalha em Eyrie? Bem, vamos fazer isso no lugar [do processo]! Eu desafio Bathesda para um jogo de Quake 3. Três dos nossos melhores guerreiros contra três dos seus melhores guerreiros. Nós escolhemos um nível, vocês outro, aleatoriamente. Partidas de 20 minutos, vence quem tiver o maior número de frags por time nos dois níveis.

Se nós ganharmos, vocês desistem do processo. Se vocês ganharem, nós mudaremos o nome do Scrolls para algo que vocês concordem.

Apesar de Notch ter colocado no final do seu post “Eu estou falando sério”, até agora nenhum funcionário da Bethesda respondeu ao desafio.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

jv110
peidaram
Leandro de souza
kekeke...principalmente se o narrador for o silvio luiz...#silvioluizfodao
@fibrasek
Esse cara é sensacional. Acompanho o Minecraft e Mojang desde o nascimento. Tem uns 2 posts sobre esse caso lá no World of Notch (tumblr do Markus Persson) e realmente, ele tá falando muito sério xD
Rodrigo Cardoso
Na verdade, eles compraram a ID. John Carmack deve ter adorado a proposta =D Resta saber de q lado ele jogaria... hehehe
@felipeshaman
Os "newbies" são da empresa que é uma das principais parceiras da Id, criadora do Quake. Devem ser newbies mesmo. also: NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOTCH!
Humberto Mendes
Se eles aceitarem eu vou mandar meu currículo pra Bethesda pra área jurídica deles.
Pedro
Eu fico impressionado como que a Bethesda (e outras empresas) são pau no c*. Então agora a Bethesda é dona da PALAVRA "SCROLLS"??? Isso é ridículo. Como falei com um amigo, parece que agora quem faz jogo é um bando de nerd anti-social, designers hipsters e por trás uma equipe de advogados picaretas inescrupulosos. Saudade da época em que só tinha maluco nessa área, gente apaixonada e com idéias vibrantes, modos de trabalho não ortodoxos, enfim... quando não era uma indústria capitalista como todas as outras. Provavelmente não só não irá aceitar o desafio, como deve processar (de novo) o Markus Pearson pela "brincadeira".
Caio Furtado
Por um mundo onde os processos judiciais sejam resolvidos assim.
@brunogdb
Como resolver um problema do jeito mais nerd possível.
gokernel
Isso deve ser uma tremenda piada. Se alguém realmente é sério e quer fazer justiça, deve procurar os meios oficiais. Eita trollzinho esse cara ! Gokernel.
Guilherme
RESPECT!
higgorleimig
Todo mundo tá achando ótima a atitude dele por que em tempos onde as pessoas se estapeiam por direitos autorais e processar alguém por coisas bestas é moda ele se destacou levando isso na brincadeira e propondo um acordo inusitado e coerente com a situação ao invés de apenas processar de volta. Não são empresas de jogos? Resolvam jogando. Essa foi a grande sacada da situação!
RafaelFunchal
Não responderam até agora por que estão treinando?
@rsmelo
queria ver ele desafiar a qualquer jogo a critério da empresa que tá processando. Pois desafiar em um jogo que você domina é fácil. Não sei por que o pessoal acho que ele é bom por fazer isso.
@Wilson_DNA
Acho que ele está propondo a melhor forma de resolver esse processo, e um caso sobre jogos, nada melhor que resolver com jogos. Nos EUA crimes como homicídios e assassinatos tem na maioria das vezes pena de morte. "Morte Por Morte" Ou "Jogo Por Jogo" Acho muito justo!
Exibir mais comentários