Há  exatos 10 anos as Torres Gêmeas ainda estavam de pé em Nova York, o Brasil era apenas tetracampeão da Copa do Mundo e o cantor predileto de toda equipe do Tecnoblog Justin Bieber estava apenas dando seus primeiros passos na arte sagrada da… alfabetização.

E foi no dia 24 de agosto de 2001 que as primeiras unidades do Windows XP começaram a ser despachadas pela Microsoft a fabricantes de todo mundo.

Baseado no então novato Windows 2000, a então mais nova geração do Windows chegava com a nem-tão-dura-assim missão de substituir o mal amado Windows ME e o popular Windows 98 no coração dos usuários. Seus atributos eram a interface redesenhada com sombras sob os menus, capacidade nativa de gravação de CDs e maior velocidade de carregamento e de hibernação, entre uma infinidade de recursos que temos como padrão nos sistemas operacionais hoje em dia.

Windows XP: você já cansou se ver essa carinha, confessa.

À época de seu lançamento, a própria Microsoft afirmava ter planos a longo prazo com o programa, garantindo que seu substituto só chegaria “depois de 2004” — uma novidade chocante em uma época em que o Windows ganhava versões praticamente todos os anos, e que nem sempre as novidades eram exatamente melhores que suas antecessoras.

Disponível oficialmente nas lojas apenas a partir do dia 25 de outubro, o SO, quem diria, foi alvo de críticas de seus primeiros usuários por pedir muitos recursos das máquinas a que dava vida. Na época, computadores com processadores de 500 MHz e módicos 128 MB de RAM (lembra?) eram o padrão do mercado. De acordo com a Microsoft, os requisitos mínimos de instalação para o XP são processador com 233 MHz e 64 MB de memória RAM.

E para seu lançamento, nada melhor que o nosso querido Steve Ballmer, atual CEO da Microsoft, fazendo seu papel de vendedor estilo Polishop:


(Vídeo do YouTube

Também teve propaganda com os felizes usuários do novato XP voando pelo mundo ao som da cantora pop Madonna:


(Vídeo do YouTube

O XP teve uma vida mercadológica especialmente longa, encerrando sua carreira nas prateleiras apenas no ano passado, quando vinha embarcado apenas em netbooks.

Depois de uma década, o programa detém a coroa de sistema operacional mais usado no mundo, com a preferência de 43,89% dos navegantes. Já no Brasil, o XP ainda tem 49,92% de audiência. Mas em franca queda há alguns anos, deverá ceder a coroa tupiniquim ao neto Windows 7 nos próximos meses.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André
Seven é só marketing, tudo está na rede para que trocar já?
@EmanuelSchott
Nunca tive problemas em rodar aplicativos no Windows 7... Consigo rodar até o Twinsen's Odyssey, um jogo 2D que foi feito pra Windows 95. E Win7 não é "só" mais bonito, melhorias no gerenciamento de memória e processadores com mais de um núcleo são só alguns exemplos que deixam o Win7 melhor que o XP. Tente instalar o XP em HD Sata (atual) sem ter que fazer alguma gambiarra, ele simplesmente não detectará o HD. PS. Sim, sou usuário do Ubuntu, mas não sou daqueles radicais que dizem que Windows não presta.
@EmanuelSchott
Meu Celeron 1GHz e 256mb de RAM travava pra caramba!!!
Caio Furtado
Faz parte do meu passado...
Rodrigo Cardoso
Um Pentium II 233 Mhz TOP rodava bem sim, por que tinha um cache consideravel. O Maior gargalo pra rodar o XP era a memoria, 64mb era pouco.
Vinicius Kinas
Isto que você chama de monopólio é monopólio sim, mas suas razões estão erradas. Não teve nenhuma arquitetura alterada entre os sistemas, a API continua a mesma, inclusive suportando funções antiguíssimas, só pra manter compatibilidade com aplicativos. O que aconteceu foi a implementação do UAC, que impede que qualquer aplicativo escreva em qualquer lugar do sistema. Um programa feito decentemente no Windows 98 por exemplo, pode rodar sem NENHUM problema no Windows 7. Claro que existem coisas que pra tirar proveito completo do hardware da máquina, requerem uma especificidade maior com o sistema operacional, e por isso, dependendo de como foram feitos, realmente quebram compatibilidade. Inclusive, essa sua reclamação, foi a mesma de quando o Windows XP chegou. Muitos programas na época só funcionavam no Windows 98, e ficaram incompatíveis com o XP, causando uma tempestade em um copo d'agua. Por fim, se o Windows XP tem tudo que você precisa, ótimo, ele ainda têm mais uns 2 anos de atualizações de segurança, e pode continuar sendo usado depois. O problema é que o XP não aproveita recursos novos de hardware (4GB+ de memória), por ter sido feito numa época onde memória era escassa, não tem um cache decente, entre outras coisas que em máquinas novas, faz muita diferença no tempo de resposta.
hcvenceslau
Medonhos esses comerciais...
Yangm
Você merece um prêmio por usar produtos da Apple e não ser um macfag :P
Marcos
e rodando num iMac 27" i5 :D. quanto ao 10.7.2 é que sou desenvolvedor. Não tenho o preconceito que muitos macmaníacos tem cara. Começei esse lance de computador com um Windows 98 depois o meu velho XP Home e mais tarde o Professional. Em 2007 comecei a explorar um Hackintosh ( Tiger e mais tarde consegui rodar o Leopard. ). Só em 2008 comprei meu primeiro iMac (20") Já em 2009 comprei um de 24" que passei pra minha mulher quando, no final de 2010 comprei o que tenho agora. Nele além do Lion, claro, instalei o Ubuntu virtualizado ( to descobrindo o Ubuntu ). Já usei o Seven no meu velho PC, mas não aguento. Mandei pro limbo e reinstalei o XP :D
Flavio
O WinXP tem tudo o que eu preciso. Para quê eu quero o Win7. Só porque é mais bonito. A MS que domina o mercado de software mudou a arquitetura do win7 (na verdade desde o WinVista) para que programas compatíveis com o winxp não funcionem nele. Assim ela obriga os desenvolvedores a criar novos programas compatíveis com o win7 e obriga os usuários a mudarem de SO. Isto eu chamo de monopólio.
Vinicius Kinas
Eu lembro que quando me falaram que a barra de tarefas seria AZUL, e o menu iniciar VERDE, eu não acreditei. Imagina só! Pouco feio seria isso! Meu HD de 4GB da época não cabia o WinXP :/ huahuahuahua
AgaGê
windows xp estará para sempre em nossos corações
Kowalski
Eu! o/ :D
Yangm
Usando: Mac OS X 10.7.2
Yangm
Internet Explorer causa náuseas, vômitos, diarreias e perda de consciência.
Exibir mais comentários