Início » Legislação » Adolescente de 15 anos vai a julgamento por baixar filmes piratas

Adolescente de 15 anos vai a julgamento por baixar filmes piratas

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Um adolescente de apenas 15 anos está em julgamento na Suécia por um dos crimes mais fúteis que já vi: baixar filmes pela internet.

Apesar do uso ser apenas pessoal e a Suécia ser o berço do Pirate Bay, o download de arquivos piratas parece ser tratado de forma bastante rígida. O que o übergizmo citou é o que acontece exatamente nos Estados Unidos: o envio de uma notificação ao usuário pelo download daquele arquivo ilegal.

Pirate Bay: sinônimo de pirataria

Tudo isso começou quando um vírus foi encontrado na rede da escola e a sua origem foi identificada como sendo o computador desse jovem, a equipe de TI da escola rastreou o vírus, chegando no computador do adolescente e encontrou cerca de 24 vídeos baixados ilegalmente.

A equipe comunicou ao diretor, que optou por ligar para a polícia. Agora ele está em julgamento e se for condenado poderá ficar até 2 anos na cadeia. Detalhe: cadeia. Não é nem prestação de serviços de comunitários.

Fatos como esse estão ficando cada vez mais comuns, segundo um dado de 2003, cerca de 263 pessoas na época estavam sendo condenadas pelo “crime” de baixar arquivos piratas. Em maio desse ano, saiu uma notícia através do TorrentFreak, que cerca de 23 mil pessoas estavam em julgamento por baixar ilegalmente o filme “The Expendables“.

No Brasil são poucos os casos que isso ocorre. Aqui existe uma maior punição para aqueles que revendem filmes, músicas e softwares piratas.

Assim como o pessoal do übergizmo falou: condenar o futuro de um adolescente, deixando ele 2 anos na cadeia apenas pelo download de arquivos ilegais é, no mínimo, muita falta de noção. Sem falar que, se uma lei como essa fosse aplicada no Brasil, haja cadeia para tanto download pirata…

Mais sobre: ,