Início » Internet » Gmail Offline: para acessar o email quando não tem conexão

Gmail Offline: para acessar o email quando não tem conexão

Avatar Por
8 anos atrás

Você nunca mais vai poder reclamar que não tem como acessar o seu email quando está sem conexão com a internet. O Google apresenta hoje a nova iteração do Gmail Offline, que agora ressurge como um aplicativo gratuito para Chrome que, depois de instalado, sincroniza as mensagens e permite escrever e salvar emails que serão enviados somente quando a conexão voltar. Já não era sem tempo!

O Gmail Offline funciona de forma bastante semelhante à interface do Gmail para tablets. A equipe de desenvolvimento do webmail aproveitou o enorme conhecimento adquirido ao construir software usando o HTML5 no iPad e nos tablets rodando Android para criar esse aplicativo. Ficou realmente bom.

Gmail Offline é baseado na interface do email do Google para tablets | Clique para ver maior

De acordo com  o gigante da web, a grande vantagem de usar web app é que o usuário pode acessar suas informações a qualquer momento. Baseando-se no HTML5, o aplicativo tem acesso a um espaço maior para armazenar seus conteúdo. E assim fica fácil manter um histórico de conversas para aquele momento em que a aeromoça manda desligar os equipamentos eletrônicos — quando você puder ligar novamente o notebook, o sinal 3G ou Wi-Fi provavelmente já se perdeu, mas as suas mensagens continuam lá graças ao cache fornecido pelo Google Offline.

Uma vez que foi feito em cima do Gmail para tablets, o Gmail Offline destoa bastante da nova interface que o o Google liberou recentemente para seu serviço de emails. As fontes utilizadas são maiores, e basicamente o que temos são duas colunas. Uma para apresentar as conversações, e outra para exibir as mensagens em si. Acho que não é preciso nada mais do que isso num ambiente em que não tem conexão com a internet (o chat do Gmail, por exemplo, torna-se desnecessário nesse cenário; o mesmo vale para a barra superior, cheia de recursos inacessíveis do Google).

"O mundo de hoje não desacelera e é sempre boa a sensação de ser produtivo a partir de qualquer lugar, a partir de qualquer dispositivo, e a qualquer momento", o Google informa. A empresa ainda diz que o Gmail Offline é uma forma forçar os limites e fronteiras dos navegadores modernos. Pura verdade.

Eu estou usando o Gmail Offline mesmo tendo uma conexão de 10 Mega. Acima de tudo, o que me agrada no aplicativo é a simplicidade ao apresentar as funcionalidades do serviço de email. O foco fica exclusivamente nas mensagens, sem recursos em excesso. Quando preciso de algo mais complexo, é só abrir outra aba no Chrome e acessar a página normal do Gmail.

O Gmail Offline está em estágio Beta. Funciona tanto com o Gmail em si como no webmail baseado em Google Apps, que o Google oferece em uma série de sabores e preços. Na primeira vez que você abrir o web app será necessário dar permissão para que o Gmail Offline salve informações no seu computador (recomendado apenas se o PC for exclusivamente seu).

Download: Gmail Offline (para Chrome)

Uma coisa que não funciona no web app: o arrastar e soltar para incluir imagens no corpo do email. Nem adianta tentar. Uma pena.

O Google promete aplicativos para usar o Docs e o Calendar muito em breve.

Cabe lembrar que o email do Google já teve um modo offline que dependia da tecnologia Gears. Essa tecnologia foi descontinuada porque era proprietária do Google, e a empresa preferiu desenvolver algo com padrões abertos.