Início » Brasil » Distribuição de filmes e séries online ainda é patética

Distribuição de filmes e séries online ainda é patética

Avatar Por

Gerou bastate repercussão a chegada da Netflix no Brasil. Praticamente todos os veículos de comunicação, na área de informática ou leigos, noticiaram.

Não resta dúvidas que o futuro do entretenimento audiovisual é o streaming. O que me espanta é a demora que estúdios, produtoras e distribuidoras tiveram para se dar conta disso. Conta-se, por cima, cerca de uma década de troca livre de arquivos pela internet. Com o tempo, filmes e música se tornaram a maior parte deles.

Não se trata de mera pirataria. Muitas vezes, o download alternativo é o único meio de acesso por fãs de séries e filmes. É inaceitável, em tempos onde um espirro no Camboja causa gripe no mundo inteiro, que a distribuição de conteúdo se baseie em calendários diferentes para cada região do mundo — algumas até ficando de fora. A informação está globalizada e isso é irreversível.

Lembram-se da badalada série Lost? Nos últimos capítulos, tinha gente que nem queria esperar o download... preferiam acompanhar os fãs norte-americanos, que botavam uma webcam na frente do aparelho de TV e transmitiam em tempo real o programa para todo o mundo. Qualidade de imagem era o de menos.

Os mais velhos podem alegar: "Ah, mas essa molecada anda impaciente demais... no meu tempo os enlatados americanos levavam anos para chegar à TV aberta daqui..." Pois bem, no meu tempo, quando eu assistia "Chips" e "A Super Máquina", não havia redes sociais e fóruns de internet onde fãs afoitos mal viam a hora de discutir com o mundo o episódio mais recente. Os tempos mudaram, ponto final.

Netflix no PS3

A quantidade de dinheiro que se perde com isso é enorme. Os detentores dos direitos audiovisuais lamentam, e com razão. Contudo, troca-se com frequência os pés pelas mãos. O streaming pode ser a saída para atender à nova geração sem amargar prejuízos financeiros. O Netflix é um fenômeno nos EUA, e acusa-se os milhões de assinantes do serviço de serem responsáveis pela derrocada da Blockbuster.

E no Brasil? Bem, aqui tudo é ainda pior. A alternativa à TV aberta é a TV a cabo, uma verdadeira vergonha alheia de tão ruim. A programação é péssima, com muitas repetições; muitos canais transmitem episódios de séries fora de sequência; nem sempre se pode optar por dublagem ou legendas (boa parte delas ruim); os intervalos comerciais são longos e ridículos — ainda não entendo sequer por que existem. E sim, as novidades continuam demorando a chegar. Portanto, serviços de streaming podem ser a solução, certo?

Bem, não por enquanto. Meus primeiros dias de Netflix foram decepcionantes. Pra começar, a versão para dispositivos móveis ainda não existe — espera-se para até o fim do ano. O catálogo ainda é pequeno, sem categoria de lançamentos. Boa parte dos filmes são aqueles que mofam nas estantes das locadoras, mas, inexplicavelmente, a maioria dos clássicos do cinema e filmes de Oscar está ausente.

E o problema mais grave, ao meu ver: muitos filmes estão disponíveis somente em versão dublada! Juro que isso não consigo entender. Tudo bem que pode haver maior demanda por filmes dublados, mas a grande vantagem da internet é poder escolher como se quer assisti-lo. No meio digital, isso é tão simples! Qual a desculpa?

Assim, nem vou esperar o término do meu período de degustação. Com uma semana de uso, estou encerrando o serviço. Alguns profissionais da área de distribuição me disseram que isso é mais complicado do que parece. Depende de negociações, das legislações específicas de cada país e das partes envolvidas — bastante gente. Mas algum deles desconhece a internet? Engraçado, a palavra "opção" era pra ser o trunfo do conteúdo online, mas isso só continua existindo nos canais extra-oficiais. Pior que eu me vejo cada vez mais num beco sem saída. Até as salas de cinema, seja nas grandes ou pequenas redes, estão preferindo transmitir apenas filmes dublados! Se eu quiser ver versões legendadas, é preciso caçar cinemas na cidade e se sujeitar a horários esdrúxulos, tipo terça-feira à uma da tarde.

Não é a toa que sites de distribuição de conteúdo e comunidades de legendadores só aumentam. Parece que quanto mais o tempo passa, maior fica o vácuo entre oferta e demanda. Os canais oficiais ainda só se preocupam em agradar uma "massa", uma maioria. É tão difícil compreender que no meio online isso já não mais existe?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

cowboy vídeo
Nós da Cowboy Vídeo locadora, também estramos para o serviço de distribuição de filmes ON DEMAND, é o futuro com mais essa opção. Mas como foi dito na matérias, realmente depende de toda uma burocracia para liberar conteúdos, sem contar com acôrdos comerciais que as vezes impedem de vender conteúdos para concorrentes.

Porém, para quem gosta de filmes antigos, catálogo, clássicos, sucessos de bilheteria, oscar, etc... e quer ter opções para dublado, legendado e ainda uma melhor qualidade, ainda assim a videolocadora supre essa necessidade com os filmes em DVD e agora Blu-Ray e Blu-Ray 3D.

COWBOY VÍDEO
Darox
Ontem fui assistir loucos de dar nó e só tinha legendado, com 20 minutos de filme a legenda se adiantou e parei de assistir porque não dava mais, a legenda entrava 20 segundos antes da fala, com conexão de 10 MB acontece isso, fiquei triste mesmo porque isso é um real motivo de não renovar a assinatura.
Caio Furtado
Estamos engatinhando ainda gente, paciência.
Raphael de Bem
Longe de defender a Netflix, os filmes dublados ou legendados ou ainda os que querem assistir um episodio de uma serie antes dele sair, mas sejamos realistas, o serviço da Netflix funciona. Desde o cadastro em 3 passos, o atendimento telefonico (sim eu usei) e o suporte a varios dispositivos (ate meu PS2 antigo foi capaz de acessar o sistema e rodar os filmes sem problemas!), ainda e possivel cancelar o servico a qq momento sem burocracia. O catalogo disponivel era de se esperar para um servico recente e de nicho, sobre a qualidade tecnica da imagem, nao tem como discutir pois depende da conexao e a ideia e assistir o filme instantaneamente e sem cortes, o que invalida os que falam que podem baixar torrents a 1080p, mas tem que esperar 4 horas ou mais para fazer o download, no Netflix o inicio e imediato. RESUMIDAMENTE E UMA QUESTAO DE DINHEIRO. Basta analisar o ecossistema criado pela Apple e como ele e vencedor. A Netflix segue o mesmo modelo de ecossistema, tudo é uma questao de tempo.
vinnicius
Você tem sorte. Enquanto aqui só tem VeloX caríssima e a GVT está se instalando por aqui, uso uma net de 128kbps via rádio instável ao extremo.
Yangm
Já vi filmes na HBO que a linguagem usada na dublagem era melhor que a das legendas e vice-versa, pois canais como esse disponibilizam o áudio original e o dublado junto com a opção de com ou sem legenda.
O fato é: não é que eu odeie meu idioma natal, mas traduzindo cop para tira não dá, eu preferia mil vezes ouvir "os homi" no lugar de tira mas enfim.
Outro ponto ruim é a tradução de títulos que geralmente são compostos de "da pesada" e "muito louco(a)", distorcendo totalmente o nome original do filme, além e usar um linguajar apenas utilizado pela minha vó.
Trocadilhos e gírias são outras coisas que em 90% das traduções são perdidas.
Isso é culpa de quem? Dos filmes que deitam e rolam de sua linguagem natal ou dos tradutores sem criatividade?
As vezes eu penso que o mundo inteiro deveria migrar para uma só língua.
@AntonioVeras
Pois eu não assisti nem Os Mercenários só por causa daquele comentário do Stallone.

Boicoto mesmo. Se a maioria das pessoas agissem assim, talvez a imagem do brasileiro lá fora fosse outra.

E sim, tenho o Box do Rocky.
Humberto Mendes
Talvez ele seja igual a mim e esteja esperando apenas uma oportunidade para sair desse grande picadeiro que chamamos de país.

Enfim, eu acredito que o serviço da Netflix pode melhorar com o tempo, mas é necessária a reciprocidade de interesses. Não adianta nada não ter assinantes ao par que não adianta nada também não ter uma boa programação.
Yangm
Maldita tag [s] que não pegou no momento ironia TB.
Roger
Cara, o quê você está fazendo aqui ainda? Muda de país logo então que gente como você não faz a menor falta.
Agnatos
No meu caso Cesar. Eu NÃO odeio filme dublado. Mas mesmo assim, eu ficaria chateado não houvesse a opção de escolher com legendas (mesmo TODAS legendas de cinemas sendo ruins). No caso do HP7 parte 2 eu demorei para comprar e só sobrou dublado. Mas no caso do Cap esse não teve conversa. Fui obrigado a pagar mais no legendado SÓ por que não havia cópias 2D legendadas, apenas cópias 3D.

Falta de opção é um dilema nosso. Espero que o Netflix se acerte. De coração eu espero.
@minholi
Não concordo completamente com a crítica. Estou usando desde o primeiro dia e até agora só assisti filmes bons, apesar de antigos. Acredito no crescimento do serviço e estou satisfeito com a qualidade.
Gustavo
Bem o Netflix é um serviço novo e como vcs sabem tudo no Brasil é mais dificil...imagine a complicação nas negociações para liberar conteúdo aqui. Fora do pais eles possuem 24 milhões de assinantes, ou seja, dinheiro é q não falta. Talvez eles se precipitaram em lançar o serviço logo mas prometeram aumentar drasticamente o acervo. É só esperar. Eu acredito no serviço e tenho certeza que dentro de um curto espaço de tempo vai estar show o conteúdo.
Davison
Amigo eu moro no Brasil quer assistir filme com legenda vai na locadoraa.
Viva a nossa língua é um salve aos filmes dublados.
Eduardo
É irreal pensar que o valor da assinatura paga as contas de producao de dezenas e dezenas de canais. Idem revistas, onde vc paga na banca e leva propaganda.
Cesar Prates
Eu muito queria entender o que está acontecendo no Brasil. Tem que estar em algum lugar que conteúdo de cinema e TV tem q ser TODO dublado e eles tão fazendo isso aos poucos.
Primeiro (eu acho) foi a FOX. Todo mundo reclamou e nada mudou. A última foi o canal FX.
Passei pela mesma situação que o @Agnatos... odeio (muito) filme dublado (exceto em ALGUMAS animações - prefiro shrek, era do gelo, etc legendados) e no cinema metade das salas estão passando filmes dublados. Até filmes com classificação etária elevada (>12 anos) só tem opção dublada... Dublagem é pra preguiçoso q não gosta de ler legenda.
Isso é o fim da picada!
Cesar Prates
Falou tudo!!
Discordei na hora do artigo, pelo menos em relação ao netflix q eu assinei... não conheço os demais serviços.
Eu vivo numa cidade grande: se eu quero ver filme lançamento que me agrade eu vou no cinema. Se não me agrada, nem faço questão de pagar ou baixar.
Eu assinei netflix pra ter uma opção de algo na tv no horário que tá passando novela... pode ser aquele filme sessão-da-tarde que jpa vi dezenas de vezes e adoro (curtindo a vida adoidado), ou um filme q não conheço mas ele indicou pra mim de acordo com as coisas q assisto.
E pra fazer isso, só ligando meu ps3 e selecionando um filme, R$15 é até bem pouco.
Agnatos
Sim.... Nisso eu concordo plenamente Yangm. Eu sempre concordo com vc XD

LÊ o meu postZÃO lá mais pra baixo...
Agnatos
O seu depoimento foi muito bom Júnior. Eu não vi o catálogo, mas só esses títulos que citou já mostram um pouco do conteúdo.
Agnatos
As tradução é o maior vilão da legenda, porém o "achismo" de muitos de que a legenda é "melhor" que a dublagem os cegam quanto a esse fato e acabam engolindo trabalhos ridículos, quando poderiam ter um ótimo serviço de adaptação para uma versão brasileira. Impedido que perdêssemos as tiradas do idioma original.

A desculpinha de não gostar da voz é pura ficção, pois principalmente nas séries, os atores usados são na maioria atores mais baratos, entende-se por novos no mercado, logo atores que você AINDA não ouviu, logo não tem como sentir falta da sua voz.

A desculpinha do ME (musica e efeito) do original é melhor, hoje em dia com filmes lançados com áudio em DS 5.1 também cai por terra.

A melhor opção mesmo é aprender o idioma alvo. Como o Yangm disse. Eu fiz isso e olha que eu não tenho problema algum com uma das melhores dublagens do mundo que é a nossa.
Agnatos
Eu leio justamente os posts grandes /gg. E desafio alguém a ler os meus ^^
Agnatos
Acho que ele se enrolou mesmo. Mas um filme bem dublado sempre terá uma compreenção melhor do que um filme legendado.

Nem vou filosofar sobre dublagem, por que é uma coisa que a maioria das pessoas não manjam e não to afim de ler muita besteira hoje.

Mas uma coisa é fato. Eu nunca deixaria de prestigiar um filme, ator, diretor, autor que eu gosto. Só por que não há cópias legendadas pela horrível "Gemini" ou por qualquer outra empresa.
Agnatos
Mano o preço máximo que eu pago no cinema na minha cidade é 10,50 para uma cópia 3D. Mas normalmente pago entre 6,50 e 8,50.
Agnatos
National Kid é da hora. Mas foi lançado um Super BOX já. Dá pra baixar por torrent *Trollface*
Agnatos
Bem, eu trabalho com dubladores e antes disso eu sempre fui amante de cinema e TV. Eu fala japonês e inglês e é claro que tenha uma lista de ídolos para cada idioma, mas isso não me impediria de apreciar um bom filme dublado.

Eu já diria que a distribuição é o nosso vilão. Simplesmente eu não consigo entender essa GANA do brasileiro em se contentar com migalhas de um PÉSSIMO serviço ao invés de colher os frutos de um serviço JUSTO. Muitas coisas são assim no Brasil, para não dizer quase tudo. Muitos empresários continuam com suas receitas ridículas de prestar um péssimo serviço ao invés de fazer de uma vez o serviço proposto e ganhar MUITO mais com clientes satisfeitos e empregados motivados.

Os jovens sabem disso mais do que os não-jovens justamente por estarmos sempre uma geração (no mínimo) a frente e blablabla. Por exemplo, o primeiro alvo do péssimo serviço na distribuição desses produtos seriam os seriados infantis. Pelo menos aqui no ocidente animação era (e é) tratado como coisa de criança, e como as crianças não reclamam os seriados são exibidos em horários aleatórios, fora de ordem, em excesso e em loop. Não demorou muito para outros seriados (não infantis) seguirem o mesmo caminho e por muitos anos tudo que tínhamos eram de 2 a 3 temporadas compradas com desconto sendo exibidas fora da ordem e initerruptamente *¬¬*

Agora no cinema =) A aparente AVERSÃO as "opções" Comentada por Bia vai ser exemplificada pelas minhas duas ultimas idas ao cinema a fim de ver um "blockbuster".

Quando fui ver HP7 parte 2 tentei adiantar-me 2 semanas na compra da entrada, porém mesmo assim todas as cópias legendadas já haviam se esgotado, restando apenas as cópias dubladas. Como eu disse no começo eu não tenho problema algum em ver algo dublado, desde que tenha sido bem dublado, mas o problema foi eu ter descobri que não havia cópias legendadas 2D. Eu constatei que se eu tivesse ido mais cedo comprar a entrada eu me depararia com o dilema: Pagar mais para ver 3D, coisa que não gosto, ou ver dublado. Verifiquei com algumas amigos que moram em outros municípios e com eles foi a mesma coisa. Se quisesse ver legendado teriam que pagar mais, pois as cópias legandadas eram 3D. Eu não gosto de 3D então vamos ignorar, mas e se eu não conseguisse ver o 3D, como algumas pessoas não conseguem? Hem? =D Pois é...

Quando fui ver Captain America foi a mesma coisa. Fui obrigado a pagar mais por um serviço que não gosto para poder ver com legenda =/ E isso foi muito desagradável.

No meu ponto de vista essa opção não foi uma ideia somente dos cinemas, por que creio que o distribuidores ofereceram as cópias assim. Não sei se foi isso, mas eu não quero acreditar que os cinemas tiveram essa ideia estúpida sozinhos.

o Netflix deveria acabar com problemas como esses, mas pelo relato da Bia e dos dois colegas que vi nos comentários não é bem assim que está sendo. Novamente eu aponto para o TESÃO que temos em prestar serviços sempre pelos meios menos, rápidos, seguros, etc, etc. O que acaba lhes dando um retorno bem menor do que seria se prestassem no mínimo o que prometem.
marcos
É bom dar graças a Deus que alguém teve dó de nós e trouxe o serviço, aqui é Brasil e já querem os melhores serviços e qualidade?

Deem graças a Deus de ter qualquer coisa disponível aqui, e pelo valor que cobram queriam o quê? Quer lançamento é só ir no cinema oras...

Brasileiro nunca tem nada e quando tem reclama...
Claudio H.
Artur, não precisa ser nenhum expert pra saber que um serviço desses no Brasil explodiria. E mesmo sem saber, investimento é o básico que uma empresa precisa fazer para crescer.

A Netflix não investiu (suponhamos que seja essa a razão do acervo de filmes limitado) e olha o resultado. Ta queimada com 90% dos brasileiros que utilizaram o serviço.

Valeu a pena?
Claudio H.
Com 2 semanas ou 2 anos, não faz diferença. Se eles querem entrar em um novo país com o serviço, precisam fazer isso direito.

Acharam que era só adicionar uns filmes empoeirados para lançar o serviço no Brasil e olha aí o resultado, se queimaram totalmente.
@danilodoro
Pago 30 reais em uma conta premium megaupload, 60 em um seedbox, mas nao pago 12,90 no netfix do jeito que tá.
Marcello
Ridículo este artigo.
Os caras mal chegaram no mercado...
Estão fazendo uma coisa nova, por um preço justo, sem querer esfaquear o brasileiro, como todos fazem.

Ao invés de estimular as pessoas a darem pelo menos um voto de confiança, a autora estimula o cancelamento, mesmo antes dos 30 dias grátis.

Se todos fizerem isso, é lógico, que a Netflix não dura 3 meses...

A autora deveria, sim, cobrar melhorias no serviço que tem bastante potencial.

Patético...
Sidney
Concordo com o Lucas. Esse raciocínio do Arthur é o das já consagradas empresas brasileiras como Oi, Sky e Net. O famoso se colar colou. Se a demada for boa vou evoluir pra que? A evolução só vem com a ameaça. A Sky só abaixou os planos quando a Via chegou com o que o brasileiro quer (futebol a preço mais baixo). A oi e as outras telecoms estão se virando por causa dos preços da banda larga GVT. E as tvs vão se virar agora pois achei interessante o preço e os pacotes HD da GVT TV. Vamos ver o desenrolar do jogo, mas acho que do jeito que ta a Netflix não vinga.
Gabriel
@Thiago Sousa
60 milhões foi a título de exemplo e grandiosidade, está no texto.
"...60 milhões de assinantes, POR EXEMPLO, podem..."

@Ricardo, me empolguei na hora e realmente pouca gente irá ler pela preguiça, mas "alguém", ainda não se sabe quem, decidiu que desde o início da internet os textos deveriam ser curtos e pouco desenvolvidos. Eu chamo isso que implementaram na internet de preguiça e de falta de vergonha na cara, tanto para leitura quanto para escrita. ;)
Já não bastasse essa geração atual não pegar num livro sequer, ainda se contenta com um punhado de linhas na internet...
Por isso não me surpreende que realmente façam comentários que não passam de uma dezena de linhas recheadas dos mais variados erros possíveis; eles simplesmente não sabem o que dizer porque não aprenderam e nem quiseram aprender a dizer.
Nada pessoal com você que sinalizou isso, mas achei importante frisar (em outro comentário nada pequeno para os padrões da internet). ;)
Thiago Sousa
Cara, nos EUA, o netflix tem 12 milhoes de assinantes. Não acho que eles estejam esperando 60 milhoes no Brasil...
Ricardo
Não se preocupe, um texto desse tamanho pouca gente vai ler.
Gradius
Pa mim, do jeito que veio já esta bom... porra.. 2 semanas no brasil e já querem catalogo completo?

Dá um tempo pro caras sentirem o mercado.

Legendado? Dublado? Eu prefiro dublado, dou graças a deus que tem filme dublado, mas eu acho uma tremenda SACANAGEM não ter a opção de dual-áudio e dual-legendas (em PT-BR e EN). Não gasta nada a mais de banda e dá opção pros dois lados.

Enfim eu vou manter minha assinatura, 14 contos por mês não é nada, e eu torço pra que o serviço aumente cada vez mais.
Ramon Melo
Caio, se você não vê a diferença absurda entre a atuação original de um ator e um voz dessincronizada com a atuação colocada por cima, não quer dizer que os outros não percebam.
Ramon Melo
Acontece que, no cinema, eu assisto filmes que acabaram de ser lançados, com o máximo de conforto e definição sem precisar ter um equipamento dedicado para isso.

Então, eu prefiro pagar 20 reais por mês indo ao cinema a gastar 15 reais para garimpar velharias no NetFlix, e estou feliz assim.
Ramon Melo
Se souber inglês, compensa mais comprar dos Estados Unidos, os BDs têm preços razoáveis por lá.
Ramon Melo
Em que país você vive? No Brasil, onde eu moro, a maioria esmagadora das cidades não têm sequer uma única sala de cinema. As poucas salas que existem estão concentradas nas grandes metrópoles, onde só 20% da população vive. Tem cidades de 200 mil habitantes tendo que se contentar com 2 ou 3 salas, onde todas passam filmes dublados e os grandes lançamentos ocupam todos os horários.

Olhar para os lados faz bem, não só na hora de atravessar a rua.
Yangm
Correção: Entreterimento do Brasil ainda é patético.
Leonardo Spricigo
Discordo completamente de todos que estão falando mal do serviço.

Netflix não é um serviço pra você ter sempre os lançamentos que acabaram de sair do cinema, não sei o que fez vocês esperarem algo assim.
O tesão do Netflix é você assistir aqueles filmes clássicos (tem clássicos sim, já assisti os 3 filmes do poderoso chefão, scarface...), rever algum filme que você gosta e o mais incrível, conhecer filmes novos.

Convenhamos, abrir o torrent e pegar o filme que acabou de sair é muito fácil, mas não é possível que vocês só gostem de lançamentos. Alguns filmes antigos são difíceis de encontrar pra download, difíceis de encontrar legenda e se for animação ainda é difícil de encontrar dublado (eu gosto de animação dublada).

Sem contar o preço, tem gente aí reclamando que nem ao menos testou o mês grátis do serviço, tá falando mal só pelo que os outros falam. Assine primeiro, teste o mês todo com calma e depois tire sua conclusão.
Eu vou continuar assinando, já que por 15 reais (que vc consegue fácil, deixe de comer pizza um dia por exemplo) eu assisto vários filmes, conheço coisas novas e tudo mais o mês todo quando eu quero.

Ps. Vale lembrar que eles estão colocando coisas novas TODO DIA.
@AntonioVeras
Você se enrolou todo. Não fui assistir porque justamente era DUBLADO. Prefiro legendado.

Vou baixar um DVD-Rip dele depois. E antes que me chame de pirateiro, saiba que todos os filmes que me interessam, eu assisto no cinema e depois compro, claro aguardando uma promoção de algum site.
Victor
Além da demora, também tem outros fatores.

1 - Eles geralmente só postam filmes e séries dublados.

2 - Eles fazem muitas distorções.

3 - Muitos cortes

4 - Torrent é de graça, eu não me importo de pagar, mas me importo em esperar 50 anos para ver uma série sendo reprisada dezenas de vezes, cheio de cortes, censura, adaptações ridículas, etc.
@ogaihtorecic
Por conta da ma qualidade do servico de internet, algumas regioes do Brasil teriam problemas com a exibicao do conteudo, inclusive.
@imaginarymac
Desculpem amigos falar isso, porque pelo visto não estão nem questionando o que a Bia falou, e eu até concordo com ela em vários pontos.
Mas, independente do serviço do Brasil a esse ponto de vista, até países europeus estão bem atrasados, pra mim o Brasil está relativamente afrente, já que todos estão a cagados pelo menos agente tá um pouco menos cagado ...
@iJeanCarlos
O serviço chegou a pouco no Brasil,esperem pelo menos mais alguns meses para descer a lenha.
@juninho_farias
Sim, a Netflix tem o defeito das opções de legendas e o do baixo catálogo. Porem nenhum dos dois me atrapalham. Primeiro que eu não tenho essa "frescura" (na falta de palavra melhor) para dublados/legendados. O que vier, to assistindo. Segundo que eu não faço questão de lançamentos. Eu sou mais estourar a pipoca, sentar no sofá e escolher o primeiro filme recomendado para assistir. Sendo assim, esse serviço tá de ótimo tamanho para mim, já que eu só faço questão de preço baixo e suporte a consoles.
Porém eu espero de verdade que o catálogo aumente logo.

PS: Quando eu liguei para o suporte para resolver um problema com o meu PS2, o atendente me disse que eles estão atualizando o catálogo diariamente, e entre as próximas novidades estão Lost, Smallville, Cavaleiros do Zodíaco, Death Note e Dr. House. Daí eu só não assisti House, mas isso indica um empenho em trazer conteúdo bom e de qualidade.
Yangm
Intercalo minha assinatura de tv a cabo, mês com e mês sem, mas mesmo assim consigo pegar sempre os mesmos episódios.
Da vontade de comprar um HD de um TecnoBlog TeraByte e baixar todas as séries que gosto e fazer um curso de inglês para não ter que aturar as traduções ridículas que são feitas. Fuck não é danar.
@juninho_farias
Diga o que quiser, mas a minha internet é de 1MB. E eu assisto Netflix totalmente sem interrupções, tanto no PC quanto nos consoles. Ou seja, por mais defeitos que esse tipo de serviço tenha, a velocidade de conexão não é desculpa.
@marckv
Filmes mais recentes fazem falta? Sim.
Funcionar em dispositivos móveis faz falta? Sim.
Muitos filmes dublados? Nos que vi até agora consegui mudar para o inglês.
Seriados disponíveis logo depois de passar na TV nos Estados Unidos? Se tivesse seria um mundo perfeito.

Assistir filmes na tv por assinatura? Os caras passam o “filme do mês” por 200 vezes e geralmente é um filme que ninguém aguenta mais ver.

Quanto a banda, minha internet é de 2mb, e funciona perfeitamente. Testei na casa do meu irmão com uma internet de menos de 1mb e também funcionou sem problemas. Parecia mágica. Ele não consegue nem ver vídeos no youtube direito.

Eu vou testar meu período gratuito do Netflix até o final e penso seriamente em continuar assinante, ainda mais agora que chegou o meu cd do PS2 e vejo na TV (sim, eu não tenho PS3). Achei ótimo os caras se preocuparem com quem tem PS2. Imaginem o tamanho do mercado?

Entre ver o que impõem na TV a cabo (que a meu ver é horrível tanto em qualidade de programação, quanto no desrespeito ao cliente com a quantidade de comerciais, filmes velhos, seriados então? Sem comentários...), e poder escolher o que ver, mesmo que não sejam títulos tão recentes, ainda prefiro a opção da escolha.

Quanto aos problemas com as distribuidoras, eu concordo. Isso está muito longe de ter fim. Quando disponibilizarem no mínimo os lançamentos das locadoras, acho que as locadoras entrarão em extinção. Eu mesmo cancelo minha carteirinha da locadora na hora.

Esperar aumentar o número de assinantes para disponibilizarem mais filmes? É outro assunto. São negócios. Até acho válido.

Desejo ansiosamente que em um futuro próximo disponibilizem títulos mais recentes no Netflix. Ah, e que funcione no meu tablet. Aí sim me tornarei um cliente fiel.
Gabriel
Escrevi rápido e acabei cometendo alguns erros aí, enfim...
Gabriel
Não cheguei a assinar o Netflix ainda, concordo em muita coisa com a Bia, mas discordo na parte onde diz que os dublados agradam "a massa", afinal, se pensarmos na "massa" do Netflix no Brasil, essa massa é composta da classe média/média alta brasileira que prefere, sim, o conteúdo legendado, seja pelo bom domínio em inglês, seja pela falta de "paciência" com a dublagem feita. Não dá para dizer que um assinante do PNBL, por exemplo, terá acesso a esse tipo de conteúdo porque não terá, assim como nem boa parte da classe média em geral de outras cidades e estados onde a oferta de banda larga que comporte esse tipo de serviço ainda é bastante cara e levam as pessoas a assinar planos mais modestos para não fugir tanto do orçamento. Por isso, considerando o Brasil muito mais do que apenas as grandes cidades sudestinas, o Netflix ainda tem muita estrada para caminhar, e nem tudo depende somente da empresa Netflix e sim de outras empresas, as prestadoras de serviços já presentes no Brasil que fazem questão de extorquir oferecendo baixas velocidades.
Ter variedade no serviço é fundamental para agradar a "massa" que "pode assinar" o Netflix, para ser aquilo que qualquer um poderá usar e se sentir satisfeito com o serviço prestado, sem dúvida. Mas acho que não só isso vai interferir no sucesso ou fracasso do Netflix (considerando apenas esse início de operação, claro). O contexto do Brasil para o Netflix também tem que ser levado em consideração ou a empresa certamente se decepcionará. O Brasil é um país populoso, mas também é um país onde poucos possuem acesso a esse tipo de coisa justamente por causa da desigualdade social. Se abriram o Netflix aqui esperando 60 milhões de assinantes, por exemplo, podem esquecer, mas acho que o Netflix ainda se propõe a ser um serviço relativamente pequeno para ser levado para o futuro, antes que, no meio desse caminho até lá, surja alguma concorrente brasileira ou estrangeira forte.

Daí que concluo que o nosso mercado ainda tem espaço para o conteúdo compartilhado de "forma ilegítima", seja pelo pouco conteúdo ofertado pelo Netflix, seja porque aqueles que possuem uma banda larga modesta ainda preferem esperar 4, 6, 12 horas para baixar um filme sem sair da poltrona de casa, o que pode ser feito enquanto se dorme, por exemplo. Aí lembro também de um formato bastante popular por aqui justamente por causa dessa particularidade: o RMVB é um formato que se tornou popular justamente por isso, permite um arquivo menor, que pode ser baixado mais rapidamente, sem abrir tanto a mão a qualidade, considerando o que seria a qualidade de um outro formato possuindo o mesmo tamanho que um RMVB possui.
C. Emanuel Laguna Jr
Se formos pensar pelo momento atual, onde a pirataria é a lei brasileira em se tratando de distribuição de filmes online, o Netflix está bem tímido!

Por outro lado, convenhamos que a burrocracia das grandes distribuidoras de conteúdo (Disney, Fox, Sony, etc) em relação ao público da internê não terá fim tão cedo… :-(

E assim continua a maldição dos pôneis:

“Netflix maldito, Netflix maldito, lalalalalala!

Não é de graça, não tem tudo: ah, que nojinho… Vou piratear!” :cry:
@naftali
Cara, moro em Curitiba e posso te dizer que já encontrei várias vezes filmes que tinham apenas versões dubladas. Exemplo recente foi o X-MEN novo.
Caio
Aff o pessoal so reclama do filme ser dublado, mas dps q e legendado xora pq prefere o dublado.

Eu ñ vejo diferença entre o dublado e o legendado, é claro qnd a dublagem é de qualidade =/

E como assim ñ vai pro cinema pq e legendado, o cinema ñ vai perder 1 sala ou a maior parte do publico so pq uma pequena parte do mesmo prefere legendado :(
@Danilo_Carv
Exatamente.

Eu também estava super empolgado, mas o catálogo da Netflix no Brasil é lamentável. Também vou esperar alguns meses pelo mesmo motivo: ver alguns filmes que tem lá que nunca vi e basta ver 2 ou 3 filmes num mês pra valer a pena os R$15.

Já há alguns anos venho expurgando a pirataria da minha vida. A única coisas que não consegui ainda deixar de baixar por meios alternativos da internet são as séries. Ainda acompanho as atuais à medida que os episódios aparecem nos trackers de torrent e continuarei enquanto não houver uma forma legal de assistir a elas com qualidade. As mais antigas eu tento comprar os DVDs, mas com dor no coração pois acho os boxes de séries sempre muito caros por
@AntonioVeras
Nenhuma empresa e sã consciência iria fazer um investimento em um país sem um estudo de mercado, como disse o nosso amigo Lucas. Ainda mais aqui no Brasil.

Se estão fazendo esse negócio meia boca, é porque acham que o público gosta deste tipo de conteúdo.
@AntonioVeras
"Até as salas de cinema, seja nas grandes ou pequenas redes, estão preferindo transmitir apenas filmes dublados!"
Isso virou febre em Brasília. Não assisti o Transformers 3 por causa disso.

TPB

Amanhã tem Thundercats! Hooooooooooooooooo
@trovalds
Na semana de lançamento até pode achar versões dubladas e legendadas. Mas espera pra assistir 1 semana ou 2 depois... não é questão de 'morar na roça' ou não, é questão de realidade. E, sim, isso acontece com bastante frequência.

@tópico: tava "filosofando" sobre isso hoje quando li a notícia da GVT TV, pensei comigo: mais do mesmo, ou seja: nada. Pagar pra assistir filme repetido à exaustão, lançamento quando ocorre já se foram meses ou até anos, séries passam com um delay de meses em relação ao país de origem fora dublagem ou legendagem horríveis. Fora o que sequer chega por aqui. Tem MUITA série boa que sequer deram as caras. Apelo pra internet mesmo, assisto em casa tranquilamente na hora que eu quiser e ainda por cima encontro legendas com facilidade.
Arthur
Se tu tivesse uma empresa, iria gastar 10 milhões e entregar algo de qualidade sem ter a garantia de retorno ou gastaria 1 milhão oferecendo o básico e então ir moldando seu negócio ao gosto de seu consumidor, investindo os 9 milhões de forma sábia?

Outra coisa, infelizmente existem prazos a serem cumpridos. Prazos que são definidos por um gerente qualquer que muitas vezes quer que algo seja lançado no prazo independente da situação que estiver.

Não sei qual é a situação da Netflix, mas tenho fé que irão aperfeiçoar seu catálogo ao passar do tempo.
Lucas G.
Aprenda: Conheça o mercado antes de investir nele. É básico.

Querer vir pra cá com um serviço péssimo? Pra mim estão dizendo que irão continuar oferecendo serviço péssimo.
Arthur
Pensa que eles acabaram de chegar aqui. Tem muito a evoluir ainda. Porque não dar uma chance à eles? 15 reais por mês é menos que uma entrada pro cinema. Se você assistir 2 a 3 filmes por mês ainda sai no lucro!
Se todo mundo cancelar o serviço eles vão pensar que não vale a pena investir no Brasil e aí sim que não vão melhorar o acervo e as opções de legendado/dublado.
Think about it
Lucas G.
Tem como pegar esse texto, traduzir em 17819 línguas e passar pro restante do mundo?

A gente vive uma Era de decepções, a tecnologia POSSÍVEL e VIÁVEL as nossas mãos, mas a incompetência globalizada nos dando rasteiras diárias...

É lamentável a incapacidade de tanta gente em acertar numa coisa que já está escrito a MUITO TEMPO.
Sr. Sem Papo
Filmes classicos... tem :) por exemplo eu assisti Psicopata Americano achei bom :)
Leandro
Também irei cancelar meu NetFlix, o site tem só filmes antigos e muitos deles tem vários problemas como áudio dessincronizado, falta de legenda, falta de dublagem, mudança de linguagem durante a transmissão e o fato de eu nunca ter conseguido assistir em HD mesmo tentando burlar a restrição de conexão e tendo uma conexão de 10MB!

O NetMovies que também fez promoção de um mês grátis pra teste eu nem comento, chega a ser pior. Cancelarei!

Volto quando melhorarem o serviço.
@eduardodx
Será que ainda é necessário comentar algo mais depois das verdades que foram ditas?
Diego
Lembro-me de quando colocamos TV por assinatura em casa. Pensei que finalmente teria o que assistir nos domingos de manhã e no primeiro final de semana me deparo com infomerciais.
Um mês depois e eu só assistia três programas na TV, todos séries que eram exibidas alternando episódios inéditos bagunçados e reprises de temporadas antigas, sem qualquer critério.
Hoje eu não tenho mais TV por assinatura e não sinto a menor falta.
André Gabriotti
Pessoal,

Netflix tem 2 semanas de Brasil, né?!?! Alguém já viu o catálogo deles nos EUA?

Por favor!!!
Leonardo Rodrigues
confesso que também aguardei com MUITO entusiasmo a chegada da Netflix no Brasil ..... mas, tamanho entusiasmo só poderia resultar em tamanha decepção.

ainda devo levar minha assinatura por 1-2 meses. Quero ver alguns clássicos que nunca vi e estão presentes lá. Dependendo até mantenha a assinatura, afinal de contas 15 reais por mês, se eu ver 1 ou 2 filmes, já pagou o preço da locadora.

mas realmente, a Netflix no Brasil está ANOS LUZ de ser o que eu esperava que fosse e o que eu sempre li a respeito dela nos EUA.
@ricardo_kavu
Conrcordo com o @lcrudo, para quem quer variedade e velocidade a unica opção é o download ilegal de conteúdo. Não temos escolha, se gostamos de uma série temos que esperar um tempo ridículo para assistirmos em uma qualidade de dublagem ridícula em um canal pago com um preço ridículo.
Bruna Souza
Não só concordei, como assino embaixo muitas coisas que foram ditas sobre ter a Opção de escolher o que assistir e deixar de assistir.

Estava aqui pensando em assinar o Netlflix, mas depois dessa fiquei certa de que não vou jogar dinheiro no lixo.

Na boa, filme dublado? sem lançamentos e sem clássicos? Então que raio de oferta é essa?

Decepcionada (2)
Erick
Infelizmente, tá bem fraco mesmo. Se for esperar que a gente assine pra poder aumentar o catálogo... é uma inversão da lógica, não?
@juliodessoy
O pessoal ta querendo 1080p e DTS numa conexão de 2 meega ne?

Claro que o NETFLIX não coloca as series pq não queh neh?

Isso nem depende de milhões de acordos e disputas com outras mídias!

SARCASMO MODE ON
Diego
Sobre a Netflix, vi uns três filmes americanos no site, dublados em espanhol, sem outra opção de áudio. Um absurdo!

Sobre os meios "paralelos", enquanto a TV a cabo não dá alternativa, sites de download oferecem arquivos com múltiplas opções de áudio e legendas, feitas e revisadas por fãs, com traduções bem melhores que as da TV, sincronia perfeita, etc.
Rodrigo Soncin
Pois é... Parece que eu não vou deixar o Bit Torrent tão cedo...
E eu tinha algumas esperanças...
Theus
Concordo. O Brasil é uma porcaria em todos os sentidos, e quem fecha os olhos para isso é hipócrita. TV a cabo, que a gente paga uma assinatura, não precisava de propagandas. Nós a pagamos para ter conforto e programas de qualidades. Mas não, as propagandas demoram mais que na TV aberta e são tão ruins quanto.
@roneamabile
Nacional Kid em breve no link perto de você... um oferecimento Netflix.
Adriano Trenahi
Concordo com o artigo, mesmo assim ainda pretendo manter minha conta pelos proximos 3/4 meses, pq acredito que o serviço pode melhorar muito, se nao melhorar, ai cancelo.
@EvertonHimself
O Brasil já falha no primeiro quesito pra usar BEM o serviço que é prover internet, coisa que não existe por aqui, a não ser que vocês chamem 2MB de internet...
@HelderMars
Amigo, você mora na roça??

Nunca tive problema em assistir filme legendado no cinema, e inclusive às sessões nos melhores horarios são legendadas. Se você mora na roça, não use isso como padrão dos cinemas brasileiros
@gustavotelesgc
Concordo com você, Bia. Muito decepcionante o serviço. Estou encerrando minha conta com duas semanas de uso.
@marcelomendesg
Concordo em gênero, número e grau
@lcrudo
Depois ainda nos perguntam pq assinamos FILESERVE, MEGAUPLOAD, ou qualquer outro, em vez do NETFLIX, NETMOVIE e outros da vida.