Início » Internet » Fundador da OpenDNS apresenta planos pagos

Fundador da OpenDNS apresenta planos pagos

Avatar Por

Quem acompanha o Tecnoblog há algum tempo já sabe que todos da equipe usamos e recomendamos a OpenDNS, melhor provedor de DNS que existe hoje em dia. Ele é simples de configurar, fácil de usar e totalmente gratuito.

opendns-logo-vamos-faturar

Eu conversei hoje com David Ulevitch, fundador e atual diretor de tecnologia da OpenDNS. Ele falou um pouco sobre OpenDNS Deluxe e OpenDNS Enterprise, os dois planos pagos do serviço que a empresa passa a oferecer a partir dessa quarta-feira.

David me disse que o OpenDNS Deluxe, possivelmente o mais interessante para nós, oferecerá todas as funcionalidades da OpenDNS gratuita, porém sem a publicidade fornecida pelo Yahoo, que ajuda a bancar o serviço.

O bloqueio de sites terá gerenciador avançado e aumento no número de domínios bloqueados, que pula de 25 para 50. No futuro, a companhia também planeja disponibilizar uma forma para que os administradores de redes consigam acessar páginas bloqueadas (provavelmente através de um sistema de autenticação).

Indicado para famílias e pequenas empresas, o plano Deluxe permitirá uma customização mais completa das páginas de bloqueio apresentadas aos usuários. Custará a partir de US$ 9,95 anuais (equivalente a R$ 17,12) no pacote family pack. O Deluxe também poderá ser assinado por pequenas empresas, mas nessa modalidade o custo será de US$ 5 (R$ 8,60) por usuário da rede, com número mínimo de cinco usuários.

“Se você tem seis filhos, deve pagar os US$ 9,95. Mas se você tem seis funcionários usando a sua rede, deverá pagar US$ 35 (pelos 7 usuários)”, salientou David ao explicar a diferença entre as duas modalidades.

Com preço inicial de US$ 2 mil (R$ 3.440), o OpenDNS Enterprise será voltado para grandes empresas. Além das funcionalidades que o OpenDNS Deluxe oferece, permitirá o bloqueio de 500 domínios, suporte técnico especial, registros de acesso salvos por tempo indefinido e sistema de delegação de administração, para que várias pessoas possam administrar a rede.

Uma vez que a OpenDNS começou a cobrar por alguns serviços somente após três anos de sua fundação, foi inevitável questionar sobre a versão grátis que eu sempre recomendei. David Ulevitch, no entanto, foi muito claro: a OpenDNS continuará a oferecer o serviço Basic, gratuito e mantido através da publicidade.

Demonstrando interesse pelo Brasil, David afirmou que gostaria de saber mais sobre como os provedores daqui funcionam. Servidores da OpenDNS localizados na América do Sul? Ele disse que por enquanto isso não está nos planos da empresa, mas que seria interessante (atualmente a empresa tem dez servidores espalhados por Estados Unidos e Europa).

Comentários

Envie uma pergunta