A grande promessa da Nokia e da Intel para concorrer com os pesos-pesados do Google e Apple deu finalmente o último suspiro: o MeeGo está oficialmente morto, e das suas cinzas nasce mais uma promessa de sistema para celulares baseado em Linux, o Tizen.

O velho dá lugar ao novo

O Tizen nasce para substituir o MeeGo, utiliza boa parte do código-fonte do seu antecessor, e já tem alguns parceiros de peso na árdua tarefa de fazer alguma diferença nessa briga entre Android e iOS: Samsung e Intel já firmaram parceria para o desenvolvimento do sistema e de equipamentos compatíveis com o Tizen.

Mantido oficialmente pela Linux Foundation, que anunciou o novo sistema em seu blog, o Tizen é um sistema “baseado em Linux, uma plataforma open source desenhada para definir o futuro de aplicações baseadas no HTML5 em uma variedade de dispositivos diferentes”. A ideia é que o Tizen tenha o mesmo foco do MeeGo e possa ser instalado não apenas em celulares, mas também em PCs, notebooks e tablets, além de outras possíveis aplicações.

A primeira versão do Tizen deve estar disponível ainda no começo de 2012. Quanto ao MeeGo, ele ainda permanece mantido pela Linux Foundation, tendo aparecido oficialmente apenas no Nokia N9 e em alguns poucos netbooks. Esperamos que o mesmo não ocorra com o Tizen.

Com informações: The Inquirer

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

𝓡𝓪𝓹𝓸𝓼𝓪𝓸𝓭𝓸𝓐𝓻𝓽𝓲𝓬𝓸🦊
Raposão do Ártico
https://i.ytimg.com/vi/2LCM4q6KpdQ/hqdefault.jpg
wslemos
E viva a baderna da fragmentação de SO's!!!
Guilherme Macedo
Scheldon, está louco? O_O
Marcelo
será outro fracasso!
Yangm
Se você ler meu comentário vai entender algo tipo: eu não falei do Tizen, falei do problema que seria milhares de distros mobile.
Petter
Por isso a única saída viável para desenvolvimento mobile ainda é o J2ME.
j2k
Não sei porque mas esse logo do Tizen me lembra o logo do fracassado Zeebo hahaha!
@TatoGomes
Fala isso pro Kazaa, que voltou dia desses com serviço novo... =D
@daniellpita
Se a gente pesquisar, vai achar algo tipo "aplicativos Tizen irão rodar no MeeGo".
@aglotero
O SDK do Tizen sai só no fim do 1o trimestre de 2012, até lá tem muita coisa pra acontecer. E precisava de um SO novo? Poque não usar o WebKit do Qt, igual se faz no MeeGo? O objetivo do projeto é quase a mesma coisa do MeeGo (como descrito na página "Devices"), parece mais uma troca de nome do que outra coisa... E a Samsung não tem o Bada? Desistiu dele também? Estranho...
Gabriel
E a Samsung diz: Google e Microsoft, definitivamente não quero somente depender dos SOs de vocês. Primeiro, procura uma chance de fazer o Bada crescer e, logo depois, procura desenvolver o MeeGo (que agora se chamará terrivelmente de Tizen). É, a Samsung não gostou mesmo da compra da Motorola pela Google...
Eduardo V.
Na minha opinião o Android está mais para um RedHat da vida, ou se preferiri um Fedora.
Yangm
O Meego é muito melhor que o Tizen, o logotipo do Meego tem mais estilo.
Yangm
O que contribui para a fragmentação de conteúdo, desenvolvedor lança tal app nesse SO mas não no outro. Aposto no HTML para developers preguiçosos que querem ver seu App em todos os SO's. A não ser que as outras distros mobile também rodem .apk, o que penso ser pouco provável.
Exibir mais comentários