Início » Aplicativos e Software » Dart, a linguagem de programação para web do Google

Dart, a linguagem de programação para web do Google

Avatar Por

Maior interessado em que mais e mais pessoas programem aplicativos para a web, o Google apresenta nessa segunda-feira uma nova linguagem de programação focada especificamente nesse ambiente. Sim, a gigante da internet decidiu lançar sua própria linguagem, para auxiliar desenvolvedores na tarefa de criar  coisas tão grandiosas como o Gmail ou o Google Docs.

Dart

Chamada de Dart, a tecnologia está em estágio prévio de desenvolvimento.

A Dart pode servir tanto para projetos de somente uma pessoa – o próximo Facebook ou mesmo Google, o que seria absolutamente irônico – como projetos compostos de diversos profissionais trabalhando em conjunto para programar software voltado para a web. Em seu website, a Dart é explicada como uma linguagem "estruturada porém flexível". Para tirar proveito do melhor dos dois mundos, se depender do Google.

Lars Bak, engenheiro de software do Google e responsável por apresentar a Dart ao mundo, conta que o código feito com essa linguagem pode ser executado de duas maneiras distintas. Eu não sou expert nesses assuntos de programação, então me desculpem se tiver entendido errado: Dart vai rodar tanto por meio de uma máquina virtual como por meio de um compilador que converte o código Dart em código baseado em JavaScript.

No site da Dart há a informação de que os navegadores mais modernos rodam o código sem problemas. São eles: Google Chrome (naturalmente), Mozilla Firefox 4 ou superior, e Apple Safari 5 ou superior. Nenhuma menção ao Internet Explorer e ao Opera, portanto.

Trazer uma nova linguagem de programação não me parece ser uma tarefa muito fácil. Conforme o Stephen Shankland da Cnet News bem lembra, depende de adoção principal nas universidades, lugar onde de fato os alunos aprendem a pensar a programação do futuro (ou deveriam aprender, sabe como é).

O pensamento de Shankland me parece ser falho, porém, na parte em que ele diz que a Dart é uma alternativa ao JavaScript. Pelo que eu entendi, pelo menos uma das formas de executar Dart ainda depende fortemente do JS.

Você vê futuro numa linguagem de programação criada pelo Google? Opine nos comentários desse artigo. E para saber informações mais detalhadas sobre a tecnologia eu sugiro dar uma lida no website oficial da Dart.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rogério Munhoz
Vim do futuro pra completar que TypeScript, ES6 e CoffeeScript ganharam, e pra dizer que a Google não desistiu, e tá usando pra desenvolver OS novo :P
fernando
vim do futuro pra dizer que não vingou euahueh
Ricardo Ferreira e Souza
Só lembrando que javaScript é baseado e não e ECMA. É js trabalhamos com classes. Quanto à tipagem, js tem recursos bacanas para forçar tipagem. Leia o guia definitivo do js. http://www.submarino.com.br/produto/112167569/livro-javascript-o-guia-definitivo
r muito bom este livro.
Boa sorte!
Ricardo Ferreira e Souza
Até o momento estas iniciativas tem transformado a internet no que ela é hoje. Novas linguagens criadas por engenheiros só tem benefíciado para o mundo da tecnologia. E a google tem dinheiro para financiar este salto. Para mim e perfeito!
Higor Souza
Não acho que a google
andou para trás com todo o respeito, acho que esta evoluindo criando algo que facilite
a produção de novos aplicativos
Francinilso Lima Barroso
Thassius, obrigado por divulgar tal noticia, não tem problema se vc não é um expert no assunto, o importante foi a divulgação, e, cabe aos interessados (como eu) pesquisar sobre essa informação. Não ligue sobre alguns comentários. Essa "cultura" do brasileiro de querer tudo na "boquinha" é normal. Obrigado vlw!!!!
ricardopcarvalho1
Gostei do posto parabéns ! tem um outro site tbm chamado Scriptcase que é muito bom !
Leonardo Alves
Mas se o cara não entende, não pode vir com "achismos", pois acaba confundindo e dando uma ideia errada da linguagem, como por exemplo "Pelo que eu entendi, pelo menos uma das formas de executar Dart ainda depende fortemente do JS". Óbvio que uma das formas depende, pois o compilador Dart converte o código para tal linguagem, mas o código roda sozinho sem problemas (lembrando que anita é um projeto e que talvez o navegador não rode).
marcelo
Utilizo os produtos google em quase tudo. Acho que é hora de aprender programação!
motomagx
acho justo não adicionar suporte do DART ao IE, na intenção de fazer com que esse navegador ridiculamente imprestável perca mais usuários.
Yangm
Querem que o MP3 vire OGG, que o AVI vire webm, que o png vire webp, que o JavaScript vire Dart.
Só digo uma coisa: Vai dar muita dor de cabeça pra implementar todos esses novos padrões livres, mas depois de implementados isso vai ser uma mão na roda para nós webdesigners/webdevelopers.
@davividal
Even better: http://webreflection.blogspot.com/2011/10/what-is-wrong-about-17259-lines-of-code.html

:V
@davividal
Só deixo isso: http://www.quirksmode.org/blog/archives/2011/10/dart_or_why_jav.html

"If you’re not into blog posts that state the blindingly obvious, skip this one. It explains why Google’s whole Dart idea will fail miserably as a “structured language for web programming.” Most people will have already figured this out by themselves, but for those few who haven’t, here’s why:

JavaScript is already there. On a couple of billion devices.If you’re not into blog posts that state the blindingly obvious, skip this one. It explains why Google’s whole Dart idea will fail miserably as a “structured language for web programming.” Most people will have already figured this out by themselves, but for those few who haven’t, here’s why:

JavaScript is already there. On a couple of billion devices."
Marcos
...Agora só falta o "Vader" :D
Romulo De Lazzari
CLAP CLAP CLAP!!!

Apenas adicionando, A ideia do CoffeeScript eh bem simples, se voce quer fazer algo que seja MAIS SIMPLES que o proprio JS.

Em tempos de HTML5 e padroes web, nao acho que o Google nao vai fazer o que o ActionScript fez ha anos atras, fazer TODO MUNDO instalar um "DART player"???

Alias, deem uma olhada nisso => https://gist.github.com/1277224 (trollface)
Vinicius Kinas
Só por ter tipagem, mesmo que opcional, pra mim já é um avanço.
O DART vem pra adicionar uma alternativa ao Javascript, que reina sozinho nas linguagens client-side dos browsers.

A Microsoft tentou adicionar o VBScript no páreo, mas como era linguagem proprietária e só o IE suportava, não foi pra frente.

Vejo futuro sim, mas só quando o IE6, IE7 e IE8 não existirem mais.
Vinicius Kinas
Verdade, por isso o Wave faz tanto sucesso hoje.
Guilherme
[2]
Nash
E o que vocês me dizem de um Hello Word que gera 17.000 linhas?
Franco
Galera, existem linguagens de propósito geral, que servem para "todo" (muitos) tipos de aplicação (ex: C) e as de propósito específico (ex: SQL).

Go está na segunda categoria.
O uso dela é em aplicações que façam uso intenso de paralelismo.

O emplacar dela jamais seria competir com Java, PHP, C e outras linguagens "genéricas", a não ser nas aplicações específicas que fazem muito paralelismo.
Franco
Concordo com felipefiali. Inclusive, a frase que vem logo após o "desculpem se tiver entendido errado" não faz o menor sentido.

Vai rodar tanto em máquina virtual (ok) quanto em como por meio de um compilador (?) que converte o código baseado (??) em javascript (???).
Humberto Mendes
ASP Classic + VBScript + VB = Pseudo MVC. Dá pra fazer umas tretinha, mas vai continuar sendo uma linguagem estruturada.
Humberto Mendes
Galera meio que desligou o identificador de sarcasmo quando te respondeu rapaz. Da próxima vez use as tags .

Agradecido
@cadomeireles
Como assim problemática e cheia de bugs? Com base em que? Por que o Google usa AJAX pesadamente então?
@yorrany
Considero esta iniciativa, o primeiro passo para organizar a web. Valorizando a semântica de dados, leveza nos códigos e com certeza (muita) troca de informações - como ocorre com o Android.
@TalesM
Interpretando bugs como bizarrices da linguagem, não dá pra discordar disso. Javascript é completamente não intuitiva e problemática pra aprender, pra usar e pra debugar. Se a google conseguir matá-la, ficarei muítissimo grato.
David Sousa
Também era desnecessário criar um navegador (todo mundo estava muito feliz com Firefox ou Opera antes do Chrome ser lançado) ou mesmo um sistema operacional... a Google está mostrando mais uma vezs que quer mudar o mundo e já está mudando.

Não que isso seja bom...
Kowalski
O Google continua sem aprender com os próprios erros, atirando para todos os lados...
Kowalski
Vamos pedir, novamente, ao Mobilão e Thas que mudem o sistema de comentários. :)

O Intense Debate, usado pelos fanboys da "MacMagazine" é muito bom, completo pois há opções de "positivar", "negativar" e "responder" aos comentários. ;) :)
@lucassouza1
Acho que o propósito do Google com essa linguagem é entrar em um novo ramo para as linguagens de programação que é o de linguagens exclusivas para web com foco em flexibilidade e escalabilidade. Um termo para essa categoria talvez seja Cloud language. Recentemente foi lança uma linguagem chamada Opa (http://opalang.org/) que propõe quase o mesmo que o Google Dart. Portanto, não é interesse disputar com Java e afins, mas sim, iniciar um novo caminho no desenvolvimento de sistemas web!
felipefiali
...será?
felipefiali
Trazer notícia não é tentar explicar como funciona de um modo "pessoal" ou "em minha opinião", trazer notícia é apresentar a tecnologia, e só.

Tomando o exemplo: vou escrever sobre carros de fórmula um, e dizer que "não sou expert, mas em minha opinião o motor da Ferrari trabalha com gasolina virgem.".

Mas parece que meu comentário ofendeu muitos namorados ou fanboys aqui. Perdoem-me.
disneyg
Ou seja, é estrutural mas tem como ser O.O?
uahsuahsuahsh
Marcelo Glileaks
me recordo do querido silverlight '-'
@alessandrolim
Só fazer o velho helloworld em Java e você vê todas as coisas que é obrigado a escrever para o código rodar.
jr
A adoção só é viável caso o Chrome vire um monopólio. Daí entendemos a quantidade de propagandas, Chrome de "brinde" no Skype, Flash etc...
@guilherme_holz
Não entendi o que tu quis dizer com coisas desnecessárias, cada linguagem tem a sua utilidade, classes e interfaces são indispensáveis para projetos grandes, e agora com a chegada do HTML5 e WebGL isso vai se tornar uma constante.
João Eduardo
Tudo que o Google faz é usado por todos... Só isso a comentar
@alessandrolim
Não curti muito não, tá muito mais pra Java do que pra JavaScript, ou seja mais uma linguagem verborrágica cheia de coisas desnecessárias vindo por aí, CoffeScript que também pode ser compilada pra JavaScript é muito mais interessante que essa Dart.
Ryo
Verdade. O que o homem precisa é saber cozinhar! Né não, Sr.Fante?
Ibraim (G)
kkk - Aí sim. Boa.
Marcelo
Não vai mudar o mundo, mas já que eles querem estão fazendo um tradutor de Dart para JavaScript eles poderiam aproveitar o jQuery (que já é muito bom) e criar uma forma de escrever scripts usando jQuery com uma sintaxe um pouco mais estruturada. Nada demais, mas já seria algo interessante, pelo menos para dar uma olhada. Fora isto, só esperando pra ver se vem novidade mesmo ou é só papo furado.
@guilherme_holz
É interessante, uma espécie de Javascript mais maduro com classes, tipagem(opcional) e interfaces. Acho que só tem a agregar javascript é baseado no ECMA Script que já está bem defasado.
@guilherme_holz
Pascal? Voltamos 20 anos no tempo agora.
Emmanuel Fotógrafo
"Por isso todos os blogs sobre Formula 1 são escritos apenas por pilotos."

Não acredito que vc levou o comentário a sério. o.O
Maumau
O cara trouxe uma noticia apenas. Pelo menos foi humilde em assumir que não é expert. Se você é tão bom assim poste a noticia em um blog com um tutorial ensinando sobre a linguagem.
Rodrigo Fante
Ele esqueceu da tag de sarcamos. Certo?
Jakeline Said
Desnecessário!
@thiagopnts
por bugs, leia-se bizarrices, como disse o fernando
@brunogdb
Do jeito que eu conheço, a Google é bem capaz de por esta linguagem na frente de todas.
@brunogdb
#QueremosThumbDown
Fernando
Não existem bugs no javascript. Todas as suas bizarrices são 'features' aceitas.
@oroshy
0o O Q?
@abravalheri
Essa iniciativa com certeza é motivada pelo fato do Javascript não agradar a muitos programadores. Quase todo programador, quando tem seu primeiro contato com o JS, se assusta muito, uma vez que este traz um paradigma bem diferente das linguagens tradicionais de programação.

Por ser orientada à objeto, mas por meio de prototipagem, programadores de Java, C++, PHP, dentre outras linguagens mais tradicionais, demoram um certo tempo para aprender a lidar com os objetos JS. Além disso, as funções anônimas, que também não se comportam exatamente como clojures, podem ser dores de cabeça terríveis para programadores de linguagens mais dinâmicas como o Ruby.

Todavia, essas características, num primeiro momento esquisitas, são algumas das grandes forças do JS. Graças a elas e essa "frouxidão" sintática, o JS, tem um poder de expressividade incrível - e vale lembrar que, atualmente, as linguagens com maior poder de expressividade têm sofrido um aumento na utilização (como ocorre com o Ruby, que graças à sua tremenda expressividade permitiu a criação de um framework impressionante, o Rails).

Tendo isto em mente, esse passo do Google parece vir "na contra-mão" do cenário atual. Existem outras iniciativas para "disciplinar" o JS, como por exemplo o CoffeScript, mas ao contrário do Dart, mantém ou aumentam o seu poder de expressividade, o que torna ainda mais extranha essa iniciativa do Google.

Uma coisa é inegável, o Dart parece ser muito mais simpático para um usuário vindo de linguagens mais tradicionais (e portanto mais conhecidas). Dessa forma, pode contribuir para a popularização dos aplicativos web.

Se a intenção do Google for simplesmente fornecer mais uma alternativa para os desenvolvedores que têm dificuldades com o Javascript, será um projeto muito bem sucedido. Todavia, não vejo o Dart como substituto do JS em browsers, nem como linguagem para aplicações server-side. Para estes papéis, já vemos uma grande mobilização da comunidade de desenvolvedores web a favor do Ruby e do CoffeScript.
@gkuhn0
Eu vou fingir que não li isso...
@oroshy
Pra se livrar assim do Java com essa linguagem, só se ele rodasse num navegador, e o javascript e html5 explorados no ultimo. xD
Ibraim (G)
Velho, é só a notícia! Não está ensinado a programar...
Bruno de Andrade
Foi a primeira coisa que pensei também
Leandro Alonso
Como assim cheio de bugs?
Cass
Aff galera, tudo bem que existe a liberdade de expressão, mas vamos acrescentar e não distorcer. Antes de falar sobre Aplicações de Internet Ricas e que o Google está anos luz atrás, para mim está anos luz à frente.
Saibam que eles já vêm desenvolvendo ferramentas com essa mesma idéia desde pelo menos 2007. A ferramenta deles é, na minha opinião mais vantajosa que qquer uma citada em alguns comentários aqui, soluciona muitos problemas que outras, principalmente essas ferramentas que precisam de plugins não solucionam (além de serem pesadas e não funcionar em qualquer sistema).
GWT funciona em muitos navegadores e qualquer sistema operacional. A idéia dessa nova é boa.
Emmanuel Fotógrafo
Concordo com o felipefiali. Por isso todos os blogs sobre Formula 1 são escritos apenas por pilotos.
Ibraim (G)
Faltou a mãozinha 'Thumb down' agora.
Gaba
Ainda está na ativa.... mas realmente não emplacou...

Também acho que essa vai pelo mesmo caminho!
@Cobalto
Vai pelo mesmo caminho que a Go, pelo visto.
Alguém lembra da Go que o Google tentou implacar tempos atrás?
bitFlaG
Pra falar de tecnologia não precisa saber programar...
Alisson Kalinke
Nem todo jornalista que vai pra guerra ficou 2 anos no exército...
@gabrielgoismelo
Muito cedo para tecer comentários sem nada implementado, visível e útil pronto.

Google já falhou com o Wave, pode falhar novamente, evidente.

O tempo dirá.... os Google Fan Boys devem estar indo a loucura já.
Rodrigo Fante
Sem ironia alguma.
@thiagopnts
Acho que a ideia deles é substituir o javascript num futuro próximo. Todos sabem que js é uma linguagem problemática, desenvolvida as pressas e cheia de bugs.
Adriano
Ele está divulgando apenas, ele não está tecendo comentários sobre se a linguagem é boa ou ruim, sobre isso ou aquilo.
derpino
Galere nem plantou o milho e já tá reclamando da pamonha.
Flávio Vinicius
class Produto{
String nome;
String descricao;
double preco;
imprimirEtiqueta(){
print('====================\nProduto: ${nome}\nDescricao: ${descricao}\nPreco: ${preco}\n====================');
}
}

main(){
Produto chrome = new Produto();
chrome.nome = 'Google Chrome';
chrome.descricao = 'Meu Navegador Prederido';
chrome.preco = 0.0;
chrome.imprimirEtiqueta();
}
Laete
Hummm....
Eu posso estar falando besteira mas, o Google já não havia lançado a algum tempo atrás uma linguagem de programação!? :/
Alguém lembra o nome dela!?
Aliás, alguém sabe que fim levou aquilo!? ;P
Erick Xavier
Pessoas, não se esqueçam: é a Google!
Luiz Felipe
Curti bastante, bem simples. Me pareceu uma mistura de PHP e JS.
Alex
Pelo amor de deus, cara, que ignorância criticar algo sem primeiro conhecer.
ac
Galera nem sabe direito do esquema e já ta criticando. '-'
Almy Fróes
ta mais pra dart vadder

Google querendo levar a programadores pro lado negro da força...
@nelson_integra
Não creio que seja necessário criar uma nova linguagem. Poderiam ser criadas extensões para Web em linguagens que já existem, como C, Pascal e Java.
Mas é óbvio que o Javascript é uma péssima muleta e precisa ser substituído por algo que funcione exatamente igual em qualquer navegador e que se possa ter algum nível de pré-compilação e análise, que evitem tantos erros em tempo de execução.
joaoximenes
Acho ótimo que o Google esteja "preocupado" com isso. Quanto mais gente pensando em uma área mais chances temos que ela evolua.
Flávio Vinicius
Ironia? #SIM
Leandro Alonso
Pessoal, acho que está havendo uma pequena confusão. Apesar do Google dizer que a linguagem é "estruturada porém flexível" ela conta com recursos como classes e interfaces: http://www.dartlang.org/docs/technical-overview/index.html#classes

De qualquer maneira, concordo com o que disse o @oroshy. O Google vai ter que ralar muito pra poder competir com Java, jQuery e afins.
Gabriel Magalhães dos Santos
[Aposto que as tags podem ser rastreadas pelo google...

é tudo marketing na minha opnião]
rafaelhbarros
Toda vez que tentam fazer isso eu fico bravo.
Silverlight, flex, java, flash, TUDO ISSO veio pra causar dor e sofrimento pros programadores.
O javascript deu certo porque é o que menos dói na hora de usar.
Mailton
O Google já tinha lançado uma linguagem anos atrás...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Go_(linguagem_de_programa%C3%A7%C3%A3o)

http://golang.org/
DisneyG
Eu entendi bem? O Google está criando uma linguagem de programação estruturada??????????? Aff
Eduardo
Prevejo gente adotando mais por modismo que necessidade. É assim que certas coisas funcionam na TI.
@vandrade
Acho que a idéia do Google é gerar uma linguagem amigável. Assim como todos os produtos deles, eles trazem a massificação e a simplificação de uso como item básico. Dá pra entender então a preferência pela linguagem estruturada, que é praticamente uma redação de texto em língua inglesa. Talvez esse "flexível" se refira a aproveitamento de código ou alguma maneira de trazer os objetos, mas sem complicar o trabalho do desenvolvedor.
@trovalds
Seria um primeiro passo pra tornar o Android independente de plataformas de terceiros, já que o SDK dele é baseado em JAVA?
André Luna
Reinventando a roda mesmo.
No meio de tantas linguagens já pra que aprender mais uma,
já tem ai o PHP ha anos resolvendo os problemas de muita gente, e agora a Ruby que vem crescendo muito. Acho pouco provável que essa ai vá pra frente.
Rodrigo Fante
Isso Google, tudo que a gente precisava #NOT!
Claudio H.
Reinventando a roda... ?!
@oroshy
O Google inventando moda agora.
Quando eu li isso: “estruturada porém flexível”. Deu até um aperto no coração.

Ele querem fazer um caminho parecido com o que a MS fez com o .NET.
Mas estão anos luz atrás da Sun e da Microsoft.

Se for uma linguagem só para visual (efeitos e tal), morrerá pelo jQuery (muito mais simples de usar, e já é uma framework pronta).
Se for para acesso a dados ou para se criar um sistema complexo, ai não terá nem chance. O Flex da Adobe era muito bom, mas não conseguiu competir com o Java ou com qualquer linguagem da plataforma .NET.

Então, eu não vejo futuro para "isso" ai não. Estruturada? eca! Google, estamos no século 21.
felipefiali
"Eu não expert nesses assuntos de programação, então me desculpem se tiver entendido errado"

Como você pode escrever em um blog sobre isso, então? Fantástico!
Ítalo Menezes
acho desnecessário, google andou pra trás.