Maior interessado em que mais e mais pessoas programem aplicativos para a web, o Google apresenta nessa segunda-feira uma nova linguagem de programação focada especificamente nesse ambiente. Sim, a gigante da internet decidiu lançar sua própria linguagem, para auxiliar desenvolvedores na tarefa de criar  coisas tão grandiosas como o Gmail ou o Google Docs.

Dart

Chamada de Dart, a tecnologia está em estágio prévio de desenvolvimento.

A Dart pode servir tanto para projetos de somente uma pessoa – o próximo Facebook ou mesmo Google, o que seria absolutamente irônico – como projetos compostos de diversos profissionais trabalhando em conjunto para programar software voltado para a web. Em seu website, a Dart é explicada como uma linguagem “estruturada porém flexível”. Para tirar proveito do melhor dos dois mundos, se depender do Google.

Lars Bak, engenheiro de software do Google e responsável por apresentar a Dart ao mundo, conta que o código feito com essa linguagem pode ser executado de duas maneiras distintas. Eu não sou expert nesses assuntos de programação, então me desculpem se tiver entendido errado: Dart vai rodar tanto por meio de uma máquina virtual como por meio de um compilador que converte o código Dart em código baseado em JavaScript.

No site da Dart há a informação de que os navegadores mais modernos rodam o código sem problemas. São eles: Google Chrome (naturalmente), Mozilla Firefox 4 ou superior, e Apple Safari 5 ou superior. Nenhuma menção ao Internet Explorer e ao Opera, portanto.

Trazer uma nova linguagem de programação não me parece ser uma tarefa muito fácil. Conforme o Stephen Shankland da Cnet News bem lembra, depende de adoção principal nas universidades, lugar onde de fato os alunos aprendem a pensar a programação do futuro (ou deveriam aprender, sabe como é).

O pensamento de Shankland me parece ser falho, porém, na parte em que ele diz que a Dart é uma alternativa ao JavaScript. Pelo que eu entendi, pelo menos uma das formas de executar Dart ainda depende fortemente do JS.

Você vê futuro numa linguagem de programação criada pelo Google? Opine nos comentários desse artigo. E para saber informações mais detalhadas sobre a tecnologia eu sugiro dar uma lida no website oficial da Dart.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rogério Munhoz
Vim do futuro pra completar que TypeScript, ES6 e CoffeeScript ganharam, e pra dizer que a Google não desistiu, e tá usando pra desenvolver OS novo :P
fernando
vim do futuro pra dizer que não vingou euahueh
Ricardo Ferreira e Souza
Só lembrando que javaScript é baseado e não e ECMA. É js trabalhamos com classes. Quanto à tipagem, js tem recursos bacanas para forçar tipagem. Leia o guia definitivo do js. http://www.submarino.com.br/produto/112167569/livro-javascript-o-guia-definitivo r muito bom este livro. Boa sorte!
Ricardo Ferreira e Souza
Até o momento estas iniciativas tem transformado a internet no que ela é hoje. Novas linguagens criadas por engenheiros só tem benefíciado para o mundo da tecnologia. E a google tem dinheiro para financiar este salto. Para mim e perfeito!
Higor Souza
Não acho que a google andou para trás com todo o respeito, acho que esta evoluindo criando algo que facilite a produção de novos aplicativos
Francinilso Lima Barroso
Thassius, obrigado por divulgar tal noticia, não tem problema se vc não é um expert no assunto, o importante foi a divulgação, e, cabe aos interessados (como eu) pesquisar sobre essa informação. Não ligue sobre alguns comentários. Essa "cultura" do brasileiro de querer tudo na "boquinha" é normal. Obrigado vlw!!!!
ricardopcarvalho1
Gostei do posto parabéns ! tem um outro site tbm chamado Scriptcase que é muito bom !
Leonardo Alves
Mas se o cara não entende, não pode vir com "achismos", pois acaba confundindo e dando uma ideia errada da linguagem, como por exemplo "Pelo que eu entendi, pelo menos uma das formas de executar Dart ainda depende fortemente do JS". Óbvio que uma das formas depende, pois o compilador Dart converte o código para tal linguagem, mas o código roda sozinho sem problemas (lembrando que anita é um projeto e que talvez o navegador não rode).
marcelo
Utilizo os produtos google em quase tudo. Acho que é hora de aprender programação!
motomagx
acho justo não adicionar suporte do DART ao IE, na intenção de fazer com que esse navegador ridiculamente imprestável perca mais usuários.
Yangm
Querem que o MP3 vire OGG, que o AVI vire webm, que o png vire webp, que o JavaScript vire Dart. Só digo uma coisa: Vai dar muita dor de cabeça pra implementar todos esses novos padrões livres, mas depois de implementados isso vai ser uma mão na roda para nós webdesigners/webdevelopers.
@davividal
Even better: http://webreflection.blogspot.com/2011/10/what-is-wrong-about-17259-lines-of-code.html :V
@davividal
Só deixo isso: http://www.quirksmode.org/blog/archives/2011/10/dart_or_why_jav.html "If you’re not into blog posts that state the blindingly obvious, skip this one. It explains why Google’s whole Dart idea will fail miserably as a “structured language for web programming.” Most people will have already figured this out by themselves, but for those few who haven’t, here’s why: JavaScript is already there. On a couple of billion devices.If you’re not into blog posts that state the blindingly obvious, skip this one. It explains why Google’s whole Dart idea will fail miserably as a “structured language for web programming.” Most people will have already figured this out by themselves, but for those few who haven’t, here’s why: JavaScript is already there. On a couple of billion devices."
Marcos
...Agora só falta o "Vader" :D
Romulo De Lazzari
CLAP CLAP CLAP!!! Apenas adicionando, A ideia do CoffeeScript eh bem simples, se voce quer fazer algo que seja MAIS SIMPLES que o proprio JS. Em tempos de HTML5 e padroes web, nao acho que o Google nao vai fazer o que o ActionScript fez ha anos atras, fazer TODO MUNDO instalar um "DART player"??? Alias, deem uma olhada nisso => https://gist.github.com/1277224 (trollface)
Exibir mais comentários