Início » Aplicativos e Software » Apple libera iTunes 10.5 para download; QuickTime deixa de ser obrigatório

Apple libera iTunes 10.5 para download; QuickTime deixa de ser obrigatório

Por
8 anos atrás

A Apple disponibilizou hoje nos seus servidores a versão final do iTunes 10.5. O programa já estava em fase de testes para desenvolvedores desde o lançamento do primeiro betas do iOS 5, a próxima grande versão do sistema móvel. Como esperado, a atualização (que, pelo que pude ver, consegue ser alguns megabytes mais leves do que a versão anterior – o que é uma conquista) traz suporte à diversas funcionalidades e serviços que a empresa planeja lançar essa semana e também prepara o terreno para o iOS 5.

Dentre as novidades estão a sincronização automática de dispositivos iOS via WiFi, a capacidade de baixar músicas, vídeos, livros e outros conteúdos da loja já comprados sem custo adicional, download automático de músicas compradas em dispositivos iOS para o computador em que o iTunes estiver instalado e outras. Obviamente as funcionalidades só vão funcionar quando vinculadas a uma mesma Apple ID. E como toda a grande mudança de software, essa também vem acompanhada de uma nova licença que o usuário precisa concordar antes de por as mãos no novo iTunes.

Apesar das novidades, uma das grandes mudanças que chegou com essa atualização é capaz de ofuscar todas elas: com o iTunes 10.5 a Apple removeu a obrigatoriedade da instalação do seu player QuickTime no Windows. E junto com ele a empresa também tapou 79 vulnerabilidades específicas da versão para o sistema operacional da Microsoft, o que é bem-vindo.

O download do iTunes 10.5 pode ser feito nesse link. Devem baixá-lo aqueles que estiverem interessados em atualizar seus dispositivos para a versão 5 do iOS, que será lançada amanhã. Ela serve, aliás, para iPods Touch de 3ª e 4ª geração, iPhones 3GS e 4 e as duas versões do iPad.

Atualização às 18:11 | Adicionado a informação de que a instalação do QuickTime passou a ser opcional.

Mais sobre: , ,