Início » Celular » Cegos criam textos em braile usando app do Android

Cegos criam textos em braile usando app do Android

Avatar Por

Um estudante chamado Ankit Daftery, do Instituto Tecnológico de Veermata Jijabai, localizado na cidade indiana de Mumbai, desenvolveu uma tecnologia que permite que deficientes visuais usem a linguagem braile para digitar textos nas telas sensíveis ao toque. A tecnologia, que dispensa até os teclados virtuais tradicionais, foi convertida em um aplicativo para Android.

O sistema pede com que os usuários usem as pontas de seus dedos para “desenhar” os pontos na tela do aparelho, enquanto o sistema de leitura nativo do sistema operacional do robozinho lê os caracteres digitados em voz alta. Confira o aplicativo em ação no vídeo abaixo.


(Vídeo do YouTube)

Segundo afirmou Daftery, o sistema é capaz de reconhecer as 26 letras do alfabeto ocidental, além de comandos como espaço, backspace e pular uma linha. Ainda na fase inicial de testes, o estudante diz que está trabalhando para torná-lo mais poderoso e até o disponibilizar comercialmente, para “poder fazer a diferença na vida de um deficiente visual”.

Apesar de uma versão preliminar do programa ter foco específico para a plataforma Android, uma versão para o iOS deve surgir no futuro.

Com informações: The Next Web.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Genial
genial, muito melhor que a versao para IOS (locais predefinidos de toque).. ja que ele faz o mapeamento a partir de qualquer area que ele toque a tela.. Se ele segurar a tela ao contrario podera segurar e tocar a tela com 6 dedos aumantando a velocidade de digitacao e portabilidade..
L. Humberto Killer
abrir o aplicativo é ate simples... pior é conseguir fazer os toques com as duas mãos e ainda segurar o cell (pq ficar procurando mesinhas toda hora é dose) mas a ideia é boa
@xrenan
Muito boa ideia! Só achei que ficou meio "sem uso", visto que o usuário - deficiente visual - precisa abrir o aplicativo :) #naointendodeandroideachoquefaleimerda
williamcoy
interessante. mas o Siri seria bem mais natural