A gente sabe que os ânimos entre Apple e Google se exaltaram depois que, em novembro de 2007, a empresa então liderada por Eric Schmidt revelou a plataforma para celulares Android. A Apple não gostou nadinha da história. E o assunto é aprofundado na biografia oficial de Steve Jobs que chega às livrarias na segunda-feira, dia 24 de outubro.

Nas 40 entrevistas que conduziu com o finado Steve Jobs, o autor Walter Isaacson cumpriu bem seu papel de jornalista ao questionar o iCEO sobre o sistema concorrente. A resposta, pelo que se sabe a partir de trechos do livro que vazaram, não foi das mais agradáveis: Jobs considerava o Android como um “grande roubo” daquilo que o imberbe iPhone OS apresentava.

Palavras de ódio não faltam nos trechos que vazaram. Steve Jobs disse que ia aniquilar o Android “porque se trata de um produto roubado.” O iCEO ainda ameaçou se meter numa guerra nuclear com esse propósito caso fosse necessário.

Funcionários da Apple em celebração pela vida de Steve Jobs

O Android foi apresentado ao mercado poucos meses depois do iPhone ser revelado. A relação da Apple com o Google logo se abalou. O clímax dessa história ocorre quando Eric Schmidt, CEO do Google na época, deixa a cadeira de conselheiro da Apple. O iOS continua atrelado a diversos serviços do Google, como o Maps ou o YouTube, mas a relação de amizade entre as duas empresas foi desfeita.

“Eu vou gastar até o meu último suspiro se preciso, e vou gastar cada centavo dos 40 bilhões de dólares no banco para reparar esse erro”, Steve Jobs disse ao entrevistador durante uma das sessões de entrevista. Sendo a empresa de tecnologia com maior valorização no mercado, não é difícil de acreditar na ameaça.

A Apple atualmente move processos contra vários fabricantes de dispositivos móveis. A ação judicial mais notável, contra a Samsung, tem representação não só nos Estados Unidos, mas em diversos países. Na semana passada uma advogada da empresa coreana cometeu a gafe de não saber diferenciar o iPad do Galaxy Tab.

O Android e o iOS são os dois sistemas que mais se combatem nos dispositivos móveis. Temos a notícia de que a plataforma do Google bateu o iOS em número de ativações. Por sua vez, o iOS está disponível em somente uma linha de dispositivos, o que aponta para a luta do iPhone sozinho contra a união dos demais aparelhos rodando Android.

iOS, o crème de la crème entre os sistemas operacionais (na visão de Steve Jobs)

As disputas nos tribunais ainda devem levar meses, talvez anos, para acabarem. Enquanto isso, o Ice Cream Sandwich (apresentado nessa semana) e o iOS 5 (disponível para download desde a semana passada) chegam ao mercado, cada qual com seus pontos positivos e negativos. Cabe a cada usuário analisar seu próprio uso do smartphone e, a partir daí, decidir qual sistema melhor lhe atende. Não há franco favorito nessa história.

Voltando ao cerne desse artigo, não me surpreenderia se Steve Jobs tivesse deixado instruções claras para que a Apple persiga o Android no pior estilo custe o que custar. E ficamos assim: uma equipe de engenharia e design engajada em criar novidades para o iOS, enquanto outra equipe, dessa vez de advogados, vai atrás dos concorrentes.

Com informações: BBC News.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anônimo

E anos depois foi ultrapassada por um chinesa, chora agora

Gabirivas
Acer paga também. Pois é um touch de QUALIDADE!!
Gabirivas
Windows é 10 vezes melhor q o iOS. o Steve Jobs tem inveja e acha que vai ser o melhor do mundo.... pena que morreu... kjj
Gabirivas
kkkkkkkkkkkkk tinha que ter um burro, O android ultrapassa a porra da Apple.
Gabirivas
kjjj Diego Rocha né
Ranniery Cavalcante
agora ta ele sentado no colo do capiroto
Andre
Jobs era do mal! Haha, perguntem ao funcionarios antigos o que era levar uma "stevada": O distinto andava pelos corredores, via um matuto e perguntava: Qual sua função? - É tal. - Hum. Passa no Rh!!
Vanderlei
"De boas intenções o inferno está cheio" A maioria das pessoas só viam o lado criador, inovador de Steve Jobs, e se esquecem do lado mesquinho, arrogante e "perigosamente competitivo". Isso até me lembra um desenho chamado Pink e Cérebro - Pink pergunta: O que vamos fazer hoje Cérebro? Cérebro responde: "Dominar o Mundo".
Ricardo
Cadê o botão de unlike? on-topic: Se dependesse da sua amada Apple, estaríamos tendo que financiar computadores para adquirí-los de tão caros que seriam. Esse seu comentário é tipica visão egoísta de playboy que se paga com gadget caro e fica aborrecido por ver as massas tendo acesso as mesmas. (Aka Burguês) Acorda moleque.
Diego Rocha
Meu Dell Vostro 1520 é uma cópia do MacBook? Ele tem tela, teclas, um touchpad, bateria, portas USB, eu utilizo ele pra escrever documentos acessar a internet, ler e-mail, ver fotos, ouvir música. Meu deus! Todos os Nootebooks do planeta são plágio do Macbook!
Diego Rocha
A compraração com a Ferrari é boa pois, quem compra Apple quer se exibir assim como quem compra Ferrari. O cara não fala "meu telefone", "meu notebook", fala "meu iphone", "meu macbook", não troca o toque do celular pra todo saber quando o telefone tocar que é iphone. Lembra do I'm Rich? Quem compra Apple quer comprar status assim como quem compra Ferrari.
Luiz Felipe
Concordo. o DOS foi ganhado da IBM (idiotas, por 60000, dor de cotovelo até hoje). E ainda falam que o Bill Gates roubou, ele não roubou nada, ele ganhou.
Luiz Felipe
Na verdade ele era um lider, mas não criava nada. o Wozniac ainda esta vivo, não estamos fodidos. É como perder o Bill Gates, mas ainda temos o Paul Alen, e ele é que é o genio por traz do comercial e da imagem publica da empresa.
Luiz Felipe
Gates era muito visionario tambem. Oportunista, quem não seria diante de bocos que te dão o DOS de graça por 60.000 dolares, maldita IBM e sua dor de cotovelo. BG foi visionario e enxergou um futuro repleto de desktops, enquanto que a ibm queria vender mainframes, e so se importa com o hardware, tanto que financia até hoje a boa parte do open source. Não fosse os hardwares absurdamente caros da IBM não se teria unix "free", muito menos linux. Sorte que o billgates conseguiu fazer com que o software tivesse valor tambem, e que o hardware de PC não valesse quase nada em comparação com o software. Assim posso ter uma vida boa como programador. Isso é apenas microeconomia, hardware é complementado por software, se um deles é de graça, pode ter certesa que o outro é caro mesmo. Exceto o Android, que hardware e o software são quase de graça, mas os dados seus são capturados e são extremamente valiosos para o Google, mas ninguem percebe isso.
Mobilidade
Agradeço todos so dias por Steve Jobs ter feito o que fez, senao não teríamos iPhone, Android ou um qualquer.. Pois estaria com aqueles Nokias lixo ou Windows Mobile lixo ate hoje.. Entao nao falem do Homem que mudou a vida de vcs sem antes conhecer a historia da mobilidade.... Vale ressaltar que fiz uma grana e faco uma grana Sobre os produtos Microsoft , apensar de amar Apple. Srs, trabalho com mobilidade 14 anos.. nem sei quantos projetos tenho, inclusive hardware. tenho uma infinidade de projetos Windows Mobile e CE, iPhone tenho mais de 40 Apps com mais de 6 milhoes de usuarios, tenho 12 Apps para Android e seria impossível contar quantos projetos web tenho a nivel global. Fui techcrunch.com numero 50 e capa do NYTimes como projeto referencia de mobilidade do ANO. entao posso falar um pouco. tem uma molecada que so fala merda mas nem sabe ler.. escuto muito "eu escutei falar... fulo leu.." vai ler vagabundos..
Exibir mais comentários