Em entrevista recente para o ZDNet, o fundador da Canonical e do Ubuntu, Mark Shuttleworth, falou sobre planos futuros para portar o Ubuntu para smartphones, tablets e TVs. Só não espere isso para os próximos dias.

Ele quer dominar o mundo

As razões dessa mudança, segundo o próprio Mark, é levar o Ubuntu até onde estão os usuários. Com o surgimento de novas tecnologias móveis, as pessoas estão migrando do PC para smartphones e tablets, e é importante que haja uma versão do Ubuntu para esses dispositivos.

Obviamente, pode parecer estranho querer brigar em um cenário dominado praticamente por dois nomes (iOS e Android), mas Shuttleworth acredita que ainda há espaço para outros elementos nessa briga, e que o tanto o Ubuntu e o Windows podem se firmar, desde que apresentem algo de diferente. Outros fatores também podem auxiliar o Ubuntu: com a compra da Motorola Mobility pelo Google, outras empresas criadoras de hardware já estão começando a buscar alternativas ao Android.

E nesse ponto o Ubuntu parece estar bem mais adiantado que outras distribuições Linux: amado por muitos e odiado por vários, o Unity já possui vários elementos típicos de dispositivos com suporte a toque. Com alguns ajustes, o Unity poderia ser um bom ambiente para tablets e TVs.

Mas não fiquem muito animados. Mesmo que a conversa entre a Canonical e parceiros já esteja rolando há pelo menos um ano e meio, a primeira versão do Ubuntu compatível com dispositivos móveis só deve chegar em 2014, junto com a versão 14.04 da distro. Isso, claro, se o mundo não acabar em 2012.

Com Informações: ZDNet

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Wendel Silva
Eu acho a idéia bem interessante. Agora será muito melhor se o próprio puder rodar os apps do Android, uma vez que o próprio Andróid utiliza o núcleo do Linux em sua estrutura base do sistema.
Petronio
acredito no ubuntu. a unity, apesar de péssima para pc, talvez funcione perfeitamente em tablets...nvamos ver...
Padilha
Eu adoraria ter Ubuntu em um tablet. Usar o apt... Eu serei responsavel pelo sistema, essa é a grande liberdade.
Vinnicius
Ta ai uma boa noticia. Me gustaria mucho de testar o ubuntu nos smartphones e tablets. Aliás, é uma vontade minha desde a primeira versão com unity. Esperemos (com muito vigor).
@brunogdb
Será que a questão do Linux do Ubuntu facilita?
@AntonioVeras
Já não era sem tempo. Porém, contudo, no entanto e quanto à questão de patentes? O Google comprou a Motorola Mobile justamente por isso. Comofas?
Jean
Mas é possível criar uma camada de compatibilidade, como a da arquitetura x86 para x64.
7megas
Ubuntu nem distro é.. Ps. Só os fortes entenderao...
Rodrigo
Quem dera fosse tão fácil assim :-)
Lucas Meneses
Quando será que teremos slackware para smartphone? Eu já vi rodando em um tablet...
Marcelo
Portar? eles nao tem vergonha? smartphone já é melhor que muito notebook hahahaha
Victor
Graças a deus que uso Debian + KDE.
Guilherme Macedo C.
Decepcionado pq?
Vinicius Kinas
Quem chegou? Ubuntu para smartphones e tablets só em 2014. :)
Guilherme Macedo C.
Só se fosse um tablet e smartphone x86
Exibir mais comentários