Início » Computador » Commodore 64x Extreme é apresentado mais potente do que nunca

Commodore 64x Extreme é apresentado mais potente do que nunca

Avatar Por

Em 2010 uma empresa chamada Commodore USA lançou o 64x. A releitura do clássico oitentista Commodore 64 era equipada com comodidades da vida moderna como processador Atom e leitor de Blu-ray, entre outros mimos inimagináveis em 1982. Em abril deste ano imagens de uma versão atualizada do computador chegaram à rede cercada de mistérios.

Traseira do teclado do Commodore

E agora o "novo" Commodore 64x entrou em pré-vendas, devidamente atualizado com um processador Core i7 pulsando sobre sua charmosa roupagem retrô.

Atendendo pelo nome de Commodore 64x Extreme e considerado o "Commodore mais potente jamais produzido", a máquina chega com um chip Intel i7 Sandy Bridge de 2,2 Ghz, 8 GB de memória RAM, espaço para até dois discos rígidos de 2 TB de capacidade de armazenamento, três portas USB 3.0, cinco (!) portas USB 2.0, uma entrada e-Sata, HDMI, VGA, bluetooth e conexões ethernet e WiFi. Tudo isso comprimido em seu corpinho de 29 anos de idade e medidas enxutas.

O sistema operacional escolhido para lidar com tamanha capacidade de processamento é o Linux Mint 11 equipado com um emulador de seu Commodore Basic 2.0, que lhe permite rodar programas e joguinhos da época.

Aos interessados, o brinquedo pode ser adquirido por módicos US$ 1.500 (R$ 2.600) e suas entregas estão programadas para começarem a acontecer a partir do dia 25 de novembro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jean
Eu queria mesmo é que o Amiga voltasse!
@leozacche
Eu era mais fã de ver o MSX Expert Plus (o preto, não o cinza), da Gradiente.
Ramon Melo
Parece ser um PC customizado para uso geral com um emulador embutido, mas acho que uma opção com placa de vídeo dedicada seria interessante sim. Tem saída HDMI, então dá um bom HTPC, se for tão resistente e durável quanto os antigos Commodores.
Rodrigo
Eu pensava em fazer isso. Até que desisti e comprei uma cpu e um joystick arcade pra ligar na LCD da sala :-)
Thiago Leite
Ainda vou realizar meu sonho de montar uma máquina arcade com as peças de um computador velho meu... só falta a pri deixar.
Thiago Leite
Ou um teclado com uma CPU embutida? rs
Marcelo
fala sério um cpu com teclado embutido rsrs
@nelson_integra
Não obrigado. Vou esperar o MSX 64 Extreme, o Amiga 64 Extreme ou quem sabe, o TK 64 eXtreme.
Thiago Leite
E viva o Nintendinho quase indestrutível
@Ronyan_
Tentador...mas só.
Rodrigo
É porque não é da tua época, garoto. Nos anos 80, os consoles eram assim, parrudos, resistentes, pra ser jogados no chão ou eventualmente despencar da mesinha de centro quando alguém puxava demais o joystick. Ou a mãe tropeçava nos fios que ligavam à tv ao passar correndo pela frente pra não atrapalhar o jogo.
Rodrigo
Isso é como ver o relançamento de um Karmann-Ghia com um motor turbo, freios a disco e câmbio sequencial. Mas com os mesmos bancos de curvim sem encostos de cabeça e retrovisor só do lado do motorista. Resumindo: item de colecionador, para quem é fanático. Talvez se relançassem o Hotbit MSX com a mesma carcaça, mas com o hardware desse Commodore, rodando uma distro Linux BEM personalizada, com emulador do MSX-DOS, eu me sentiria tentado a fazer uma besteira e comprar também.
Gus Fune
i7 pra rodar jogos de 15 anos atrás? Poxa, nem pra ter uma placa de video boa dentro e rodar windows, que seria uma bela plataforma de gaming, tanto retro quanto moderna.
Agnatos
Que da hora. Pena que é menos ergonômico que um laptop comum. Aí não dá né?