Início » Celular » Microsoft modifica requisitos mínimos para Windows Phone

Microsoft modifica requisitos mínimos para Windows Phone

Avatar Por

A Microsoft modificou há algum tempo (e sem avisar ninguém) a sua página que lista os requisitos mínimos para fabricantes de celulares criarem modelos com o Windows Phone. A mudança ocorreu, de acordo com o que está na página, no dia 23 de setembro mas apenas recentemente foi notada. A empresa mudou um item da coluna obrigatória e que podem indicar futuros planos para o sistema.

Uma das coisas que passou para a nova coluna opcional é o item da câmera. A presença de uma câmera principal na traseira de aparelhos e uma secundária e frontal para videochamadas sempre foi item requerido nos modelos com o sistema, e agora não são mais. A bússola e o giroscópio continuam a ser itens não obrigatórios.

O que muda com isso? Acho que a Microsoft espera uma potencial popularização do Windows Phone. Como as câmeras são componentes que encarecem bastante os smartphones, aparelhos com Windows Phone 7 poderão ficar mais baratos de se fabricar e, com isso, mais acessíveis. Apesar disso, os demais componentes obrigatórios continuem os mesmos, como os 8 GB de memória interna e tela de 800 x 480 pixels.

A mudança também pode servir como indicação de possíveis modelos futuros da Nokia, que é conhecida por investir não só em celulares high-end como low-end também. Mas o que é um smartphone sem câmera hoje em dia? Vai ser interessante ver como a Microsoft e a Nokia, ou demais fabricantes que decidirem seguir apenas os itens obrigatórios de hardware, vão comercializar um aparelho assim.

Se eles chegarem a existir, claro. Até lá, temos somente rumores e especulações.

Com informações: The Next Web.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo
Aí sim!
Ramon Melo
Será que alguém parou para pensar que essa pode ser uma boa ideia para PMPs? Apesar dos iPods já virem com câmera, nem todo mundo precisa de câmera de 5MP num tocador de música.
Ramon Melo
Bom artigo? "Está na hora de rever seus conceitos".
midnait
Tanto para baratear o aparelho para aqueles que não querem uma câmera no celular quanto para setores que proibem celular com câmera (governos, militares, setores de pesquisa), e o que importa é que o hardware mínimo continue rodando o WP7 tão liso quanto os Androids Quad-Core! =D
J3ff
O item não mais obrigatório é a Câmera Frontal.
J3ff
Só se for o "Cabeludão" alí.. ...Pois os Smartphones estão neste padrão de 4 polegadas ou mais (no caso do HTC aí de cima se for o Ultimate e de 4,7 polegadas). rsrsrsrs
J3ff
Perfeito !! ...e acredito, também, que o mencionado é a câmera frontal já que a traseira é um padrão de Mercado.
Leandro de souza
Vou esperar ate baratear , nao vale a pena gastar rios de dinheiro qdo se tem um celular funcional
@luisdpaula
Eu te respondo com outra lógica.´
Pelo o que eu entendi,o que era "obrigatório era câmera frontal e traseira",o que deixou de ser.
Olha minha lógica:Já que no caso frontal e traseira somam duas câmeras,isso signifa que o valor aumenta.Agora se tirarem a câmera frontal que normalmente é usada para videochamada,coisa para que pouca gente usa em "mercados emergente"(que seriam para ondes esse smarts "capados" em relação a câmera iriam)como o Brasil,significaria metade a menos em custo para câmeras.

Tem sentido o que eu disse?
@michelblopes
Podiam tirar a bateria da lista também, né?
Rafael
Rodrigo não tem nada a ver o dono do site concordar ou não, o conteúdo dos comentários é da responsabilidade de quem posta.

Não preciso nem comentar o artigo...
Rodrigo Fante
Eu achei o artigo bom, só a publicidade foi meio foda, mas se o Mobilão não apagou, deve estar de acordo.
Rodrigo
Smartphone sem câmera é um retrocesso. Mas enfim, para aquelas empresas que querem contratar um plano empresarial e "presentear" seus funcionários com um magnífico Windows Phone castrado, essa pode ser uma utilidade...
Rodrigo
Fala sério...
Rodrigo Fante
Mas neste caso o problema é seu se for pego com isso, assim como você também pode entrar com um celular fora dos padrões e só ter problemas quando perceberem.
Scheldon
Um bom artigo vindo dai??????
Turdin
Bem, estava esperando que tivessem mudado os requisitos minimos para "Dual core", quem sabe na próxima, ahhahaha
@trovalds
Se sair sem câmera vou é ficar feliz. Dificilmente uso celular para fotos ou filmar, então se essa mudança significar queda de valores, sim, eu aceito.
Marcos Jahn
Um bom artigo sobre este assunto, recomendo: http://meiobit.com/93545/windows-phone-microsoft-dando-tiro-no-p/
Erick
Operadoras só fazem porcaria.
Erick
Eu uso muito a câmera do meu telefone. Mas se for pra ter uma câmera ruim encarecendo o telefone, prefiro que não tenha.
John
Fora do assunto: Mas que coisa ridícula aquele tijolo gigante do "Site Vivo" ali hein?...
Claudio H.
Interessante sua colocação, mas ainda assim imagino que não seja tão relevante, pois em qualquer site chinês da vida eu consigo importar uma caneta filmadora, dente falso que fotografa, etc. E já que estamos falando de empresas de segurança, esse pessoal deve ter acesso ainda mais fácil a esse tipo de gadget.

Mas mesmo assim pode ser que essas instituições proibam smartphones com câmeras, e pode ser que esse seja um nicho a ser explorado pela Microsoft. Mas eu garanto que para chegar perto do Android e iOS ela vai ter que vender pra muito governo e muita empresa de segurança. :P
Gaba
Esse é um sistema que eu investiria... mas como meu celular ainda não parou de funcionar... então ta de boa...
Alisson Kalinke
Minha câmera deu problema na segunda semana. To até hoje sem, já perdi até a garantia.
@juanlourenco
Talvez a lógica seja outra. As especificações mínimas são os requisitos para que o sistema funciona tão bem quanto o mínimo esperado pela Microsoft, e a câmera não impede esse funcionamento.
Scott
Na verdade, pode ser pra popularização do Windows Phone em outras áreas. Se não estiver enganado, em algumas áreas do governos e empresas que trabalham com segurança, a falta de uma câmera é obrigatória (afinal, se estamos falando de segurança...).