Início » Jogos » Disneyland Adventures: a magia do mundo de Disney sem sair de casa

Disneyland Adventures: a magia do mundo de Disney sem sair de casa

Review do jogo "Kinect Disneyland Adventures" para Xbox 360 com Kinect

Avatar Por

Preciso admitir: quando era pequeno eu sempre sonhei em conhecer a “Disneylândia”. Kinect Disneyland Advetures traz a todos os donos de Kinect a possibilidade de explorar o famoso parque, conhecer alguns personagens clássicos e brincar nas atrações virtuais presentes naquela terra de magia.

Uma ideia interessante para quem jamais pôde visitar o parque na vida real, mas será que ele cumpre o que promete? Veja nosso review e tire suas conclusões.

http://www.youtube.com/watch?v=yG5fPROQuFE
(Vídeo do YouTube)

Título: Kinect Disneyland Adventures
Plataforma: Xbox 360 (com Kinect)
Produção: Frontier Dev.
Lançamento: 15/11/2011 (Europa); 17/11/2011 (Brasil)
Preço: R$ 99 (sugerido)

A primeira coisa a se ter em mente ao analisar Disneyland Adventures é que estamos falando de um jogo destinado à família, principalmente os pequenos. O jogo pode ser dividido em duas partes, uma em que você explora o parque, interage com personagens e todas as suas atrações; e a outra onde você viaja pelos mundos encantados da Disney através de mini-games.

Explorando o parque

Esse é o modo de jogo no qual dá pra andar pelo parque, interagir com seus personagens favoritos e encontrar as atrações. Os gráficos não são impressionantes, mas também não deixam a desejar. Todas as construções parecem bem detalhadas, mas como nunca estive na Disneyland, não posso dizer o quão fiel ao lugar é a representação. Pra mim a experiência foi satisfatória.

Todas as “propriedades” da Disney foram incluídas no jogo e entre eles é possível interagir com personagens clássicos como Woody, Mickey ou Peter Pan. (Pode falar com o Capitão Gancho, se você for do contra.)

"Bem-vindo à Disneylândia, amiguinho!" (ele não diz isso, mas ok)

O modo exploração não consiste apenas em caminhar pelo parque. Alguns personagens estarão pedindo para que você faça favores o tempo todo, e isso ajuda a conhecer todas as áreas dali. Algumas dessas quests consistem simplesmente em caminhar de um personagem até o outro, levando recados, em outras você deve encontrar objetos espalhados ou coletar autógrafos para alguém. Nenhuma é realmente complexa ou difícil, e elas se tornam repetitivas depois de pouco tempo.

Os controles — como é estranho falar de controles em um jogo para Kinect! — para a movimentação nesse modo são pouco intuitivos: você deve manter um braço levantado para frente e seu personagem caminha para frente. Aponte para os lados e você fará curvas para seguir suas orientações. Muitas vezes acabei trombando com paredes por não conseguir me locomover direito pelo parque, mas não posso culpar o jogo pela minha falta de coordenação motora.

O sistema que te guia entre uma quest e outra às vezes se confunde, ou te manda passar por lugares de difícil navegação. Há como acessar o mapa pelo menu e se transportar instantaneamente para outras áreas do parque caso esteja muito distante do ponto que deseja visitar.

O jogo contém legendas em português, mas por algum motivo desconhecido algumas vezes elas simplesmente desapareciam. Se a pessoa que estiver jogando souber falar inglês ou for grande o bastante para acompanhar as legendas, não verá problemas nos diálogos e tutoriais do modo história, mas se for uma criança menor, talvez precise de um pouco de ajuda. No geral é divertido caminhar pelo parque, mas as atrações é que são o charme do jogo.

Em guarda!

Atrações e personagens

Enquanto o modo de exploração permite que você caminhe livremente pelo parque, observando as construções, paisagens e brinquedos, as atrações do parque consistem em diversas aventuras mágicas, divididas em mini games e desafios.

E são nessas aventuras é que fica a parte mais divertida de Kinect Disneyland Adventures. Após encontrar a entrada de uma atração no modo exploração, você será enviado para um universo de fantasia, onde viverá aventuras ao lado de algum personagem da Disney.

Nas atrações há uma grande variedade de atividades. Em dado momento você está voando ao lado de Sininho pelos céus de Londres, desviando de prédios e coletando moedas, para logo em seguida estar na Terra do Nunca, lutando junto a Peter Pan para derrotar o Capitão Gancho. Os mini-games são aventuras intuitivas e bastante divertidas: abrir os braços e voar com o Kinect se torna muito fácil e os gráficos realmente me impressionaram.

Em outra atração, você se verá esquiando em uma montanha, desviando de árvores e sendo atacado pelo abominável homem das neves até se envolver em uma batalha de bolas de neve para salvar a vida do Pateta. Tudo isso é apresentado ao jogador através de animações e diálogos. Novamente, apenas legendas em português, o que dificulta um pouco o entendimento para a criançada brasileira. Nada que atrapalhe o jogo de verdade, mas pode prejudicar parte da experiência.

A maior parte dos clássicos está presente em Kinect Disneyland Adventures, e há uma variedade gigantesca de mini-games envolvendo os personagens. Cada um do seu modo, com arte estilizada de acordo com a franquia. Até mesmo um passeio num pula-pula junto ao Tigrão fica bastante divertido. E acho o único meio de me voar amarrado a um balão deve ser acompanhado do Pooh.

"O bom é que tem menos fila que no original."

Kinect Disneyland Adventures é um jogo destinado a crianças. Para minhas primas (6 e 8 anos), a magia esteve mais presente do que nos momentos em que testei o jogo sozinho. Embora eu tenha apreciado o jogo da minha forma, elas se divertiram muito mais.

Veredito

Para os crescidos é uma boa opção para passar um tempo perto de seus filhos, sobrinhos ou primos mais novos, já que o jogo possui uma opção para jogar cooperativamente em duas pessoas. A quantidade absurda de mini-games, bônus para habilitar e a possibilidade de explorar um parque temático da Disney diferenciam Disneyland Adventures de outros títulos do Kinect. Mesmo sendo destinado a famílias — nada de modos de competição entre os jogadores —, consegue ser divertido o bastante para passar uns dias brincando.

Quem optar por jogar o game todo em inglês, terá como utilizar comandos de voz para navegar pelos menus do jogo. Infelizmente essa opção estará desabilitada para usuários que escolherem pelas legendas em PT-BR.

Conforme o Tecnoblog antecipou, Disneyland Kinect Adventures chega ao Brasil por R$ 99.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Giane Perri Maurício Grego
Boa análise, mas gostaria de saber onde consigo alterar a legenda para português....??? Obrigado
Ana Cristina Ventura
oi eu adorei o jogo só que estou com um problema sera que alguem pode me ajundar o comando manda eu mostrar a roupa de garoto perdido ao peter pan e eu não consigo realizar esta prova como que eu faço gente
Leonardo Amorim
gostei do jogo mais todo dia tendo salvar o jogo para começar a onde eu parei mais nao consigo alguem pode me ajudar?
Rafael
DÁ PRA ABRAÇAR A BRANCA DE NEVE E VOAR COM A SININHO QUERO 2 DESSES
Yangm
Como pode ser lançado um jogo infantil sem tradução para a língua nativa das crianças? Quando eu falo que o Brasil continua sendo o país do café ainda dão gargalhadas de mim.
Yangm
Você está me chamando de criança?
j2k
interessante... Crianças vão se deliciar nisso Espero que saiam jogos do tipo com outras temáticas, voltadas para "as crianças mais velhas" hehehe
Trevix
A culpa nem é tanto da MS, acho que cai mais em cima do estúdio responsável pelo jogo. Concordo que é mais essencial uma dublagem em português em um título infantil do que em títulos adultos, mas pela quantidade de diálogos no modo exploração e nas cutscenes dos mini-games eu desconfio que o trabalho de dublagem ficaria muito caro. :/
Pedro
Legal. Halo, com várias linhas de diálogo, tem dublagem para os marmanjos. Disneyland Adventures não. Que preguiça né MS?
Marshall
Concordo com o Sam. O Kinect Sports e o Dance Central que são, em tese, para crianças um pouco maiores, já vem dublados em português. Justamente o que mais deveria ser dublado não é.
@Eddiethedrummer
Fico imaginando como foi gravar esse "trailer/comercial", com toda essa alegria.
Guilherme
Exatamente como o(a) Sam disse, é uma pena não fazer a dublagem, o retorno para eles seria absurdamente maior, eu mesmo compraria pro meu sobrinho jogar, 99 reais não é nenhum absurdo pela diversao que a molecada teria, mas sem falar portugues nao vai dar =/ Quem sabe em um futuro proximo praticamente tds jogos venham em 100% pt-br
@rodrigorsena
Geralmente, crianças não gostam de ler coisas (ou tentar entender inglês) deveriam ter dublado o jogo! Mas eu, jovem crescido de 17 anos, eu jogaria sem nenhuma problema, nunca fui a disney, pelo menos posso dizer que já fui pra lá por outros métodos!
Sam
O jogo parece ser excelente para crianças, porém não dublar para o PT-BR o áudio do jogo afastará muitos potenciais compradores, como eu, que tenho um filho de 6 anos e ainda não sabe ler. Uma pena!