Início » Mobile Software » Como comprar apps no Android Market

Como comprar apps no Android Market

Em tempo de ofertas especiais, saiba como é o processo de compra de aplicativos e jogos na loja oficial do Google Android.

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Quem lê o Tecnoblog com frequência sabe que deu a louca no pessoal do Android Market. Diversos aplicativos estão à venda por preços surreais, inclusive para consumidores brasileiros. Uma festança em forma de bits e bytes para comemorar os 10 bilhões de download na loja de aplicativos da plataforma móvel mais utilizada nos dias de hoje.

Eu nunca tinha comprado nada no Android Market. Meu aparelho tem poucos apps, todos eles custando absolutamente nada para o meu pobre bolso. Aproveitei a recente oportunidade do Google e resolvi descobrir como é o processo de compra de aplicativos. Abaixo tem o detalhamento de como as coisas funcionam no mundo mágico do robô verde.

Android Market: opções por preços bastante em conta | Clique para ampliar

1. Primeiro de tudo, tive que entrar na página do Android Market. Creio que o mesmo processo aconteça no celular, mas eu preferi o conforto do monitor com 21 polegadas e um navegador completinho, com exibição das páginas no modo tradicional.

Android Market: Fruit Ninja, oba! | Clique para ampliar

2. Escolhi o jogo Fruit Ninja. Bem bacana no iPad, espero que seja bom também no smartphone. A tela a seguir informa o preço do produto, os privilégios que ele solicita e informa o preço em reais. É aqui que eu escolho em qual dispositivo desejo instalar o software: o meu TIM Sony Ericsson ST18i (Xperia Ray para os íntimos).

Dependendo do aparelho, o Google não libera o download nem instalação por motivos de incompatibilidade. Para tristeza de quem pretende comprar o app agora e instalar depois num aparelho recém-comprado.

Cartão de crédito entra aqui | Clique para ampliar

3. O passo seguinte já me pede as informações de cobrança. Entre as bandeiras aceitas estão Visa e Mastercard. Obviamente que os dados receberam um blur porque eu não quero ninguém usando o meu cartão de crédito para fazer a festa em loja de aplicativos. Por sinal, tem que concordar com os Termos de Serviço (claro que você os leu).

Integrado ao Google Wallet | Clique para ampliar

4. A tela acima permite revisar os dados antes de fazer a compra. Tem o nome do software, o preço em dólar e a opção de escolher qual cartão será usado para o pagamento. Como só tenho um cadastro no Google Checkout/Wallet, é ele mesmo que vai bancar os caríssimos dez centavos.

Processando | Clique para ampliar

5. Processamento do pedido. Agora o valor do jogo aparece em reais, devidamente convertido para a nossa moeda.

Aê! | Clique para ampliar

6. “Sua compra foi concluída.” Alegria, alegria. O Android Market imediatamente envia o software para o dispositivo, a fim de que o download seja feito.

Google agradece a sua preferência

7. Jogo instalado no celular com êxito.

É assim, de forma simples e prática que a loja de aplicativos do Android funciona. Para um marinheiro de primeira viagem como eu, nada a reclamar. Tudo funcionou dentro do que eu esperava.

Agora vou passar o resto da tarde jogando Fruit Ninja. Adeus.