Início » Celular » Motorola consegue liminar para impedir venda de gadgets iOS na Europa

Motorola consegue liminar para impedir venda de gadgets iOS na Europa

Avatar Por
8 anos atrás

Em abril a Motorola Mobility abriu um processo contra a Apple na Alemanha por (adivinhe só!) infração de patentes. Hoje, como parte desse processo, a corte alemã responsável por ele concedeu à Motorola uma liminar que não vai fazer muito bem à Apple. Segundo a liminar, a Motorola pode pedir a proibição de venda de todos os gadgets iOS que infringem a patente, o que inclui todos os modelos de iPhone e iPad com 3G atualmente vendidos.

Apesar da liminar já estar nas mãos da Motorola e a proibição das vendas já poder ser aplicada, a empresa ainda não decidiu se vai mesmo requisitar o banimento dos aparelhos na Europa ou não. Caso a Motorola decida aplicar a liminar e o resultado do processo seja à favor da Apple, ela deverá pagar uma multa de 134 milhões de dólares à empresa da maçã. E esse valor também foi decidido pela corte: a Apple queria que fossem 2,7 bilhões de dólares.

iPhone 4S: amazing, mas pode sumir da Europa

Como vários outros casos do tipo, a Motorola pede um enorme montante de indenização e a retirada das características que estão infringindo a patente ou o pagamento das licenças relacionadas à tais patentes. Elas estão relacionadas, aliás, à um método de transferência de dados via GPRS, pelo que entendi. Então por isso os iPods Touch e iPads com WiFi não estão incluídos na proibição.

O problema é que, apesar de ser uma tecnologia já defasada hoje em dia, o GPRS parece ser essencial para suportar outras tecnologias como o 3G e Edge. Mas eu posso estar errado, e nesse caso eu apreciaria muito uma correção nos comentários.

Com informações: 9to5mac.