Início » Gadgets » Presentes que a gente queria ganhar no Natal

Presentes que a gente queria ganhar no Natal

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Ah, o Natal. Tempo de reencontrar os familiares, preparar uma ceia farta e saborosa, passar um bom tempo jogando conversa fora e… Abrir os presentes, é claro! Imbuído do mais genuíno espírito capitalista natalino, eu dei uma incumbência para a adorada equipe que coloca o Tecnoblog no ar diariamente. A missão: que cada um contasse qual é aquele presente que ele gostaria de ganhar do Papai Noel.

Pedidos a la Miss Brasil, como paz no mundo e liberdade para os usuários da Apple (!), foram ignorados. Os presentes de verdade, aqueles que estão em alguma loja do mundo, você confere abaixo.

TV Samsung D7000VGXZD

Pedido do João Brunelli:

Quando assistir vídeos em alta definição pela web não é um sacrifício, por que perder tempo com as diminutas telas de smartphones, tablets ou notebooks? Papai Noel, meu velho, me mande uma TV Samsung D7000VGXZD com suas 60 polegadas de extravagância cromada LED 3D, monolito sagrado do entretenimento que desperta a admiração das mulheres e o respeito dos homens.

Digna representante da mais nova geração de aparelhos de TV, conta com perfumarias como capacidade de acessar a web, reproduzir conteúdo de sites e exibe vídeos 3D graças àqueles óculos de gosto duvidoso que ninguém realmente vai usar em casa. Mas nada disso importa diante de suas paquidérmicas proporções, que a tornam irresistível para qualquer entusiasta. Afinal, não existe televisão grande demais.

PlayStation Vita

Pedido do Leandro Alonso:

O PlayStation Vita está na minha lista de desejos por ser a mistura de iPhone com console portátil: tela de 5 polegadas touchscreen, sticks analógicos, giroscópio, acelerômetro, 3G, Bluetooth, Wi-Fi e principalmente a placa gráfica capaz de gerar os mais impressionantes gráficos em um aparelho portátil.

Apesar das constantes reclamações em torno da jogabilidade de alguns títulos a serem lançados, acredito que são erros que não serão repetidos pelas produtoras em lançamentos futuros e teremos uma experiência muito mais profunda e emocionante em títulos que ainda estão por vir. Além disso, quem não gostaria de carregar consigo no bolso versões de games consagrados do PlayStation 3 como Uncharted: The Golden Abyss, Little Big Planet, F1 2011, Killzone e Call of Duty? Some todas essas características com o suporte a troféus da PSN, alguns aplicativos para Facebook, Twitter etc. e temos um gadget que merece estar na lista do bom velhinho.

Samsung Galaxy Nexus

Pedido do Lucas Braga:

Recentemente o Google trouxe a melhor surpresa para o mundo do robô: o Galaxy Nexus. O primeiro telefone a carregar a quarta versão do Android possui uma gigantesca tela curva de 4,65 polegadas, com 720p de resolução. É meio grande, mas e daí? São 1.280×720 pixels na tela de um celular!

Com o processador dual-core de 1,2 GHz e 32 GB de armazenamento interno, o Galaxy Nexus é o Android que mais priorizou a multimídia, sendo capaz de rodar jogos com gráficos incríveis, filmar em Full HD com qualidade e utilizar a câmera frontal de 1,3 megapixel para bater papo no Hangout do Google+.

Ele ainda não está disponível no Brasil, mas isso é uma questão de tempo. De qualquer forma, Papai Noel, se você estiver passando pelos EUA e quiser me dar um de presente, aceito com muito prazer, e, como sou bonzinho, já indico onde encontrá-lo: na BestBuy ele está saindo a US$ 799 (sem contrato).

iPhone 4S

Pedido do Thiago Mobilon:

Querido Papai Noel, de Natal eu quero preciso (!) de um smartphone novo. Não posso dizer que fui um bom menino esse ano, já que derrubei Toddy no meu MacBook no último dia da Campus Party e há cerca de 3 meses caí na piscina com iPhone e tudo no bolso.

Como trabalho com o MacBook, fui obrigado a comprar outro imediatamente, mas ainda estou me virando como posso com o 3GS. Ele ainda funciona, mas o vibra call queimou, assim como falante onde se ouvem as ligações. Ou seja, só consigo atender chamadas usando o fone de ouvido ou o viva-voz (Nextel style!).

Costumo trocar meus aparelhos a cada dois anos ou mais, então está na hora de trocar mesmo. Mas confesso que fiquei um pouco frustrado com o 4S, especialmente agora que os preços foram divulgados

Eu sei que existem aparelhos sensacionais no mercado, mas a minha preferência (apesar de tudo) ainda é por um iOS. Estou considerando outros aparelhos (HTC Ultimate? Galaxy S2?), mas ainda tenho que ver se eles me atendem 100%. Logo, se tivesse que escolher um nesse momento, seria o iPhone 4S.

Nintendo 3DS

Pedido do Trevis Bonifácio:

Meu caso com o Nintendo DS foi amor à primeira vista e um dos melhores investimentos que fiz na vida. Eu passava o dia inteiro com ele. Esse ano já até mandei minha carta pro Papai Noel pedindo um 3DS.

O novo portátil foi lançado em março desse ano, trazendo poucos jogos interessantes e uma aposta muito pesada no seu inovador 3D sem óculos, na época não me interessei em simplesmente “fazer um upgrade” em meu DS Lite. A verdade é que mudei de ideia sobre ele após passar uns dias com um.

A principal feature do brinquedo é o poder de produzir imagens em 3D sem o auxílio de óculos especiais, mas se você se sentir incomodado, ter náuseas ou ficar vesgo, pode desligar o efeito 3D e aproveitar os jogos do mesmo jeito. Pra auxiliar em alguns jogos, ainda temos sensores de movimento e reconhecimento facial para alguns jogos. O portátil ainda conta com uma câmera 3D que, além de ser utilizada para jogar alguns games de realidade aumentada, permite tirar fotos e gravar vídeos. Papai Noel me deixaria muito feliz se me desse um 3DS.

Samsung Galaxy Note

Pedido do Paulo Graveheart:

Do Papai Noel eu quero Samsung Galaxy Note, porque ele é tudo o que alguém como eu, que tem um celular mas não gosta de falar ao telefone, quer em um smartphone. Tela grande, ótimo para acessar a internet e responder emails, e diversas outras tarefas que em uma tela pequena se tornam incômodas. Embora o tamanho do aparelho assuste um pouco no começo, ele é o híbrido exato entre smartphone e tablet, atendendo exatamente o público que quer ter todas as vantagens de um tabler, mas não pretende andar com um aparelho gigante na rua.

Viagem espacial

Pedido do Rafael Silva:

Enquanto a maioria dos meus colegas escolhe um gadget como presente de natal, eu não acho que há um eletrônico que me faça dizer “preciso disso agora pra facilitar tal aspecto da minha vida” ou algo parecido. Mas de uma certa maneira, vou acabar sendo um pouco mais ambicioso do que qualquer um deles. No lugar de um gadget, prefiro ganhar uma viagem de ida e volta ao espaço. Existem várias empresas planejando oferecer esse serviço já no ano que vem, como a XCOR e Virgin Galactic. Infelizmente, o preço da passagem é o que ainda deixa esse item na minha lista de sonhos inalcançáveis: varia de 95 mil a 200 mil dólares. Ouch.

Xbox 360 com Kinect

Pedido do Thássius Veloso:

Ah, eu quero do Papai Noel um Xbox 360. Se o velhote puder trazer também o Kinect, o acessório para capturar movimentos da Microsoft, tanto melhor. A combinação perfeita para games está na minha lista de desejos desde o início do ano. Faz tempo que eu não ganho um console atual, então já passou da hora do Papai Noel comparecer com um bom presente.

Por que Xbox mais Kinect? Porque dá para tirar proveito do controle tradicional do videogame, sem abrir mão das novas tecnologias que estão por vir nessa seara. Se bobear, até me meto a desenvolver novas aplicações para computador utilizando o Kinect. O SDK está aí para isso…

Feito no Brasil e com preços fenomenais, então, não tem desculpa para o Noel deixar de me dar um desses. Fica o aviso: se o sr. não aparecer com uma caixa da Microsoft no dia 25, nem adianta insistir – não vai ganhar rabanada.

Gaming Keyboard da Razer: Star Wars Knights of the Old Republic

Pedido do Gus Fune:

Pra esse Natal eu quero ganhar o teclado Razer Star Wars Knights of the Old Republic. Vi essa belezinha em junho na E3 e me apaixonei pela ideia de ter um teclado com teclas macros 100% customizáveis e claro, é de Star Wars e não tem como não amar isso. Diferente dos teclados de gaming que existem hoje, esse vem com 10 botões que mudam a aparência, graças a uma pequena tela de LCD dentro da tecla. Eu provavelmente configuraria o meu para ficar uma cor chapada e parecer um console de uma nave vinda de Guerra nas Estrelas. Fora isso, é um produto com um design bonitão, lembra uma X-Wing e as teclas são bem macias de apertar (sim, eu testei). O único lado ruim é o preço salgado (US$ 249,99).

BookBook

Pedido do San Picciarelli:

Hoe hoe hoe! Minha recomendação de compras para esse final de ano – quem sabe o bom velhinho não está ouvindo… – é um produto bem bacana chamado BookBook para quem usa iPad e iPhone. Quem os fabrica é a TwelveSouth, uma empresa pequena da Carolina do Sul (EUA).

O conceito é ao mesmo tempo simples e também extremamente agradável aos olhos: uma nova capa (ou case) para iPads e iPhones que se parece com um livro daqueles deliciosamente batidos e velhos — coisa rara hoje.

Tanto o BookBook para iPad quanto para iPhone são feitos artesanalmente à mão e trabalhados totalmente em couro. Ou seja, não existem dois cases iguais. Ah, tem para MacBook também e os outros produtos da casa não são de se jogar fora também. Pelo contrário.