Início » Brasil » Oi Velox popular chega mais barato a Minas Gerais

Oi Velox popular chega mais barato a Minas Gerais

Operadora anuncia banda larga popular por R$ 29,90 em 37 cidades de Minas

Por
7 anos e meio atrás

Aos poucos a internet mais em conta vai tomando forma neste país. Hoje a Oi informa que o Oi Velox seguindo as determinações do Plano Nacional de Banda Larga chega a mais 150 cidades de diversos estados. O destaque vai para Minas Gerais, onde o governo estadual concedeu isenção de ICMS no serviço de telecomunicações para o consumidor com menos recursos porém interessado em ter uma conexão para ler o Tecnoblog diariamente (aham).

Nos municípios com disponibilidade de Oi Velox popular a conexão de 1 Mbps custa a quantia de R$ 35 por mês. Considerando o salário mínimo de R$ 622 garantido pelo governo federal a partir de janeiro, o custo da conexão fica em 5,6% do salário mínimo. Em Minas Gerais, onde o ICMS foi zerado, o preço da conexão cai para R$ 29,90 por mês.

As seguintes cidades recebem a banda larga popular da Oi:

“Bom Repouso; Bugre; Cana Verde; Capela Nova; Casa Grande; Chácara; Conceição da Barra de Minas; Cordislândia; Córrego do Bom Jesus; Divisa Nova; Espírito Santo do Dourado; Funilândia; Guarará; Inconfidentes; Itinga; Itueta; Jampruca; Maripá de Minas; Marmelópolis; Minduri; Natércia; Passa-Vinte; Pedra do Anta; Pedro Teixeira; Piedade dos Gerais; Piranguçu; Porto Firme; Rio Manso; Rochedo de Minas; Santa Cruz do Escalvado; Santo Hipólito; São Gonçalo do Rio Abaixo; São Miguel do Anta; Simão Pereira; Tabuleiro; Tumiritinga e Vargem Alegre.”

Como você poderia prever, a lista foi fornecida pela Oi e o Tecnoblog não tem qualquer responsabilidade sobre as informações.

A Oi informou ao Tecnoblog que o preço contempla o uso do modem em regime de comodado. Isso significa que ele fica à disposição do cliente enquanto estiver usando o serviço, mas caso haja cancelamento deve ser devolvido para a operadora.

Importante esclarecer também que a banda larga popular do Oi Velox pelos preços mencionados acima não depende de assinatura do serviço de telefonia fixa. Segundo a Oi, a taxa da linha fixa é cobrada separadamente apenas se o consumidor assim quiser, mas ele ou ela pode contratar apenas o Velox.

A Oi é a operadora que requisitou à Anatel que acabe com as metas para qualidade da banda larga móvel na semana passada. O assunto está em aberto para consulta pública. Depois o conselho diretor da agência se reúne para decidir o que fazer frente ao requerimento. A operadora sustenta que a Anatel não deve ser o órgão responsável por avaliar a qualidade média da conexão.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.