Início » Negócios » Samsung não tem menor interesse em comprar a RIM

Samsung não tem menor interesse em comprar a RIM

Por
7 anos e meio atrás

No meio corporativo muito se discute sobre o futuro da RIM como empresa. Os aparelhos BlackBerry ajudaram a popularizar os celulares para uso de executivos e similares, mas vêm perdendo apelo junto ao público consumidor conforme as pessoas percebem que um aparelho serve tanto para usar no trabalho como para usar em casa. Com os smartphones supercompletos veio a pá de cal que tenta sufocar a Research in Motion nesse mercado.

E qual a solução para o problema? Vender a companhia. Ao menos é isso o que afirmam fontes do site Boy Genius Report. O ideal, pelas fontes do site, seria a RIM licenciar o software que produz para outras empresas. Mas sabe como é, a opção de vender divisões inteiras ou mesmo a companhia como um todo está em aberto.

Salve-o quem puder

Tem uma gigante dos eletrônicos que avisou não ter o menor interesse na fabricante canadense. Em nota à agência de notícias Reuters o pessoal da Samsung disse que não se interessa por comprar a RIM para que eles mesmos toquem o negócio. Um porta-voz da Samsung disse que a RIM não tentou nenhum tipo de aproximação e a fabricante coreana também não se interessa por licenciar o software da RIM.

O Boy Genius Report aponta o BlackBerry como um dos principais ativos da RIM. Com ele, usuários do mundo inteiro se comunicam para fins profissionais.

Atualmente dá para ver que a Samsung aposta fortemente no Android, lançando diversos dispositivos com o sistema do Google. Para completar eles têm o Bada, plataforma que eu só vi até hoje em aparelhos mais simples.

Qual será o destino da RIM? A fabricante que já foi sinônimo de celular para empresas perde força ano após ano, trimestre após trimestre.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.