Início » Gadgets » HP libera kernel do Touchpad otimizado para Android

HP libera kernel do Touchpad otimizado para Android

Avatar Por

Em agosto do ano passado um protótipo do tablet HP Touchpad com o sistema operacional Android foi vendido a um consumidor norte-americano. Originalmente equipado com o WebOS, o tablet com Android nunca teve sua originalidade reconhecida pela sua então empresa mãe. Mas esta semana a HP liberou uma versão do kernel do Touchpad otimizada, olha só, para o Android.

Destinada apenas a desenvolvedores (o pessoal do CyanogenMod), o kernel é "uma versão bem inicial" do sistema, que ainda carece de suporte a certas funcionalidades como WiFi, por exemplo. De acordo com uma análise feita pelo site RootzWiki, o lançamento de um tablet poderia estar nos planos da HP mesmo antes da compra da Palm e da consequente aquisição do WebOS.

O site diz o seguinte:

"O mais interessante sobre este kernel é que ele parece ter um desenvolvimento independento do kernel do WebOS (como era suspeito desde o início). Mas agora os códigos mostram que a HP deveria ter uma equipe destinada a portar o Android no Touchpad, trabalhando de maneira independente do time do WebOS."

Mistérios à parte, agora o kernel que nunca existiu poderá fazer com que versões mais recentes da plataforma do robozinho sejam otimizadas para o natimorto tablet da HP. Atualmente o CyanogenMod já conta com uma versão do Android destinada ao Touchpad, desenvolvida a partir de um kernel genérico.

Com informações: Android Central.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

rogerioaugusto
oi tudo bom eu tenho um tablet HP touch pad e gostaria instalar o sistema androide nele VCs poderiam me ajudar obrigado pela atencao
Ramon Melo
Cara, praticamente todos os projetos open source guiados por empresas privadas (Open Office, Ubuntu, Fedora, Chrome, etc) são assim. A Novell e a Oracle faturam milhões e milhões de dólares compilando o código desenvolvido pela comunidade, jogando uma interface bonita por cima e vendendo como software proprietário. Eu sei como é porque esse foi um dos principais motivos pelo qual eu comprei um Galaxy: o app de vídeo já vem com todos os codecs embutidos e configurados, reconhece legendas com acentos e até permite ressincronização dentro do próprio app. Mas essa foi a forma como a Samsung fez, outras empresas lidaram de outra forma e se saíram muito bem. A Archos (uma espécie de Semp ou CCE francesa), por exemplo, lançou os tablets da linha G9 usando a interface padrão do Honeycomb (sem nenhuma skin) e colocou um app de vídeo tão funcional quanto o do TouchWiz. Ficou "feio", mas é um produto totalmente completo e, o melhor de tudo, sem nenhum bloatware (além dos apps de vídeo e música, que são ótimos). Dei uma volta imensa, mas o que eu quis dizer é que é possível produzir um software de qualidade dessa forma. Só não é feito porque as fabricantes se acham mais donas dos aparelhos do que os próprios consumidores.
Gabriel
Não achei que existisse um modelo em que a comunidade desenvolve e a empresa apenas homologa e distribui. Qual software é desenvolvido assim? Só não quero que as empresas tornem o Android decente algo para usuários avançados porque, por mais que não gostemos, as versões personalizadas são muito mais completas...assistir filmes em um Samsung é bem mais fácil que nos Androids sem TouchWiz.
Ramon Melo
Fala sério, essas ROMs oficiais são lerdas, esteticamente poluídas e consomem bateria como se não houvesse amanhã, além de custar milhões de dólares mensais para serem desenvolvidas. Seria mais fácil, mais prático e mais barato terceirizar o desenvolvimento das ROMs para alguma equipe dessas e manter in-house somente o essencial: drivers, apps específicos e coisas do tipo. De tempos em tempos, a fabricante pega uma versão estável, compila, homologa e manda para os consumidores. Não é algo impossível de ser feito, há até bastantes exemplos na comunidade open source. Só não é feito com os celulares e tablets porque as fabricantes se acham donas dos aparelhos e dos usuários.
Gabriel
Concordo que elas devam liberar os drivers e auxiliar os developers, como a Sony faz (ou diz fazer), mas não deixar de desenvolver o próprio software. Eles têm obrigação de oferecer suporte oficial ao produto deles, pois o usuário leigo não é obrigado a ficar instalando ROMs personalizadas, até porque se perde alguns recursos nativos das customizações desenvolvidas pelas grandes empresas como Motorola e Samsung.
Ramon Melo
Francamente, já não era sem tempo. Se eu fosse uma dessas fabricantes de celulares e tablets, iria jogar todo o desenvolvimento nas mãos de algum time independente como o Cyanogen e focar apenas na produção de hardware.
@brunogdb
Acho bem capaz da Dell, HP, entre outras já terem planos para isto.
@AntonioVeras
Esperta nada essa HP. Querendo economizar uns trocados com o desenvolvimento do SO.
Gaba
Gostaria de ver um tablet da HP com Windows 8 futuramente!!!
Yangm
Por essa eu não esperava.