Início » Brasil Mobile » Asha 200 por R$ 349,00 nas lojas da Nokia

Asha 200 por R$ 349,00 nas lojas da Nokia

Celular permite adicionar perfis para até 5 SIM Cards.

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Celular simples por preço mais em conta. A Nokia anuncia a chegada do aparelho Asha 200 ao mercado brasileiro pelo valor reduzido de R$ 349,00 em em lojas e quiosques da marca, bem como na loja online que mantém. Entre os predicados do Asha 200 está a troca rápida de cartão SIM. Um deles fica atrás da bateria, enquanto o outro permanece na lateral do aparelho para trocar a qualquer instante.

Até 5 cartões SIM podem ser armazenados no perfil.

Asha 200: pesa 105g

O Asha 200 possui visor de 2,4″ sem sensibilidade ao toque dos dedos com resolução de 320×240 pixels. Abaixo dele há teclado físico do tipo QWERTY, para atender a necessidade de quem manda muita mensagem de texto (o famoso SMS) ou email para os contatos. Tem peso reduzido de 105g e nada mais.

Para dar vida ao aparelho há o sistema S40, ainda muito usado pela Nokia nos celulares mais baratos — eles reservam o Symbian/Nokia Belle para produtos mais completos. Entre os recursos oferecidos pelo S40 está o acesso rápido a redes sociais (Twitter e Facebook) para postagem de novidades e acompanhar o que os amigos publicam.

Esse é o segundo aparelho da linha Asha que chega ao país. O primeiro foi o Asha 303 apresenta no fim de janeiro.

O navegador Nokia Browser faz parte do sistema e garante a compressão das páginas por meio de processamento prévio feito nos servidores da fabricante — mais ou menos o que a Opera Software oferece com o Opera Mini para celulares.

A Nokia diz que o pacote do Asha 200 inclui cartão de memória de 2 GB, com suporte a até 32 GB caso o consumidor queira mais espaço para salvar fotos (feitas com câmera humilde de 2 megapixels).

Trata-se de um celular mais humilde. Eu brinquei com um Asha 200 durante o Nokia World e pude perceber a fragilidade do material no qual ele é construído. O preço lá fora estava sugerido na casa de 80 euros, o que dá aproximadamente R$ 180. Bem menos do que os R$ 349 que a companhia anunciou para o aparelho vendido no Brasil. Ele faz parte do projeto da Nokia para atender o próximo bilhão de usuários de telefonia celular, como ressaltou o CEO da empresa, Stephen Elop, em visita ao Brasil.

Ah, não tem 3G. Só GPRS e EDGE.

Está em produção na unidade fabril da Nokia em Manaus, no Amazonas.

Mais sobre: , ,