Início » Ciência » Prisões virtuais para os rebeldes da Skynet

Prisões virtuais para os rebeldes da Skynet

Cientista propõe a criação de prisões para unidades de inteligência artificial

Por
7 anos e meio atrás

'Puliça' do futuro, para não-humanos | [email protected]

Se tivermos a sorte (ou o azar) de perseguirmos um futuro antecipado por muitas obras-primas do cinema, certamente parte dos problemas que devem vir no pacote poderá ser resolvida com soluções que já estão em nosso imaginário.

Nesse caso, as profecias estariam bem registradas em multiversos cinematográficos que já resultaram em ameaças como o Tron, o Hal 9000, a Matrix e a famigerada Skynet. Basta guardar a sete chaves um DVD de cada filme e você estará a salvo.

Roman Yampolskiy é um cientista da computação pela Universidade de Louisville (Kentucky/EUA) que aparentemente está um pouco mais preocupado com evoluções futuras de I.A. que se tornarão conscientes. Ou talvez ele só esteja precisando sair um pouco mais…

Um dos seus projetos envolve melhor discutir e criar prisões virtuais para “entidades” de inteligência virtual que, por alguma razão, partiram para o lado do crime ou se comportaram mal.

Yampolskiy teme que um cenário típico da Skynet, onde programas autônomos e unidades inteligentes circulam livremente entre todos os nossos sistemas, possam nos conduzir a uma espécie de apocalipse tecnológico. Hello, Morpheus?

Parte do seu argumento procura embasar discussões em prol da criação de um novo setor da ciber-segurança que seja capaz de conter a mais inteligente das I.As. Yampolskiy prevê que formas mais sofisiticadas de inteligência desejarão se libertar e poderão causar problemas graves para suas contra-partes humanas: nós. E continua:

“Inteligências Artificiais como essas poderiam descobrir novos caminhos para atacar e explorar, lançando sofisticados ataques de engenharia social e até controlando e reutilizando hardwares existentes de modo imprevisível. (…) Tais entidades não seriam limitadas apenas por típicas infecções de vírus em computadores e redes, mais também poderiam atacar a psique humana, subornar, chantagear ou fazer uma lavagem cerebral em quaisquer pessoas que entrem em contato com elas” — Wow!

Ironias, opiniões e exageros à parte, para quem não sabe, o Ministério da Defesa do Reino Unido possui 5 gerações de redes de satélites militares — a primeira, a SN Philco Ford, lançada em novembro de 1969 – chamadas de Skynet 1 a 5.

A Skynet da vossa Majestade oferece comunicação estratégica para as forças armadas britânicas e ações de inteligência conjugadas com as forças de coalisão da OTAN.

Just saying… 😉

Com informações: Live Science

Mais sobre: , , , ,