Originalmente agendado para ontem, o Firefox 11 foi disponibilizado apenas hoje pela Mozilla, por meio de atualização e de download direto. O motivo do atraso foi a coincidência do dia com a conhecida Patch Tuesday, em que a Microsoft libera as atualizações de segurança para seus produtos (uma delas citarei em um post a seguir). Como a Mozilla já teve problemas no passado ao lançar o Firefox no mesmo dia de uma Patch Tuesday, a empresa decidiu adiar.

O Firefox 11 chega com poucas novidades, além das já esperadas melhorias de performance e gerenciamento de memória. Um dos (poucos) itens que vale a pena destacar é a capacidade de sincronizar extensões. O Firefox já tinha há algumas versões a opção de sincronizar favoritos, histórico, senha e outros itens, mas é a primeira vez que usuários do navegador vão poder sincronizar extensões entre aparelhos.

E não é só no Firefox para desktop. Também é possível sincronizar nos aparelhos rodando Android com a nova versão instalada. Ela está desativada por padrão mas basta marcar a caixa de sincronizar complementos nas opções que tudo se resolve.

Sim, o Chrome já tinha isso há algum tempo, o Firefox ainda não é o mais rápido para abrir páginas assim como o Chrome e dificilmente vai conseguir angariar mais usuários com pequenas novidades como essas. Mas não consigo abandonar o navegador da Mozilla, que uso desde as primeiras versões. É um caso mais sentimental do que de performance. 😛

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

caRIOca
Não podemos mais "mas" corrigir aqueles que não tiveram "tiverão" coragem "corajem" ou falta de oportunidade de estudar, preguiça "preguisa" ou sei lá o que! Talvez haja falta de educação em corrigir, mas "mais" as vezes fica cansativo o tempo todo ler palavras simples, escritas de uma forma tão errada. Fazendo agora o download do Firefox 11!
John
Eu era usuário assíduo do Firefox, mas abandonei porquê estava muito pesado. Tenho um excelente computador, mas o Firefox simplesmente não sabe gerenciar os recursos disponíveis. O Chrome é muito mais rápido na navegação e execução do programa. Pena que não tem a mesma possibilidade de personalização como o Firefox...
@LBKatan
Acho que tem um hype bem grande em odiar o firefox. Um monte de gente fala de coisas que não acontecem há uns bons tempos. Falar "parei de usar por causa disso", quando você parou de usar há dois anos, não deve ser usado como "o firefox é uma merda por causa disso, disso e disso". É só uma ideia que eu tenho...
@LBKatan
Deixa eu ver se entendi: você é contra atualizações, as novas versões têm de ser construídas do zero, ou quase, acertei? Se acertei, acho que você não entende muito bem de desenvolvimento, programas ou mesmo de informática. Se errei, acho quase a mesma coisa.
@LBKatan
O mais legal desse comentário foi rir com os "grammar nazis" se atacando e errando também. lol
Cronos
Fer - Você é professor de portugues?! Você que é um ser humano também erra, homem tolo. Você não é melhor e nem pior do que ninguem. :/
Turdin
Chrome mais Firefox = Complicado! haeuheauhaeuhu
Rennan Alves
Tecnologia antiga não é sinônimo de ineficiência. Muitos dos conceitos abordados hoje têm suas raízes nas tecnologias utilizadas a centenas de anos (sejam de boa ou má qualidade), a própria Web 2.0 que você citou é prova disto. Não há necessidade de "reinventar a roda" para o Firefox (ou, quem sabe, qualquer outro navegador), apenas algumas otimizações e mudanças no código são necessários para acompanhar o ciclo tecnológico mundial(HTMLx, CSSx, entre outros) e corrigir algumas deficiências.
Bruno Guerreiro
Esse não é um comentário muito certo. Quem acompanha as listas de discussões dos devs, sabe que a engine Gecko vem sendo atualizada constantemente, a última versão lançada ano passado recebeu vários updates. Dizer que o Firefox ainda tem código do Netscape (no contexto que você usou), é um tanto absurdo. Até porque, o Chrome, também NÃO utiliza um engine novo. O webkit já tem, no mínimo, uma década nas costas.
@trovalds
Obrigado, fico com o Chrome mesmo. Adianta nada lançarem versões a torto e a direito tentando "acompanhar a concorrência" se eles no final das contas só costuram um retalho aqui e ali em código antigo. O Chrome quando foi lançado era extremamente limitado mas focado em desempenho. As melhorias vieram depois. Quem apostou nele (como eu) está extremamente satisfeito agora. Firefox tem "entranhas antigas" herdadas do Gecko que era usado no extinto Netscape. Mesma coisa com IE, engine antiga, costuram um retalho aqui e ali e solta versão. Enquanto não desenvolverem o FF "from scratch" (ou quase) vai ser a mesma coisa de sempre: por fora, um acabamento lindo. Por dentro, tecnologia de 10 anos atrás onde se malemá pensava em "web 2.0".
@trovalds
Eletista... ai "meus oio".
jrk
Estou usando desde ontem, por enquanto sem problemas. :)
Fabio
-Mais- o que é isso? kkkkkk
@AntonioVeras
Firefox Ever.
Alex
Eu só uso as versões betas, a versão 11 ficou boa mesmo. Agora to com a 12 :)
Exibir mais comentários