Início » Computador » Nova técnica permite produção de HDs de até 60 TB

Nova técnica permite produção de HDs de até 60 TB

Paulo Higa Por
8 anos atrás

A Seagate anunciou ontem a utilização de uma técnica de fabricação de discos rígidos que poderá possibilitar a produção de drives com capacidades de até 60 TB. A tecnologia é chamada de HAMR (Heat-assisted magnetic recording) e utiliza feixes de laser para ampliar a capacidade máxima de gravação do disco.

Atualmente existem no mercado HDs de 3,5 polegadas com até 4 TB de espaço, como o Seagate GoFlex Desk. Fazendo as contas, dá uma densidade de 625 gigabits de dados por polegada quadrada. De acordo com alguns especialistas da área, com a atual técnica de gravação perpendicular não será possível ultrapassar a barreira mágica de 1 terabit. Triste, né?

Comparação entre gravação perpendicular e HAMR

Para não deixar o mercado estagnado, a Seagate demonstrou uma nova técnica que permitiu a inclusão de 1 terabit de dados em uma polegada quadrada. Michael Hall, gerente de comunicações corporativas da Seagate, afirmou que esse número de bits é maior que o número de estrelas na Via Láctea (estimado entre 200 e 400 bilhões).

Na técnica, a agulha de gravação é acompanhada por um laser que esquenta uma região microscópica de maneira controlada e permite que uma maior quantidade de dados seja gravada do que se estivesse em uma temperatura normal. Logo na primeira geração seria possível produzir discos com capacidade de 6 TB. Em 10 anos essa capacidade pode chegar a 60 TB. Nada mal, dá para guardar várias distribuições Linux e vídeos de Blender.

Acho que vai demorar um pouco para SSDs serem utilizados para armazenar grandes arquivos.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: , ,