Início » Internet » Política de privacidade do Facebook: sem “privacidade”

Política de privacidade do Facebook: sem “privacidade”

Avatar Por

Você provavelmente não sabia mas na quinta-feira passada (15) o Facebook publicou uma possível mudança nos termos envolvendo a privacidade dos seus usuários. As mudanças foram colocadas no ar para que os membros da rede social opinassem sobre elas, dizendo se gostaram ou não e dando sugestões. A principal delas, e que desencadeou uma polêmica discussão, está no nome: os termos não são mais chamados de “Política de privacidade” e sim “Política de uso de dados”.

Outra das mudanças mais polêmicas foi o fato de que, a partir da data em que a nova política for efetivada, os seus dados poderão ser acessados por aplicativos mesmo que você não se conecte a ele. Se um amigo seu tem autorização para ver os seus dados e se conectar a um aplicativo no Facebook, os seus dados que o amigo tem acesso serão compartilhados com o app, queira você ou não.

Ainda nos novos termos estão novas sessões que dizem respeito aos programas disponibilizados pelo Facebook (como o Facebook Messenger para Windows) e a parte onde ele se referia aos perfis foram alteradas para “Timeline”. Já os serviços que a rede social descontinuou, como o Facebook Deals, foram retirados da proposta.

A proposta de mudança dos termos estava aceitando comentários até ontem, mas ainda não tem uma data para entrar em efeito. Segundo o que aponta a CNN, a versão alemã da proposta é a que recebeu mais comentários contrários à ela, com mais de 36 mil pessoas comentando “Ich lehne die Änderugen ab” que pode ser traduzido para “eu não aceito as mudanças”. A versão em português da proposta, disponível aqui, teve por volta de 50 comentários até a publicação desse post.

O que isso indica? O Facebook parece estar mais interessado em tratar os seus dados do que a privacidade dos seus membros, já que os controles continuam confusos e numerosos. Se isso é bom ou ruim, não arrisco dizer ainda. O Facebook tem cometido vários erros no passado, mas aprendeu com vários deles. Então dou o benefício da dúvida.

Mas você pode ver por si mesmo todas as alterações planejadas nesse arquivo em PDF (em vermelho, sublinhado) em inglês.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@LBKatan
Deixando as teorias conspiracionistas de lado, a única coisa chata dessa alteração é essa questão de qualquer app tendo ACESSO aos seus dados, o que gera uma receita maior para o FB. Isso aí eu acredito que deveria ser alterado. Mas eu ri com uma parte em CAPSLOCK onde tem um "termo de defesa" por causa do medo das ações contra a "pirataria", onde eles poderiam ser responsabilizados pelas coisas que os usuários postam. =D
@LBKatan
É tão necessário assim ver aquela mina e suas fotos alternativas? Arruma alguém que te passe sem precisar do FB, sei lá. =)
@LBKatan
Item 2.3.
@LBKatan
Ou, como já disseram a décadas atrás, "O que acontece no Facebook, fica no Facebook. Permanentemente. Eu acho."
gokernel
Para apagar uma conta nao eh tao facil assim nao: Este é o aviso que o FACEBOOK exibe: ------------------------------------------------------------------------------------------------- Excluir conta permanentemente Sua conta foi desativada pelo site e será excluída permanentemente no prazo de 14 dias. Se você entrar na sua conta dentro dos próximos 14 dias, você terá a opção de cancelar o seu pedido. -------------------------------------------------------------------------------------------------
Raph4
Se ficar o bicho pega, se correr o Google come!
gokernel
E alguem sabe como apagar geral uma conta e não deixar nenhum vestígio ??? Eu nao uso aquela porcaria mesmo, e quero entao apagar geral.
Yangm
Myspace, hoje eu vou passar a usar você...
@AntonioVeras
Para todo mundo ver, inclusive quem não deveria.
ricardo
Os anunciantes são os reais "consumidores" do Facebook, porque é deles que vem o lucro do serviço, como ocorre com qualquer empresa que viva de publicidade. Então, usuários do Facebook, saibam que vocês e seus dados pessoais nada são senão o "produto" que a empresa "vende" a seus anunciantes.
Tio Z
Ela fica como está na foto, entendes? =p
Tio Z
Vale lembrar que os dados não fazem "puff". Só lembrar das fotos que ainda se encontram nos servidores do Facebook mesmo anos após serem deletadas. Como já disse o sábio: o que vai pra internet não some nunca.
Tio Z
Sei lá, do jeito que reclamam de como a Google tem agora a política única de privacidade, iriam reclamar do mesmo jeito.
Forbidden_404
pqp já já fico só no Google Plus.
Tiago Gabriel
Valeu pela dica, essa eu vou guardar!
Exibir mais comentários