Início » Demais assuntos » Como melhorar a indexação de um blog em WordPress

Como melhorar a indexação de um blog em WordPress

Thiago Mobilon Por

Ultimamente tenho visto o pessoal se interessar bastante em aplicar técnicas de SEO no Wordpres. Não estou falando de escrever sobre a Cicarelli ou sobre as capas da Playboy, mas sim da preocupação em manter uma conduta que esteja de acordo com as Diretizes do Webmaster daquele que tudo (co)manda.

Podemos dizer que o WordPress é um CMS bastante amigável para os sistemas de busca, isso se estivermos falando sobre a facilidade na implementação de urls amigáveis, títulos específicos, atributo nofollow nos comentários, etc.
Por outro lado, por permitir a implementação de uma quantidade enorme de recursos, o sistema acaba gerando também dezenas de páginas com conteúdo duplicado, o que deixa o blogueiro a mercê de uma punição por parde dos sistemas de busca, principalmente do Google.
O Bruno escreveu algumas dicas ótimas no Seo-Brasil que merecem toda a atenção de quem trabalha com Worpress. Da mesma forma, disponibilizarei abaixo algumas dicas e materiais nos quais estou sempre trabalhando em cima e aperfeiçoando.

  • Cuidado com as páginas duplicadas!

Você utiliza algum plugin de tags para o seu blog? E quanto ao conhecido calendário na sidebar!?

Apesar de indexar muito bem de início, estes são dois dos maiores vilões do duplicamento de páginas no WordPress.

Veja só, cada matéria poder ser encontrada em várias seções do seu blog (além é claro de sua "Single Page"):

  1. Listagem na homepage
  2. Listagem das categorias
  3. Listagem das tags
  4. Listagem por ano, mês e dia que ela foi postada

Nos dois primeiros casos, o risco de conteúdo duplicado é inibido, já que a matéria estará sendo exibida em meio a muitas outras. Essa "aglomeração de conteúdo", pode não ser tão relevante em uma busca, mas também não é caso para punição, já que a página como um todo pode ser considerada original.

No caso das tags, a coisa começa a ficar um pouco mais séria. Agora, além da semelhança da listagem da tag "A" em relação à categoria "A", lidamos com o problema do uso de tags muito específicas, que às vezes chegam a ser únicas, inclusive. Se considerarmos que haverá apenas um post em seu blog com a tag "Saddam morreu", a listagem desta tag poderá ser muito semelhante à página da própria matéria, caracterizando assim conteúdo duplicado.

Já no último caso, quando listamos as matérias por mês e ano, temos algo tão neutro quanto no primeiro caso. Agora na listagem por dia, caímos na mesma armadilha das "Tags únicas". Vamos supor que você escreva uma matéria por dia, agora acesse a Single Page dessa matéria e, em outra aba, carregue a página da data em que ela foi enviada (se você não usa o tal calendário na sidebar, o endereço deve ser algo do tipo http://endereço.blog/archives/aaaa/mm/dd/).

  • robots.txt

A primeira forma de evitar a indexação deste conteúdo, é adicionando algumas linhas no seu arquivo robots.txt, que no meu caso, está da seguinte forma:

User-agent: *
Disallow: /tag/
Disallow: /*?
Disallow: /wp-admin/
Disallow: /wp-includes/
Disallow: /trackback/
Disallow: /feed/
Disallow: /wp-content/

Se você não sabe como fazer isso, basta copiar o código que citei acima, colar no bloco de notas, salvar o arquivo com o nome robots.txt e enviá-lo para a raíz do seu domínio/subdomínio. Se o seu blog fica em um subdiretório como "endereco.do/blog/", basta inserir o diretório "/nome" antes de cada linha do Disallow.

  • Plugin de SEO para WordPress

Outra forma de impedir a indexação de conteúdo duplicado, é utilizando uma meta tag em HTML no cabeçalho da página. Lá é possível dizer de forma dinâmica aos robôs, quais páginas devem ou não ser indexadas. Esta precisão é muito boa dentro do WordPress, já que o mesmo fornece várias funções para se criar sentenças em PHP.

Para fazer isso e outras coisas, fiz uma adaptação no plugin marketingop.us SEO, que na minha opinião foi mal escrito. O plugin original insere uma quantidade enorme de meta tags desnecessárias, sem contar as falhas no PHP.

Clique aqui para baixar o plugin melhorado

Depois de baixar, descompacte o plugin, envie-o para a pasta de plugins do WordPress e ative-o. Agora acesse o arquivo header.php do seu template, apague tudo o que estiver entre as tags <title></title>, no lugar chame a função: <?php seo_title(); ?>. Adicione também a função <?php seo_meta(); ?> após as tags de título.

Este plugin irá otimizar os títulos do seu blog, e as meta tags. Ele também irá fazer com que os robôs não indexem as páginas citadas acima, e mais algumas outras desnecessárias, diminuindo assim as chances de seu blog receber uma punição por duplicação de páginas.
Em alguns casos é interessante dar uma olhadinha se já há meta tags em seu template e removê-las, porém só o faça caso você entenda tudo o que está removendo.

  • Considerações finais

É interessante que nos resultados das buscas e nas listagens por categoria, apareça apenas um trecho do post, ao invés do mesmo completo. Para isso, troque a função <?php the_content(); ?> por <?php the_excerpt() ?>.

Por último, lembre-se de utilizar plugins como:

  • Google Sitemaps - para gerar um sitemap.xml
  • Pagebar - adiciona no rodapé das listagens, links para as próximas páginas no formato "2, 3, 4 ..." ao invés dos padrões "Próxima página / Página anterior"
  • Related Posts - para exibir os posts relacionados de uma determinada matéria

Isso é tudo! E você, o que faz para otimizar a indexação do seu blog? Que tal deixar um comentário, ou melhor ainda, um trackback?!

Mais sobre: ,