Início » Aplicativos e Software » Facebook compra patentes da IBM para se livrar do Yahoo

Facebook compra patentes da IBM para se livrar do Yahoo

Avatar Por
8 anos atrás

O Facebook adquiriu um lote de 750 patentes vindas diretamente da IBM, como parte de uma estratégia de se defender do Yahoo em um processo de violação de propriedade intelectual movido pelo buscador. Os valores da transação não foram revelados, mas a rede de notícias Bloomberg afirma que eles ficaram no mínimo em "centenas de milhões de dólares".

Entre os registros estão sistemas de rede, conectividade, engenharia de software e outras tecnologias que vão de "buscas a semicondutores". A nova compra deverá vitaminar de maneira considerável o portfólio de patentes do site de Mark Zuckerberg, que até hoje tinha apenas 56 patentes em sua carteira.

O que são apenas algumas centenas de milhões de dólares?

No começo do mês o Yahoo entrou com um processo contra o Facebook por conta de 13 patentes, incluindo anúncios online e serviço de mensagens instantâneas. Na ocasião, um porta-voz da rede social lamentou que "as tentativas do Yahoo em fazer um acordo se limitaram a algumas ligações telefônicas" e que eles "ficaram sabendo do caso através da imprensa". Desde então o Facebook já comprou patentes de empresas como Friendster e HP.

Ninguém perguntou, mas é bom notar que até pouco tempo atrás os patent trolls geralmente eram alguma empresa pequena ou espertalhão tentando faturar algum dinheiro fácil com alguma gigante, e alguns até que foram bem sucedidos nisso. Mas nos últimos tempos esse tipo de briga começou a envolver empresas -- e cifras -- cada vez maiores. O resultado é que a inovação acaba tendo cada vez menos espaço na rede, assim como o surgimento de novas ideias e talentos.

A prova é que a IBM, que hoje se dedica a produzir computadores de grande porte para empresas, negociou registros com uma rede social -- negócios bem distantes um do outro. É quase a mesma coisa que a Ford processar a Volkswagen nos anos 50 pelo Fusca ter rodas de metal e pneus pretos de borracha, ou a Philips protestar contra a Sony nos anos 70 por seus televisores terem telas quadradas que emitem luz.

Com informações: IBI Times.

Mais sobre: , , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.