Início » Gadgets » Chrome OS poderá ser portado para a plataforma ARM

Chrome OS poderá ser portado para a plataforma ARM

Sony também deverá lançar Chromebook com a marca Vaio.

Avatar Por

Não é apenas o Windows 8 que deverá ter sua própria versão para processadores ARM em um futuro próximo. O Chrome OS, sistema operacional peso-pena do Google, deverá desembarcar em breve na plataforma que até hoje é restrita a celulares, tablets, tocadores de música e outros dispositivos que têm capacidades relativamente moderadas de processamento.

A “revelação” aconteceu graças a notas deixadas no Google Code — repositório de códigos-fonte para os projetos do gigante da web — que indicam que uma versão do Chromium OS está sendo portada para a plataforma. Atendendo pelo nome-código de “Daisy”, a nova versão está sendo adaptada para um chip Samsung Exynos 5250, modelo com dois núcleos que roda a saudáveis 2 GHz, mostrado em novembro.

É um sistema operacional só com navegador.

Como afirma o site The Verge, até o momento o desenvolvimento do Chrome Daisy faz diversas menções a conexões ethernet (com fio) sem fazer menções a conexões Wi-Fi, o que indica que o projeto ainda está em seus primeiros estágios.

Talvez o ponto mais interessante da notícia é saber que o Google ainda investe alguma coisa no desenvolvimento do Chrome OS. Sistema operacional que se limita a ser um navegador, o software está disponível apenas em alguns modelos específicos de computadores, batizados de Chromebooks, e até o momento suas vendas têm sido pífias.

Os últimos dados de vendas do programa são de novembro, quando o DigiTimes reportou que os Chromebooks tiveram apenas 5 mil ativações naquele mês — número irrisório diante das 600 mil ativações diárias que o Android tinha na época.

De qualquer maneira, esta semana o Google afirmou que o “Chrome OS não está morto”. Ou pelo menos, ainda não. O site Laptop Reviews encontrou no registros de patentes nos EUA um manual de instruções que mostra que a Sony tem um Vaio Chromebook pronto para chegar às lojas — junto de uma boa campanha de marketing, espera-se.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo Bala
Paulo Bala Em essencia é o q Dropbox faz…
Paulo Bala
Em essencia é o q Dropbox faz...
Fernando Mossmann
Você pode baixar as builds do Chrome OS aqui: http://chromeos.hexxeh.net/index.php
Felipe Marinho
Parabéns pra ele.. Não vai mudar nada na minha vida mesmo. xD
Felipe Marinho
Fanboy.. ¬¬ Vai se informar primeiro antes de comentar coisas sem pé nem cabeça aqui... concordo com o Luiz, um sistema completo tá longe de ser ameaçado por um SO com apenas um navegador.
gokernel
Sei que tudo caminha em direção a nuven, mas não me agrada ter uma máquina que para iniciar dependa da net. Será que é só eu que não vejo futuro em um OS que precise de internet só para boot ??? Sinceramente, fico torcendo para essa parada não pegar, e principalmente por ser do google. ;) Serio, ainda que me enviasse uma máquina totalmente grátis para utilizar, acho que não usaria muito nao, alias para ser realmente produtivo ME DISCONECTO TOTALMENTE DA INTERNET MESMO por algum tempo.
Gaba
Entendo. Mas a questão de funcionar em qualquer... hummm... acho que não vinga aqui no Brasil rsrsrs!! Não com a bela internet que temos.
Guilherme Macedo C.
A ideia é ter um sistema muito rápido, leve, que economiza recursos e funciona em qualquer lugar, independentemente de onde vc esteja (equipamento). A ideia é diferente da proposta do Windows e até do Android.
Rennan Alves
Honestamente, o Chrome OS nunca me chamou a atenção (tanto a interface quanto a proposta), nem mesmo aquele beta que eles lançaram há, o que, 2-3 anos, com o qual eu só poderia utilizar através do gmail como login e a obrigatoriedade da internet. Todas as vantagens que você citou podem ser realizadas com as plataformas existentes. Além disso, a proposta do Chrome OS até onde sei é ser um sistema completamente online, oferecendo ao cliente apenas o "terminal burro", o modo offline dependeria de mais espaço físico, e olha que nem comecei a questionar a gerência dos dispositivos que forem plugados. Não querendo desmerecer o seu comentário, mas é muito melhor montar um servidor local fornecendo isso, com o qual "eu" posso gerenciar.
Marcelo
se não me engano o ChromeOS usa os aplicativos da Chrome Web Store, portanto comparando o Google Play a Chrome Web Store, vejo como dois ecossistemas, sendo que um não é compativel com outro em relação ao sistema operacional, e creio que ninguem ira largar seu android para rodar aplicativos no Chrome.
Gabriel
É uma idéia interessante, mas não vejo muito espaço para ela. Os tablets roubaram boa parte do mercado dos netbooks e, se os ultrabooks continuarem barateando, a situação deve se tornar mais complicada ainda para os Chromebooks. Acho que vingará como um sistema de dual-boot ou agregando funções ao navegador Chrome que é um sucesso em várias plataformas. Aliás, imaginem aquela idéia do Ubuntu + Android implementada em um Galaxy SIII (o processador deve ser uma versão com clock mais baixo desse Exynos) com Chrome OS? Isso seria beeem interessante. Muito melhor que a solução do Motorola Atrix.
Paulo Roberto
Hahaha com certeza Vinicius... Mas qual a vantagem do google criar outro sistema para processadores arm, ao meu ver o google estaria canibalizando o mercado do android. Jamais compraria um dispositivo com chrome os, a não ser que ele fosse no mínimo compativel com os apps do android...
Yangm
Realmente, a interface precisa mudar para algo mais viável para os App em si, "File", "Edit", cadê? Mas sobre o sistema ser dependente da web eu discordo, tudo depende do App em si, mas se nem o Google faz apps assim para o chrome, quem fará?
Gabriel
Não acho. O Dropbox é um bom exemplo de solução mista.
Forbidden_404
Antes que me apredejem por qualquer comentario errado, foi apenas o que li sobre.
Exibir mais comentários