Início » Gadgets » BlackBerry PlayBook não aceitará aplicativos Android de fontes desconhecidas

BlackBerry PlayBook não aceitará aplicativos Android de fontes desconhecidas

Atualização removerá a possibilidade de instalar aplicativos por sideloading.

Por
7 anos e meio atrás

A RIM anunciou que os donos de PlayBook não poderão mais instalar qualquer aplicativo Android no tablet. Atualmente, um aplicativo *.apk pode ser transferido do computador para o PlayBook e instalado manualmente, método semelhante ao que utilizávamos há alguns anos em feature phones, com aplicativos em Java. Essa funcionalidade, no entanto, deverá ser removida com uma atualização de software.

De acordo com a fabricante, a instalação de aplicativos *.apk por sideloading facilita a pirataria de software e prejudica os desenvolvedores. É fácil encontrar aplicativos pagos sendo distribuídos gratuitamente em sites de compartilhamento de arquivos ou em mercados alternativos. No Android, basta permitir a instalação de arquivos de “fontes desconhecidas” para instalar qualquer aplicativo. No tablet da RIM, não será mais permitido utilizar essa técnica.

Os usuários que desejarem instalar aplicativos nativos do Android no BlackBerry OS deverão utilizar a App World, loja de aplicativos da RIM. Os principais aplicativos do Google Play Store deverão estar facilmente disponíveis para instalação. Haverá uma alternativa para que desenvolvedores possam testar seus programas, mas ainda não há maiores detalhes. Alec Saunders, vice-presidente de relações com desenvolvedores, acredita que 25% dos aplicativos para Android são pirateados.

A novidade certamente não será muito bem recebida pelos usuários da plataforma e chegará com a versão 2.1 do BlackBerry OS. De qualquer forma, você provavelmente não será obrigado a aceitar a atualização e, se muitos usuários reclamarem, não é difícil a RIM voltar atrás ou hackers criarem meios para burlar essa limitação.

Com informações: Android Community, Electronista.

Mais sobre: , ,