A sincronização de abas num navegador é um recurso que pode poupar minutos e fios de cabelo. Imagine que você estava acessando sites interessantes em casa e quer mostrá-los aos seus amigos no trabalho, mas esqueceu de favoritá-los antes de desligar o computador. Na nova versão do Chrome, bastará clicar num botão para restaurar abas que estavam abertas em outros dispositivos, incluindo smartphones e Chromebooks.

Como lembra o Lifehacker, o recurso apareceu pela primeira vez numa versão de desenvolvimento publicada em outubro de 2011, mas era necessário ativar a funcionalidade manualmente no chrome://flags. No Chrome 19, a sincronização estará disponível para todos os usuários.

Com o novo recurso, haverá uma opção para sincronizar abas (ou guias, como o Google resolveu chamar).

Com a nova funcionalidade ativada, basta abrir uma nova aba e procurar, no canto inferior direito da tela, um link que exibirá uma lista das abas abertas anteriormente em outros dispositivos. O recurso também está integrado ao Chrome for Android, mas o navegador funciona apenas no Ice Cream Sandwich.

Teste a sincronização baixando a última versão beta do Chrome ou ativando o experimento “Permitir a sincronização de guias abertas” no chrome://flags. Para ter certeza de que tudo está funcionando corretamente, verifique se a caixa “Abrir guia” está marcada nas opções de sincronização avançadas do Chrome.

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

William
Não funciona a diferença entre os dispositivos laptops e celular esta de 4 outras e outro 12 dias.
Fropeyz
Alguem poderia me dizer se tem como fechar essas guias abertas? ou eles são somente tipo um numero? só por curiosidade msm
@LBKatan
Agora só falta no Opera. Falta, não falta?
@leozacche
Ou máquinas virtuais.
Leandro Soares (@leandroleo2)
percebe-se
José Neto
*conceito de abas em browsers
Kamikaze 2
Percebe-se!!!
Ronny SFC
Like a Boss.
Petter
E que o Chrome tem campo de distorção da realidade em 3D.
Paulo
Ninguém fala porque só é cópia se aparecer primeiramente no Chrome. Se o Chrome estiver adotando recurso que apareceu primeiro em outro navegador, está apenas seguindo uma tendência.
Paulo
Incrível como esse negócio de "Opera, o primeiro navegador com abas" se tornou um mito. O Opera não foi o primeiro programa com conceito de abas. O Opera não foi o primeiro navegador com conceito de abas como conhecemos hoje. Ele foi UM DOS primeiros a trazer algum conceito de abas, mas ele não foi o pioneiro...
jrk
Ainda bem que não falaram, porque estaria errado. O Opera só teve tab browsing uns 5 anos depois do pioneiro.
Yangm
Eu não trabalho.
Tio Z
Relaxa, isso surgiu com a geração hipster em que se faz necessário apontar um indicador maior que o do Padre Quevedo na cara de todos para dizer "COPIOU DA APPLE! SÓ A APPLE INOVA!! RAGE!!!". Um dia o povo esquece que acontece em todo lugar, de produtos a serviços e que isso é bom. Afinal, se todos vão trazendo mais ou menos os mesmos recursos, fica mais fácil para você escolher o produto/serviço baseado no que te melhor serve do que "precisar" do A ou B porque ele tem recurso X ou Y que você necessita.
Sr. Sem Papo
Eu uso a sincronizaçao no meu pc pessoal e do meu serviço
Exibir mais comentários