Início » Jogos » O que deu errado com a pobre Sega?

O que deu errado com a pobre Sega?

"Uma sequência de vacilos pontuada por uma boa tentativa de recuperação."

Avatar Por

Quando você pensa na Sega, o que te vem à mente? Pra muitos, o nome da empresa evoca imediatamente a imagem do porco-espinho azul supersônico, que é efetivamente sinônimo visual da marca. Outros talvez lembrem do domínio que a empresa exercia no ramo de arcades (Ahh, muitas mesadas estouradas no House of the Dead!). Muitos lembrarão imediatamente do icônico jingle da marca, que precedia os jogos do tal porco-espinho azul.

E pra muitos, a maior lembrança atrelada ao nome da Sega é o fato de que ela se foi. Sim, a Sega tecnicamente ainda existe (e alguns mais novinhos talvez a conheçam apenas em seu formato atual — uma softhouse agnóstica, ou seja, que faz games pra tudo que é console). Pra nós, veteranos da guerra de consoles dos anos 90, a Sega representava um dos gigantes do mercado de consoles. Uma força perene na indústria que causou surpresa indescritível quando anunciou sua aposentadoria do mundo do hardware.

Como talvez vocês lembrem, em 2001 a Sega anunciou que estaria se retirando do ramo de fabricação de console. A notícia foi um choque; a primeira coisa que todas as revistas e sites especializados da época esclareceram é que sim, em breve estaríamos presenciando o anátema que é Sonic (e outras franquias da Sega) migrando para todos os outros consoles -- incluindo os da Nintendo.

Sonic Advance, o primeiro jogo do Sonic com o nome "Nintendo" na capa. Como foi difícil aceitar isso na época...

Entretanto, depois que a poeira baixou e digerimos o choque inicial, a saída da Sega não foi algo tão inesperado. A escrita estava na parede, como dizem os gringos (e como é uma referência bíblica; bem que nós podíamos dizê-la também, não é?). Tudo começou com o Sega CD.

Essa talvez seja a versão do add-on que você conheceu; existiram duas. O Sega CD, como o nome e a figura acima deixam evidentes, era um acessório que permitia o seu Mega Drive rodar games em mídia ótica. Infelizmente, o Sega CD não vingou. Dois anos mais tarde (se você considerar as datas de lançamento americanas), a Sega tentaria mais uma vez dar ao Mega Drive um impulso na batalha contra o SNES.

Esse acessório (que tem um jeitão de gambiarra) tinha como função dar um boost na capacidade gráfica do Mega Drive. Aliás, o 32X não tinha "jeito" de gambiarra, ele de fato o era. O troço exigia uma fonte de energia separada E um cabo plugando-o ao Mega Drive (aparentemente encaixar no slot de cartucho não era o suficiente pra fazer comunicação de dados).

A Sega apostava alto nessas estratégias de revitalizar o Mega Drive; quando elas fracassaram descomunalmente, a credibilidade da empresa ficou um pouco ferida.

Veio o Sega Saturn, que era essencialmente um "arcade caseiro". O console foi um veículo pra levar os jogos de fliperama (uma área em que a Sega sempre se destacou) para a sala dos gamers.

O lançamento do Sega Saturn foi um desastre. O alto preço (400 dólares na época, equivalentes a mais de 600 dólares nos dias de hoje) e a disponibilidade inicial de míseros seis games contribuíram para uma estreia fraca. No final das contas, a Sega superestimou o interesse gamer numa máquina de arcade doméstica, e o Sega Saturn foi descontinuado menos de quatro anos após o seu lançamento.

Àquela altura do campeonato já havia mais um sucessor a caminho: o "Projeto Katana", mais conhecido como Dreamcast. Eu estava lá nos Estados Unidos, no finzinho de 1999, e deixa eu te falar: o furor causado pelo console era algo inédito para mim. Ele foi muito bem no mercado... por um ano.

Nesse ínterim, surgiu o sucessor do imensamente bem sucedido Playstation. A maioria dos gamers preferiu apostar na nova versão de um console que liderou a categoria, à nova tentativa de uma fabricante que havia pisado na bola sem parar e cujo último console indiscutivelmente bem sucedido havia sido lançado uma década antes.

E foi isso que matou a Sega. Uma sequência de vacilos pontuada por uma boa tentativa de recuperar o valor da marca; o problema é que àquela altura um competidor de peso subiu no ringue, e aí já era.

Já pensou como o cenário gamer seria diferente se a Sega ainda estivesse no páreo?

Nota do Editor: Lá em 2010, o Izzy Nobre escreveu uma coluna comentando o futuro do Sonic. Perguntava ele: ainda temos fé? Faz tempo, mas vale à pena dar uma nova lida no texto. (TV)

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mestre Liefeld
Nunca liguei pra essas batalhas de consoles. O Super Nintendo tinha games melhores que o Mega Drive e Mario é Mario, mas eu curtia Sonic e os games da Sega. O mesmo vale pra Sony e Microsoft.
Klein
Eu cheguei a passar o primeiro mundo do Sonic 1 de olhos vendados, só no tempo e no som, era um vício héin!
Douglas Giroto
Não passa mesmo kk. (5 anos depois)
Megadraviano
Ele não perdeu comercialmente para a Nintendo, pelo contrário, foi por causa do Mega Drive que ele tornou-se lider de mercado mundial, vc n pode acreditar, mas nos EUA, Europa e Brasil o Mega Drive vendeu mais que o Super Nintendo. O Snes só vendeu mais que o Mega no Japão, só que nessa a diferença era muito grande. Já nas regiões que o Mega venceu a diferença foi pequena. Sò no Brasil que realmente o Mega vendeu bem mais que o Snes (75% da Tectoy contra 25% da Gradiente). No final da quarta geração que foi em 1994, o Snes encostou no Mega em termos globais. Mas como a Sega parou o suporte em 1997, o Mega estacionou nas vendas de hardware oficiais e a Nintendo pelo contrario deu suporte ate 2002 salvo me engano. Em numeros finais o Snes vendeu uns 50M e o Mega uns 40M. O número do Mega é complicado demais, pq uns dizem que foi 29 outros 36. Duvido muito ter sido menos de 30M! Pq somente nos EUA foram mais de 22M!
Nicácio Benevides
Acho que o principal problema do Dreamcast é que ele antecipou demais. O console possuía conexão para servidor de jogos (Naquela época? Sim), trabalhava com 128bit, coisa que só veio aparecer no ps2... as empresas não estavam prontas para lidar com tal tecnologia, o pacote de programação e custo para tal realismo era altíssimo. Acho que nunca utilizaram 100% do potencial do aparelho =(... Ah, e vem outra ressalva, minigame utilizado como cartão de memória, putz! Tem como algo ser tão perfeito?
Raphael Papastathopoulos
Ótimo texto,to lendo isso 3 anos depois que você o escreveu,mas para coisas tão bem escritas,o tempo não passa!
Ricardo Niemicz
Realmente na época fiquei triste com a retirada da sega. Mas vendo os jogos do sonic hoje para os consoles ps3, nintendo etc... deu pra ver que a sega perdeu completamente o brilho e a criatividade. Se o dreamcast tivesse sido lançado em uma data beeeemmm anterior, quase junto com o ps1, a história teria sido diferente acredito eu, mas fizeram o dreamcast no final da geração ps1 e nintendo 64.
lucasrssps
mds como joguei FIFA, sonic,e MK no mega drive 3.
eduardocosta
Com 23 anos vc tinha um megadrive... Deixa ver, esse post é de 2 anos atrás, então eu sou mais velho que vc 9 anos, com meus 15, 16 anos aproximadamente, o megadrive já tinha perdido espaço pro Snes, então vc jogou mega drive com aproximadamente 5 ou 6 anos de idade? Cara, master system (que vc não conheceu) foi sucesso e disputava feio com nintendinho (de 8 bits), o portátil Game Gear, disputava com o GameBoy tijolão, mega drive foi sucesso total, mas foi perdendo espaço pro Super Nintendo aos poucos, briga feia das grandes, depois, a Sega foi só caindo realmente, Sega CD não fez tanto sucesso quanto seus predecessores, Sega Saturn, pff.. sei nem o que é isso (brincadeira, eu sei), mas era só um nome bonito na batalha contra o SNes e o Neo Geo, na época. Esse Izzy pelo visto ainda não perdeu o cheiro de mijo, tem que ler mais um pouquinho pra falar da batalha da Sega vs Nintendo... Ps: Nintendo tá indo no mesmo rumo da sega agora... Tomara que as franquias como Mario, Zelda e DonkeyKong se salvem...
Matheus Nogueira
tails doll a nao
Sâmilla Cristhie
eu nunca joguei...em video-game
Juliano
grande sega, única rival da nintendo, mesmo sendo fã da nintendo, o segundo nome que me vem a cabeça quando se trata de grandes sistemas, esse nome se chama sega
Rafa Tchulanguero Punk
O problema da SEGA sempre foi uma péssima administração. Ela perdeu comercialmente a briga com a Nintendo na era 16-bits por apostar nas péssimas idéias que eram o SegaCD e 32X, arrumou uma confusão do caramba com o Saturn, que não seria um console 3D e utilizou uma tática suicida com o Dreamcast, que apesar de ótimo console jamais teve alguma chance de sucesso. Mas o pior de tudo não é ela ter saído do mercado e sim por ter perdido praticamente todo o espirito criativo.
Rafa Tchulanguero Punk
Ikaruga surgiu no Dreamcast, só depois para para o Cubo. É um dos jogos que eu mais amo e odeio ao mesmo tempo, rzs.
Ershin
O que faz uma tremenda diferença, já que os Ouriços Terrestres andam em duas patas, são azuis e calçam tênis vermelho, mas os Porcos-Espinhos não.
daniel_moreno
Tive um Nintendo, Mega Drive, SNES...de todos sempre achei os games da Sega mais bem acabado que os concorrentes. E na escola sempre tinha aquela briga sobre qual era melhor! E as revistas especializadas! E a galera que comprava revista gringa Gamepro, EGM etc! Happy Times!
@victoygor
Não sou do tempo em que Sonic fazia sucesso, mas mesmo assim, tenho ele instalado no meu Android, e gosto muito por sinal, só que deveria haver um upgrade em termos gráficos!
Cash
Os bons são o 1o. e o 2o., os outros são descartáveis porque simplesmente incluem mais personagens e gráficos melhores, mas não tiveram nenhuma inovação verdadeira. Gráficos 3D? Sonic escorregando por cima de trilhos como se estivesse fazendo um grind de skate? Isso não é inovação, é só um mero upgrade pra enganar os bestas.
@emanoelvianna
Quem não se lembra da sega é por que não teve a emoção de jogar sonic e muitos outros, Sega pela minha opinião perdeu mercado por não saber inovar e querer insistir na mesmice de sempre... Não que seja uma mesmice, mas que em um mercado que na época e hoje em dia cada vez mais exige o melhor dos consoles. Acho que naquela época eles precisavam de um plano de projeto mias elaborado!
Cash
Filho, eu não só joguei, como é daí mesmo que me baseei pra dizer que eu acho os jogos repetitivos. Acorda, que enquanto eu tava zerando sonic 2 pela 4 ou 5 vez, você ainda não era nem um óvulo recém-fecundado.
Douglas Chagas
Sonic não é um Porco-Espinho, ele é um Ouriço Terrestre! Fica a dica! ;D
Darox
Red mobile, arcade automobilístico com sonic pendurado no retrovisor, sem mais. SEGA tinha de tudo pra estar no topo até hj.
Antonio
Eu confesso que entrei aqui esperando uma porcaria de coluna e me surpreendi com uma coluna bem escrita. Só um ponto de vista: o twitter de vocês trata de maneira extremamente desrespeitosa a SEGA, usando palavras como "ressuscitar" e "limbo", como se a empresa estivesse morta. Se a empresa está morta, então como vocês explicam o lançamento de House of Dead 4 na Psn ontem? Como vocês explicam Sonic 4 ep 2 vindo mês que vem? E Alien Colonial Marines vindo semestre que vem? Não aconteceu grande coisa com a SEGA, ela só vai centrar os lançamentos via digital e todas as companias farão isso em certo ponto pois é muito caro para lançar jogos em loja. Do resto a coluna ficou bastante bacana.
Jack
Ainda tenho um Dreamcast funcionando, na caixa guardado, tem até uma pistola e um minigame utilizado para salvar jogos, era muito bom, pena que mataram o mesmo :(
Gaba
Joguei sim... Eu tinha um Megadrive. Jogava Hulk (que era o que eu mais gostava), Sonic e alguns outros que não lembro o nome. Mas quando eu tinha o Megadrive, já existia o Super Nintendo, que era a sensação entre minhas redes sociais...
Gaba
Bom... tenho 23 anos... E entrei tarde no mundo dos games. Por isso não me interessava muito, os games antigos. Já existiam melhores!
Lucas
Joguei Sonic pela primeira vez há uns 15 anos atrás. Claro que na época eu não pensava nisso, mas recentemente tive a mesma impressão: a de que o jogo parecia ser só correr e correr. Claro que eu estava errado. Acho que a comparação constante e inevitável com Mario me levou a essa conclusão. Mario sempre pareceu um jogo muito mais "técnico" e desafiador. Foi então que decidi dar uma chance ao Sonic novamente e joguei o Hedgehog 2, no Wii. Como eu estava errado... o jogo é excelente e achei tão desafiador que não consegui passar de uma das últimas fases. Aliás, fiquei sem saber como conseguia fazer aquilo quando era criança. Garanto que esse negócio de ser só "correr e correr" é impressão sua. A não ser, claro, que você esteja falando desses 3D espalhafatosos e ruins. Poucos dessa nova geração são bons.
Lucas
Considerando o sucesso e o dinheiro que eles fizeram com o Wii, estão longe de se darem mal.
Guilherme Macedo C.
estão falando isso há anos e anos e a cada console eles revolucionam o mercado
Lucas
Seis jogos de Sega Saturn no lançamento, cara.
@ErickRezende
Certamente você nunca jogou Sonic em um Megadrive...
Ryo
Foi triste ver a Sega morrendo com um dos melhores consoles de todos os tempos nas mãos: Dreamcast! Ainda bem que tenho o meu até hoje, guardado, mas tenho.
Ryo
Pirralho detected.
Guilherme Macedo C.
Sega lembra o tempo que as produtoras faziam games com alma.
@trovalds
Sonic, o "porco espinho"? Até onde sei é (ou era) Hedgehog, que é um animal insetívoro com o corpo coberto de espinhos que vira uma "bola" exatamente como o Sonic dos games. http://www.petbrazil.com.br/bicho/outros/250.htm
Raphael
Sonic Jam? Ok, nao era inédito, mas valia a pena. O Saturn tinha dezenas de clássicos prontos, na boa: Panzer Dragoon, PD Zwei e PD Saga, só pra começar; Nights; Sega Rally; Daytona USA; e quem nunca sofreu jogando Silhouette Mirage? Era um ótimo console...
Felipe Oliveira
Mas era fato que as empresas americanas mandavam muito bem no MD enquanto as japonesas reinavam no SNES. Não que isso seja uma regra
Carlos Acs
Falando nisso Izzy. O pessoal aí falou do Segata Sanshiro. Assunto divertido heim pra um certo podcast.
Carlos Acs
Muito provavelmente.
RAMONE
Sua última frase denuncia que você nunca jogou Sonic na vida.
Carlos Acs
Você realmente jogou Sonic (os bons)?
Carlos Acs
Cara, o @99vidas te ajuda a dar um destino justo e honroso pra ele. Né não Izzy?
Raphael
Eu tenho um Saturn funcionando até hoje, tinha 16 anos na época que comprei, e pude escolher entre o console da SEGA e o da Sony. As pessoas escolhiam o console da SEGA por conta da potência: quatro processadores pareados permitiam jogos pesados quase sem loading - e se fosse preciso, bastava meter o cartucho de RAM extra para jogos ainda mais potentes, como Marvel vs Street Fighter e D&D: Shadow Over Mystara. Outra grande vantagem do console da SEGA: o troço era um tanque. Não dava pau nunca - como falei, tenho um funcionando perfeitamente até hoje. O PS, por outro lado, além de um loading HORRENDO de tão lento, dava pau no canhão de leitura por qualquer motivo. Era frágil, péssimo, algo mais frustrante que o Red Ring of Death do XBOX há alguns anos. Qual era a vantagem do PS então? Engine gráfico. O PS tinha gráficos mais bonitos que os do Saturn, tinha melhores efeitos de brilho e renderização. Era visualmente mais bonito. Só. O Saturn foi um dos melhores consoles da SEGA, com todo o respeito.
Danilo Boros
Segata Sanshiro é clássico hehehehe Acho que podemos considerar que o Saturn também fez um relativo sucesso no Brasil, me lembro que quando eu estava na 4ª série, em 1998, vários colegas meus tinham Saturn. Não qual o motivo, se era o preço, já que o console foi lançado pela Tec Toy por aqui naquela época, ou se é a tradição da Sega no país, visto que o Master foi um console que fez mais sucesso aqui do que nos EUA, o Mega foi tão forte quanto o SNES e o Dreamcast é lembrado por muitos gamers brasileiros como um dos melhores consoles(me incluo nisso também).
Breno Caldeira
Daqui 10 anos não existirão os video games :D Tudo será uma grande caixa preta conectada à internet que vc chamará de... computador. Bom, pelo menos é meu sonho, acabar com essa frescura de fabricante/hardware. E ser tudo um só e eu poder jogar "Sonic e Mario" no mesmo "video game".
Rennan Alves
O jeito é esperar Aliens: Colonial Marines. Talvez assim ela recupere um pouco o fôlego.
Cash
Acontece o tempo todo por aqui. Comentários somem misteriosamente... só não consegui decidir ainda se é por problemas no site, ou se é porque os moderadores não tem ética o suficiente pra sê-lo.
Cash
Ainda acho que a Sega nunca devia ter demovido o Alex Kidd do posto de mascote da companhia. Mas há quem goste do Sonic. Eu, particularmente, sempre achei ele sem-graça. Não que os primeiros 2 jogos tivessem sido ruins, muito pelo contrário, mas o personagem em si nunca teve muito apelo. Talvez por eu ser um velho anacrônico eu prefira o Alex Kidd, ou talvez porque ele realmente fosse um personagem melhor, com jogos mais criativos. Afinal, convenhamos. Qual o jogo do sonic, à exceção do Sonic Spinball, em que você pode fazer alguma coisa diferente de correr e correr e correr mais um pouco?
Bravehunter
Pior! Como será daqui a us 10 anos para conseguir os vários updates de um jogo para PS3 ou Xbox360? Será que a Sony/Microsoft manterão esses updates em seus servidores ou teremos que jogá-los cheios de bugs?
Sr. Sem Papo
Unica coisa que joga em um saturn era pandemonium :P
Breno Pires
Não tão recentes, mas são do gênero: Radiant Silvergun (1998, Saturn e XBLA), Ikaruga (2001, GameCube e XBLA), jogos da série Touhou saem todos os anos até hoje, Mushihime-Sama (Arcades e Xbox 360)... Sem falar em franquias antigas que ganharam remakes e continuações (R-Type, Gradius, Space Invaders)... Shoot 'em Up é o que não falta :)
Lucas
E a Nintendo parece estar no limite também. Se não vingar esse novo console, acho que a coisa fica preta...
Diones Reis
A Sega sempre tinha uns RPGs bacanas. Quem não se lembra de Phantasy Star? E também os RPGs da Working Desings? O Sega CD, achei muito incrível para a época. Jogos como Sonic CD, Mad Dog, Road Rash, Time Gal e aquele outro da casa invadida, eram de encher os olhos. Uma pena que a tecnologia era cara demais. Acho o 32 X um dos piores erros que a Sega tomou, e ao invés de eles terem lançado isto, e trabalhado melhor no pack de programação do Sega Saturn, fazendo com que fosse uma plataforma melhor de se programar(lembrando que o PSX era favorito das softhouses por ser mais fácil de programar jogos e conversões) acredito que a empresa estaria aí até hoje.
bawlaw
diferentemente dos consoles de hoje.. os antigos eram feitos pra durar.. xD meu Super Nintendo e o PSX ainda funcionam perfeito.. os atuais são cheios de frescurar e bugs de luzes piscantes
@AntonioVeras
No caso do Dreamcast, acho que a Sega vacilou feio, pois ele, para mim era muito melhor que um Play Station. Nunca vi um Play Station sendo usado como Arcade, mas vi vários DreamCasts sendo usados como Arcade rodando o Marvel VS Capcom 2. Não entendi quando descontinuaram o Dreamcast.
@betocampos7
Tenho um console Sega Genesis (Mega Drive no Brasil) até hoje. Comprei nos EUA. Acho que ainda funciona e tem uns 30 jogos. Acho que irei doar a algum museu tecnológico. rs
@bfalquetto
Cara, a SEGA se foi pq desenvolveu coisas d+ em cima do mega drive. Se tivesse pulado do mega-drive pro saturn talvez tinha dado em algo, afinal seria 1 falha somente, o Dreamcast era muito bom. O único problema dele é que era muito caro e veio depois de vários problemas. Acredito que a SEGA deveria ter continuado no HARD em parceria com alguma empresa. O mesmo vale para a SNK. Ainda acho que uma LG/Samsung quando forem entrar no mercado de games (o que é bem provável devido à popularização das marcas) tentem "aliciar" essas marcas. Caso contrário, ainda podemos ter o 2º crash dos video-games.
Iceman
aí sim, deleta aí, moderador
@AntonioVeras
Na época do lançamento do Mega Drive, passava propaganda dele com o jogo Altered Beast, era muito legal. E olha que eu nem gostava de Master System e nem do Mega Drive.
Iceman
REPETINDO, JÁ QUE MEU COMENTÁRIO ANTERIOR SUMIU SEM RAZÃO APARENTE Seis jogos para 32X? Teve bem mais que isso, na verdade... O Saturn não foi tão ruim, nem o 32X era tão ruim, mas o problema antigo da SEGA sempre foi a oferta de jogos. Lançavam o console com poucos jogos, aí a Sony deitou e rolou.
@5gu
Outro fato que não podemos nos esquecer sobre o Saturn é que apesar de ser um console da Sega, ele nunca teve um game de plataforma do Sonic, só o ridículo Sonic R.
@AntonioVeras
Qual o problema? O Mega drive não era um Super Nintendo. :P Sempre gostei da Nintendo, mas o que eu mais curtia mesmo era Arcade. Street Fighter 2, Fatal Fury, The King oF Fighters, Mortal Kombat era tudo de bom, mas aí vieram os vídeo games com extrema resolução gráfica e internet. Isso matou as casas de Arcades. A SNK também era outra boa criadora de consoles e games que também se foi.
EDI LOPES
Lembro que MEGADRIVE era meu sonho. Tinha um jogo de nave que chamava TRUXTRON, nunca vi jogo melhor (de nave), alias nunca mais vi jogo de nave. Antigamente eles eram abundantes, hoje nem sei se existe titulos.
Paulo Graveheart
Só complementando, no Japão o Sega Saturn foi durante muitos anos um pusta sucesso, impulsionado por uma série de jogos tipicamente japoneses (RPGs) que nunca deram as caras no ocidente E pelo personagem Segata Sanshiro, que fez sucesso com uma série de comerciais http://graveheart.me/geek-life/dossie-tudo-o-que-voce-nao-queria-saber-sobre-segata-sanshiro/
Iceman
Seis jogos para 32X? Teve bem mais que isso, na verdade... O Saturn não foi tão ruim, na verdade nem o 32X era tão ruim, mas o problema antigo da SEGA sempre foi a oferta de jogos. Lançavam o console com poucos jogos, aí a Sony deitou e rolou.
EDI LOPES
lembro que MEGADRIVE era meu sonho. Tinha um jogo de nave que chamava TRUXTRON nunca vi jogo melhor (de nave) alias nunca mais vi jogo de novo antigamente eles era abundandtes hoje nem sei se existe titulos
Gaba
Nunca gostei muito dos games da Sega, nem dos consoles, então pra mim nem fez muita diferença. Atualmente ela até que tem lançado alguns jogos legais...
Bravehunter
Concordo, Izzy! Excelente artigo! A título de aprofundamento no assunto aconselho ler a matéria sobre o Saturn na revista OLD!Gamer número 7 (http://www.europanet.com.br/site/index.php?cat_id=1453&pag_id=23587). Foi a Sega americana que transformou o Mega Drive em um sucesso e acredito que daí surgiu uma pontinha de inveja da Sega japonesa (ah, o orgulho do povo japonês....) e isso também contribuiu para a queda da empresa.... mas isso é só achismo :P
Gaba
Você tem quantos anos Izzy??