Início » Computador » Intel lança processadores Ivy Bridge com maior desempenho gráfico e melhorias em overclock

Intel lança processadores Ivy Bridge com maior desempenho gráfico e melhorias em overclock

Intel HD 4000 promete o dobro de desempenho em relação ao Sandy Bridge.

Por
7 anos atrás

A Intel lançou hoje a terceira geração de processadores Core. Os novos chips Ivy Bridge possuem fabricação em 22 nanômetros, quatro núcleos de processamento e nova GPU Intel HD Graphics 4000, que promete o dobro de performance em relação ao Sandy Bridge. São 13 novos processadores quad-core para desktops e notebooks, com desempenho até 20% melhor.

A nova arquitetura Ivy Bridge.

Para se ter uma ideia de quão pequeno são os transistores de 22 nm dos novos processadores, um fio de cabelo humano possui cerca de 60 mil nanômetros de diâmetro. A fabricação é possível com a tecnologia 3D Tri-Gate, anunciada pela fabricante de Santa Clara em maio do ano passado. O novo processo de fabricação possibilita maior desempenho com menor gasto de energia.

Os novos integrantes da família Ivy Bridge são os seguintes:

  • Core i7 Extreme: Core i7-3920XM
  • Core i7 para notebooks: i7-3820QM, i7-3720QM, i7-3612QM, i7-3610QM
  • Core i7 para desktops: i7-3770K, i7-3770
  • Core i7 para desktops de baixo consumo: i7-3770T, i7-3770S
  • Core i5: i5-3570K, i5-3550, i5-3450, i5-3550S, i5-3450S

Novos processadores Ivy Bridge para desktops.

Os primeiros benchmarks com o Core i7-3770K são bem animadores para quem planejava um upgrade no computador antes do fim do mundo. O AnandTech comparou o desempenho da HD 4000 com a antiga HD 3000 e concluiu que a performance em jogos aumentou até 80%. No Battlefield 3, Left 4 Dead 2 e Metro 2033, o aumento foi de 70%. É claro que um gamer avançado não utilizará a GPU integrada, mas para quem deseja jogar apenas casualmente, o Ivy Bridge não faz feio.

Outra novidade anunciada pela fabricante é a melhoria nos recursos de overclock. Com modificações em tempo real, aumento nos limites do multiplicador e ajuste fino nos clocks de memória, será mais fácil atingir altas frequências. Em uma placa mãe ASRock Z77, o Core i7-3770K atingiu 6,9 GHz com nitrogênio líquido. Para calcular 1 milhão de dígitos no Super PI, o processador levou apenas 5,304 segundos.

Processadores Intel Core de terceira geração são fabricados em processo de 22 nm.

O recurso de Turbo Boost, que aumenta o clock de um dos núcleos do processador dependendo da demanda dos aplicativos, continua presente. No Core i7-3770K, com frequência de 3,5 GHz, a funcionalidade eleva o clock para 3,9 GHz. Além disso, os Ivy Bridge trazem tecnologias antirroubo, DirectX 11 e soluções corporativas, representadas sob a marca Intel vPro.

Como esperado, os preços não sofreram maiores alterações em relação ao Sandy Bridge, tornando os novos processadores ótimas opções — pelo menos nos Estados Unidos, onde serão lançados ainda este mês. Começam em US$ 174 (Core i5-3450), passam por US$ 313 (Core i7-3770K) e chegam a US$ 1096 (Core i7-3920XM).

Mais sobre: , ,