Início » Computador » Intel lança processadores Ivy Bridge com maior desempenho gráfico e melhorias em overclock

Intel lança processadores Ivy Bridge com maior desempenho gráfico e melhorias em overclock

Intel HD 4000 promete o dobro de desempenho em relação ao Sandy Bridge.

Paulo Higa Por

A Intel lançou hoje a terceira geração de processadores Core. Os novos chips Ivy Bridge possuem fabricação em 22 nanômetros, quatro núcleos de processamento e nova GPU Intel HD Graphics 4000, que promete o dobro de performance em relação ao Sandy Bridge. São 13 novos processadores quad-core para desktops e notebooks, com desempenho até 20% melhor.

A nova arquitetura Ivy Bridge.

Para se ter uma ideia de quão pequeno são os transistores de 22 nm dos novos processadores, um fio de cabelo humano possui cerca de 60 mil nanômetros de diâmetro. A fabricação é possível com a tecnologia 3D Tri-Gate, anunciada pela fabricante de Santa Clara em maio do ano passado. O novo processo de fabricação possibilita maior desempenho com menor gasto de energia.

Os novos integrantes da família Ivy Bridge são os seguintes:

  • Core i7 Extreme: Core i7-3920XM
  • Core i7 para notebooks: i7-3820QM, i7-3720QM, i7-3612QM, i7-3610QM
  • Core i7 para desktops: i7-3770K, i7-3770
  • Core i7 para desktops de baixo consumo: i7-3770T, i7-3770S
  • Core i5: i5-3570K, i5-3550, i5-3450, i5-3550S, i5-3450S

Novos processadores Ivy Bridge para desktops.

Os primeiros benchmarks com o Core i7-3770K são bem animadores para quem planejava um upgrade no computador antes do fim do mundo. O AnandTech comparou o desempenho da HD 4000 com a antiga HD 3000 e concluiu que a performance em jogos aumentou até 80%. No Battlefield 3, Left 4 Dead 2 e Metro 2033, o aumento foi de 70%. É claro que um gamer avançado não utilizará a GPU integrada, mas para quem deseja jogar apenas casualmente, o Ivy Bridge não faz feio.

Outra novidade anunciada pela fabricante é a melhoria nos recursos de overclock. Com modificações em tempo real, aumento nos limites do multiplicador e ajuste fino nos clocks de memória, será mais fácil atingir altas frequências. Em uma placa mãe ASRock Z77, o Core i7-3770K atingiu 6,9 GHz com nitrogênio líquido. Para calcular 1 milhão de dígitos no Super PI, o processador levou apenas 5,304 segundos.

Processadores Intel Core de terceira geração são fabricados em processo de 22 nm.

O recurso de Turbo Boost, que aumenta o clock de um dos núcleos do processador dependendo da demanda dos aplicativos, continua presente. No Core i7-3770K, com frequência de 3,5 GHz, a funcionalidade eleva o clock para 3,9 GHz. Além disso, os Ivy Bridge trazem tecnologias antirroubo, DirectX 11 e soluções corporativas, representadas sob a marca Intel vPro.

Como esperado, os preços não sofreram maiores alterações em relação ao Sandy Bridge, tornando os novos processadores ótimas opções — pelo menos nos Estados Unidos, onde serão lançados ainda este mês. Começam em US$ 174 (Core i5-3450), passam por US$ 313 (Core i7-3770K) e chegam a US$ 1096 (Core i7-3920XM).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jurandir Moratelli
Eu tbm ainda tenho um pentium 4 de 2007 '-', mas ta quase montado meu novo pc :D
[email protected]
Póh galera , acabei de compra um note da LG s430 , i3 2º geração , HD 320 ,placa intel HD 3000 por 1.289. Vocês acham que eu fiz boa escolha ter pegado esse pelo custo beneficio , mandem modelos do qual eu poderia pegar. Vlw agradeço
Gabriel
Olá Paulo Higa: Queria saber, qual destes novos processadores seria melhor aproveitado para edição com Maya, 3D max, etc, Premier Pro, After effects e principalmente para rederização, tendo uma Quadro 2000 D? Desde já, muito obrigado.
Gabriel
Oi Fabio: Onde vc comprou tudo isso por R$1400.ºº? Gostaria de saber mesmo.
fabio
eu ja tenho pequei kit I7-3770 placa ASRock Z77 Extreme4 e memoria 8 Gb Gskill sniper por R$: 1.400
thiago
será que essa onboard hd 4000 segura alguns jogos'tipo gta iv'..driver 4 no minimo pelo menos ?
Leticia
To a mais de 6 meses só esperando isso...
Bruno Araújo
Eu ainda tou com um Pentium 4 '-'
Leandro de souza
Num outro desk meu , tenho um core 2 duo sem virtualizaçao e nao trava nada e olha q meu irmaozinho trabalha pacas nele..Pra roda o windows mais algumas aplicações , um dual core dá de boa...
Yangm
É claro que eu esperava que nunca iria ficar ultrapassado.[/sarcasm] Besta. Espero que toda vez que você compre algo novo, você descubra 2 horas depois que está super ultrapassado porém pagou o mesmo preço da tecnologia atual.
paulorazia
e meu antigo pentium III que abandonei a 16~18 meses? e ele era usado com uma incrível memória ram de 512MB era o melhor de todos!!!
@TatoGomes
Para o que eu faço no meu PC, meu core i3 Sandy Bridge vai me atender bem por muito tempo. O que faço de mais exigente no meu PC é jogar PES. Enquanto fizer isso, bem. Quando não der mais, bem também. Sou muito mais adepto do jogo no console. De resto, não tenho nenhuma atividade que exija tanto processamento assim... Sobre a notícia, é sempre bom saber que a tecnologia continua avançando, mesmo achando que a família i3/i5/i7 vai durar por um bom tempo, ainda que evoluindo em desempenho em suas variações.
fefoon
E vc esperava que nunca ia ficar ultrapassado? Se fosse assim, ainda existiria pentium 4
Yangm
E o meu core i5 2º gen ficando cada vez mais ultrapassado. I S2 Intel... #NOT
Felipe Marinho
o ATOM é um processador de baixo custo meio recente no mercado, além do mais, o seu tem 2 núcleos de processamento que melhora o desempenho pakas. Antigo mesmo é o Intel Celerom D, e Intel Inside... :)
Exibir mais comentários