Anatel quer proibir operadoras de cobrar novas chamadas quando ligação cair

Cliente de plano "ilimitado" terá até dois minutos para realizar a nova chamada.

Lucas Braga
Por

A introdução dos planos “ilimitados” de telefonia celular trouxe um problema aos brasileiros: a rede das operadoras não estava preparada para o alto volume de ligações, e a consequência disso é a péssima qualidade de serviço. A TIM, inclusive, foi acusada de provocar quedas de chamadas para que o cliente realize uma nova ligação. Uma nova medida da Anatel deve melhorar um pouco a situação: em situações de queda de chamada, novas ligações deverão ser gratuitas.

Uma fonte ligada ao Estadão afirmou que o objetivo é da nova regra é permitir ao consumidor refazer suas ligações, sempre que houver queda, não importando o motivo da interrupção da chamada. Dessa forma, pessoas que tiverem falhas na ligação, término de bateria ou mesmo transitarem em uma área de sombra poderão refazer suas chamadas gratuitamente. Para isso, a agência estipulou um prazo de dois minutos para realizar a nova chamada.

A medida afeta principalmente os clientes de planos “ilimitados” que cobram por chamada realizada. Quem possuir um pacote de minutos, ou mesmo realizar chamadas que não são tarifadas por tempo de ligação não poderá se beneficiar com a mudança. Atualmente, a regra da Anatel estipula gratuidade apenas quando uma chamada de até 30 segundos foi interrompida. Mesmo assim, o tempo seguinte é tarifado de acordo com o pacote de serviços.

A proposta ainda precisa ser aprovada, mas o resultado deve sair na próxima reunião do colegiado da Anatel, na próxima quinta-feira (16). Após as decisões dos conselheiros, a medida deverá passar por um período de consulta pública antes de entrar em vigor. Finalmente é possível ver a Anatel fazendo seu trabalho direito, se  posicionando ao lado do consumidor e não das operadoras. Será que agora vai?

Relacionados

Relacionados