Arquivo Telecomunicações

Oi lança Velox de 100 e 200 Mbps e testa 4G no Rio de Janeiro

Velox de alta velocidade chega ao cliente via fibra óptica.

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Rio de Janeiro – A Oi disponibilizou em seu stand na Futurecom 2012 dois computadores conectados ao seu novo serviço de banda larga que usa fibra óptica, o Velox 100 e Velox 200. O serviço já estava em teste há alguns meses, mas apenas agora foi disponibilizado comercialmente. A velocidade real alcançada impressiona bastante: nos nossos testes conseguimos até 220 megabits por segundo.

A tecnologia utilizada é a FTTH (Fiber to the home), independente se o cliente mora em casa ou apartamento. Isso significa que a casa do cliente receberá uma fibra diretamente, algo que evita interferências e oscilações e garante a qualidade do serviço. A tecnologia permite que os cabos percorram a tubulação elétrica, já que não há interferências como na rede de cobre.

8,28+9,14+11. Sim, são 28,42 MB/s por segundo.

O valor do produto não é muito diferente do contrato que vazou em julho: a conexão de 100 megabits por segundo custa R$ 79,00 e a de 200 megabits por segundo sai por R$ 99, ambas com contrato de 12 meses e mediante a assinatura de uma linha de telefone fixo.

Quem não quiser telefone poderá contratar o serviço pagando um pouco mais: a banda larga de 100 Mbps sai a R$ 119 e a de 200 Mbps sai a R$ 139. Por enquanto o serviço só está disponível na região da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. É projeto da operadora expandir a viabilidade para o Recreio e a Zona Sul do Rio, bem como a cidade de Belo Horizonte.

Equipamento do Velox via fibra óptica

O que não anima é a franquia de uso: o regulamento do serviço de ultra banda larga cita que os clientes terão velocidade reduzida ao atingir 200 GB se o cliente for assinante do Velox 100 e 500 GB para o plano com velocidade de 200 megabits por segundo. O cliente irá navegar com a velocidade reduzida de 10 Mbps até o fechamento da conta. No entanto, a Oi afirmou que não aplicará a redução de velocidade.

4G da Oi impressiona nos testes

Uau.

A operadora aproveitou o stand para demonstrar como anda a sua rede de quarta geração. Fizemos um teste de velocidade e o resultado nos agradou: 32,62 Mbps de download e 11,45 Mbps de upload. Não há nenhuma informação em relação a preços, mas a operadora pretende inciar suas operações em LTE 2600 até dezembro nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte.

Lucas Braga

Repórter especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque