Arquivo Internet

Agência dos EUA analisa se o “Googlepólio” realmente existe

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Lembra-se do processo demorado e complicado que a Microsoft enfrentou nos Estados Unidos por conta da dominância no mercado de PCs? O Google periga de enfrentar situação similar. Reside no gabinete dos comissários da FTC (Federal Trade Commission, ou Comissão Federal de Comércio) um memorando com mais de cem páginas relatando práticas pouco competitivas do gigante da internet.

Somente cinco lideranças do órgão decidirão se o processo será iniciado ou não. O Google abusaria do domínio no setor de buscas, além de violar leis antitruste. O memorando conclui que o Google sufoca a concorrência nos negócios de internet.

Google ponto-com-ponto-br

Google ponto-com-ponto-br

Há uma série de questões em aberto. Por exemplo, se o Google utiliza a predominância do sistema Android no mercado de smartphones para desencorajar os fabricantes de usarem outros serviços de pesquisa na rede, como o Bing ou o Yahoo (o buscador utiliza tecnologia da Microsoft).

Comissários do órgão estudam se o Google causa o aumento de taxas de publicidade nas empresas concorrentes. Seria mais difícil para anunciantes que contratam o AdWords ou outra solução comparar os dados de campanhas em outros sites.

A FTC realizou uma importante investigação dentro dos escritórios do Google por 19 meses. Concorrentes da companhia foram convidados para testemunhar sobre as práticas supostamente nocivas do maior buscador da internet.

Também em xeque, as patentes da Motorola permitiriam ao Google impedir que Apple e Microsoft utilizem tecnologia de compressão de vídeo em dispositivos móveis. Investigadores da agência checam se o Google cumpre as promessas assumidas ao anunciar a aquisição da Motorola Mobility, braço da antiga Motorola que produz smartphones, em um negócio multibilionário no ano passado.

Não é de hoje que se fala em “googlepólio”. Cá no Brasil o caso mais importante envolve o grupo Buscapé Company e uma série de sites de e-commerce e comparação de preços menores. Acusam o Google Brasil de concorrência desleal ao exibir ofertas de produtos colhidas com a tecnologia Google Shopping em destaque nas pesquisas.

O Google venceu o Buscapé/Bondfaro na primeira instância de outro processo que corre na justiça de São Paulo.

Com informações: Bloomberg e Globo Online

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque