Arquivo Aplicativos e Software

Firefox para Android agora compatível com modelos low end

João Brunelli Moreno
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Mozilla anunciou na segunda-feira (19) que o Firefox para Android passou a ser compatível com aparelhos que usam os processadores ARMv6. Essa arquitetura específica da ARM costumam estar presente nos modelos de entrada disponíveis no mercado. Desta forma, o navegador da raposa passa a ser uma opção para “milhões” de usuários da plataforma do robozinho ao redor do mundo.

Firefox em propaganda da Mozilla: um foguete.

O Firefox está disponível para o Android desde o começo de 2011, mas até essa semana exigia aparelhos com processadores ARMv7 e Android 2.2 para rodar, o que limitava sua presença em aparelhos mais caros (e menos populares). “Quase 500 milhões de telefones Android atualmente usam chips ARMv6”, afirma a fundação responsável pelo desenvolvimento do navegador. De qualquer maneira, não será qualquer aparelho que terá condições de rodar o programa, que ainda pede por um chip de pelo menos 800 MHz e 512 MB de memória RAM, embora a versão do Android necessária varie.

Aos que já conheciam o Firefox para Android, apenas boas notícias. Agora o programa abre bem mais rapidamente que seus antecessores e carrega páginas rapidamente. Apesar de sua interface ocupar um pouco mais de espaço que o browser nativo do do Android, tem navegação entre abas bem mais rápida que o programa padrão da plataforma.

Além da maior compatibilidade, o novo Firefox, que atende pelo número de versão 17, também oferece uma série de novos recursos de acessibilidade e os aparelhos com Jelly Bean têm direito a aceleração de vídeo por hardware.

O Firefox para Android está disponível nessa página no Google Play.

João Brunelli Moreno

Formado em comunicação e jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba, João Brunelli Moreno é redator, blogueiro, roteirista e produtor de conteúdo. Venceu mais de 100 prêmios de publicidade, incluindo o 40° Profissionais do Ano realizado em 2018. Foi autor no Tecnoblog entre 2009 e 2012 cobrindo assuntos relacionados a gadgets, computadores, Apple, Google, Microsoft, entre outros.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque