Arquivo Brasil

Vivo é multada em 3,9 milhões de reais por quedas e queixas

Anatel dá desconto de 25% se a operadora não recorrer

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A situação não está boa para a Vivo: a operadora foi condenada a pagar R$ 3,9 milhões de multa por descumprir as metas de qualidade de serviço, que compreendem diversos fatores, como quedas de chamadas, reclamações de clientes incluindo até mesmo queixas de demoras no atendimento. Cabe recurso, mas a Vivo terá desconto de R$ 1 milhão (25%) se não recorrer.

Em nota ao jornal O Globo, a Vivo afirma que os motivos decorrente dessa multa ocorreram em 2011 e já foram solucionados pela operadora, de forma que a punição da Anatel não corresponde aos esforços que estão sendo realizados agora.

Prédio da Vivo em São Paulo

Prédio da Vivo em São Paulo

Na semana passada, a Anatel também aplicou uma multa para a Oi, que teve valor consideravelmente maior: são R$ 34 milhões de reais que deve ser pago ao tesouro nacional em 40 dias. Como a multa compreende tanto os serviços de telefonia fixa como telefonia móvel, deve-se considerar que a Oi muito maior do que a da Vivo, que possui operação nos serviços de telefonia fixa apenas no estado de  São Paulo.

Em julho do ano passado, a Anatel suspendeu a venda de novas linhas da operadora mais reclamada de cada estado do Brasil. A Vivo não teve nenhum impedimento na época, mas teve de apresentar um plano de melhorias de serviço para a agência.

Essas multas chegaram em um momento inoportuno para as operadoras, que estão correndo para lançar as redes de quarta-geração nas cidade-sede da Copa das Confederações. De qualquer forma, o governo irá desonerar impostos das operadoras na compra de equipamentos e construções das novas redes.

Lucas Braga

Autor especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque