Arquivo Jogos

Mais servidores para “SimCity”, por favor

EA promete reforçar estrutura do jogo online

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Incêndio em "SimCity"

“Simcity” vem atraindo as atenções do público que curte esse tipo de jogo – eu incluso. Porém, os relatos em torno do game passam longe de ser os melhores. Falhas nos servidores têm tornado o gameplay proibitivo. A EA promete corrigir o problema com a instalação de mais servidores ao longo dos próximos dois dias.

Primeiro de tudo, é de se estranhar que uma publisher do tamanho da Electronic Arts tenha dificuldade em escalar um jogo da importância de “SimCity”. Há meses que a mídia vinha falando desse grande lançamento. Aposto que as vendas antecipadas do jogo foram um sucesso. E eis que, ao primeiro contato depois de baixá-lo da Origin, o camarada não consegue ficar 20 minutos sem que o servidor o chute para fora do game.

O jogo requer conexão constante com a internet. Não tem choro, muito menos vela. Este é um pré-requisito descrito quando o consumidor vai lá comprar “SimCity”. Só que, com tamanha demanda, a EA não se preparou o suficiente.

A EA reconhece os diversos problemas técnicos que se tornaram “mais proeminentes” nas últimas 24 horas, informa uma mensagem no fórum dela. Diz ainda que a equipe de operações trabalha de forma ininterrupta para resolver as questões no menor tempo possível.

Mesmo aos trancos e barrancos, “SimCity” é um sucesso. Números da EA para o jogo: 38 milhões de edifícios destruídos; mais de 7 milhões de quilômetros de estradas foram construídos, mais de 18 milhões de incêndios iniciados; e mais de 40 milhões de encanações “recheadas de cocô”.

Vila inglesa na edição Deluxe

Vila inglesa na edição Deluxe

A edição limitada custa R$ 99,90 na Origin. Quem está disposto a gastar um pouco mais pode gastar R$ 139,90 na edição Deluxe com elementos da arquitetura alemã, francesa e inglesa (eu comprei esse!).

Vale lembrar que nos termos de serviço da loja virtual consta que não fazem reembolso de itens digitais. Mesmo se o jogo não funcionar como deveria? Não sei dizer. Eles se reservam o direito de oferecer reembolso em “circunstâncias excepcionais”.

Vídeo: Promessa de um produtor de “SimCity”

Assista a seguir a um produtor da EA Maxis respondendo a um repórter sobre a conexão constante. Ele promete que os servidores funcionarão em tempo integral, durante “todas as horas do dia” e com direito a backup.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque