Arquivo Jogos

Rumor de exigência de conexão permanente no próximo Xbox reacende após declaração de executivo da Microsoft

"Às vezes a eletricidade acaba, então não vou comprar um aspirador de pó"

Joel Nascimento Jr
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Kotaku reacendeu o rumor de que o sucessor do Xbox 360 exigirá conexão permanente para funcionar. Há poucas semanas, a mesma tensão pairou sobre o anúncio do PlayStation 4 da Sony, que já negou a necessidade de conexão para rodar jogos. Já no caso do próximo Xbox, de codinome Durango, a situação não parece ser a mesma.

Segundo duas fontes próximas à Microsoft, “se nada mudou recentemente”, usuários do Durango precisarão de conexão constante com a web para poder rodar jogos e aplicativos. Se a conexão cair durante o uso, inicia-se uma contagem de três minutos até ela voltar. Caso contrário, o jogo ou aplicativo seria suspenso.

Mas, enquanto a Microsoft não confirma nem nega essa informação, alguém importante ligado à empresa emitiu sua opinião sobre o tema. Adam Orth, diretor de criação da Microsoft Studios, através do seu perfil pessoal no Twitter declarou que não vê problemas com conexão obrigatória. “Desculpe, eu não entendo o drama sobre ter um console sempre online”, disse o executivo.

Orth complementou: “todo dispositivo hoje é sempre online”. Para fechar o debate, Orth ainda arrematou uma belíssima pérola: “Às vezes a eletricidade acaba, então não vou comprar um aspirador de pó”. Logo em seguida, o executivo bloqueou sua conta no Twitter, mas você pode ler todas as declarações no fórum do NeoGaf.

adam-orth-twitter

A lógica de Orth não é tão simples assim. Atualmente você pode jogar mesmo se sua conexão cair e, imagine exatamente a situação de, não havendo conexão, a única coisa que você poderia fazer é jogar, porém seu console se recusar a funcionar justamente por este motivo. Um aparelho que não funciona sem energia é diferente de um dispositivo bloqueado para funcionar sem conexão mesmo sendo, tecnicamente, possível. Nada, nada bom.

Vale ressaltar que esta não é uma declaração oficial da Microsoft, e ainda não há nenhuma informação confirmada sobre o sucessor do Xbox 360 – ele deve aparecer no máximo até junho, na E3.

E para você, a obrigatoriedade de uma conexão seria um ponto negativo na decisão de escolher um console?

Com informações: The Verge.

Joel Nascimento Jr

Entusiasta de tecnologia e gadgets desde que desmontou uma calculadora musical Casio aos 4 anos de idade.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque