Arquivo Gadgets

Financie isso: Scanadu Scout, o Tricorder da vida real

Giovana Penatti
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Há quase 50 anos, estreou a série original de Star Trek. Entre as várias inovações tecnológicas fictícias e meio viajadas para a época, estava o Tricorder médico, um aparelho que dava informações sobre a saúde dos pacientes. Eis que, quase meio século depois, uma equipe de pesquisadores da NASA conseguiu criar uma espécie de Tricorder para uso pessoal.

Ele chama Scout e foi parar no Indiegogo há dois dias para ser financiado. Em menos de duas horas, o mínimo foi atingido. Até agora, já arrecadou mais de três vezes o valor do pedido inicial.

O Scout só lembra o aparelho usado em Star Trek na função; na aparência e usabilidade, é bem diferente.

scout1

Bem pequeno, ele cabe na palma da mão e consegue medir batimentos cardíacos, pressão sanguínea, temperatura, respiração, oximetria, estresse emocional e fazer um eletrocardiograma.

Os resultados vão parar no seu smartphone pelo Bluetooth e são mostrados de maneira bem intuitiva:

screens

Para funcionar, ele utiliza o mesmo sistema operacional que a sonda Curiosity, que permite que ele execute diversas tarefas simultaneamente em um espaço de tempo pré-definido. O aplicativo estará disponível para iOS e Android e o Scout deve começar a ser enviado em março de 2014.

Contribuições a partir de 199 dólares garantem o recebimento de um Scout e eles vão enviar para fora dos EUA, mas é preciso pagar o frete.

Por que é legal? Porque faz com que qualquer um fique atento à própria saúde.

Por que é inovador? Porque a ideia surgiu a pelo menos 50 anos e só agora vai ser colocada em prática.

Por que é vanguarda? Porque utiliza tecnologia da NASA em um aparelho que vai direto para as mãos do usuário. Pode ser a primeira de muitas criações voltadas para a área médica que agilize tratamentos.

Vale o investimento? Sim. Claro, ele não substitui uma visita ao médico. Mas pode ajudar, por exemplo, quem tem pressão alta e precisa estar sempre de olho nisso. E, apesar de já ter sido financiado, quanto mais dinheiro, mais dá para incrementar o Scout.

Giovana Penatti

Ex-editora

Giovana Penatti é jornalista formada pela Unesp e foi editora no Tecnoblog entre 2013 e 2014. Escreveu sobre inovação, produtos, crowdfunding e cobriu eventos nacionais e internacionais. Em 2009, foi vencedora do prêmio Rumos do Jornalismo Cultural, do Itaú. É especialista em marketing de conteúdo e comunicação corporativa.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque