Arquivo Aplicativos e Software

Microsoft confirma versão do Office 365 para iPad, só não disse para quando

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Quando a Microsoft lançou uma versão do Office para iPhone e iPod touch em junho deste ano, uma pergunta ficou no ar: haverá algo parecido para o iPad? A resposta chegou cerca de três meses depois, mas é positiva: recentemente, a Microsoft revelou que uma versão do Office 365 para o tablet da Apple já está desenvolvimento.

A confirmação foi dada por ninguém menos que Steve Ballmer, durante um evento promovido pelo Gartner, em Orlando, Estados Unidos. Mas não foi nada do tipo “pronto, falei!”. Na declaração, o executivo fez questão de deixar claro que uma versão do Office projetada para tablets com Windows 8 chegará antes.

Há uma lógica por trás desta decisão. O que está sendo desenvolvido, na verdade, é uma versão do Office 365 específica para telas sensíveis a toques. Esta interface, obviamente, está sendo criada e testada em ambiente Windows. Mas, com o conceito pronto, fica mais fácil portar a ideia para outras plataformas, e é neste ponto que a versão para iPad ruma para a realidade.

Como este Office “tátil” ainda está desenvolvido, Ballmer não arriscou dar nenhuma previsão de data de lançamento. De igual forma, não se sabe como os aplicativos serão oferecidos. A versão para iPhone, por exemplo, só está disponível para quem assina algum plano do Office 365, ou seja, você não pode ir na App Store e simplesmente comprar o app.

No iPhone, o Office é assim

No iPhone, o Office é assim

Apesar de não sabermos quando, o Office para iPad deverá mesmo ser lançado, uma vez que as mudanças no mercado causadas pela combinação de mobilidade e computação nas nuvens vem forçando a Microsoft a tentar se firmar como uma companhia de serviços e não mais com foco apenas na tradicional fórmula de licenciamento de software.

É por esta razão que o Office 365 é oferecido mediante assinatura. O problema é que, para este modelo de receita dar resultado, a Microsoft não pode continuar limitando o produto às suas plataformas, afinal, elas são minoria no segmento móvel. Levando este aspecto em conta, dá até para esperar novidades da empresa em relação ao Android.

Com informações: TechCrunch

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque