Arquivo Antivírus e Segurança

Criaram um software que promete resolver captchas em mais de 90% das tentativas

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Sistemas de captcha existem para comprovar que quem está tentando acessar determinado serviço ou conteúdo é, de fato, uma pessoa. Estas soluções costumam funcionar bem, tanto que se alastraram pela internet, mas uma pequena empresa de nome Vicarious AI afirma ter criado um software capaz de resolvê-las na maioria das tentativas.

recaptcha

Não é que já não existam mecanismos capazes de resolver verificações em captcha. A principal diferença em relação a estes é que o sistema da Vicarious o faz com uma precisão enorme. De acordo com D. Scott Phoenix, um dos seis pesquisadores que fundaram a empresa, o índice de sucesso do software beira os 90% em captchas de serviços do Google, Yahoo ou PayPal, por exemplo, chegando aos 99% em alguns casos.

Sem revelar detalhes, os pesquisadores explicaram que a “mágica” está nos algoritmos que aperfeiçoam a interpretação de informações visuais pela máquina e não na exploração de possíveis brechas da solução de captcha, como fazem muitos dos “hacks” já criados.

Em outras palavras, o software utiliza um conjunto de exemplos para aprender a identificar padrões em imagens e associá-las a caracteres, tal como o cérebro humano, ficando mais robusto com o passar do tempo. Não por acaso, a Vicarious é justamente uma empresa focada em inteligência artificial. As demonstrações no vídeo abaixo impressionam:

Mas isso não quer dizer que desenvolvedores terão que sair correndo para mudar seus sistemas ou recorrer à eficiente técnica de botar a culpa no estagiário. Segundo a Vicarious, a resolução de captchas foi só um dos testes feitos para avaliar a eficácia da tecnologia e não há plano algum de liberar seu código-fonte ou disponibilizar um aplicativo para este fim.

O foco da empresa, na realidade, está em criar um sistema de reconhecimento de símbolos mais avançado, capaz não só de identificar caracteres em imagens estáticas, mas também em vídeos. No que depender de seus desenvolvedores, a tecnologia poderá inclusive ser utilizada para analisar imagens de exames médicos ou até mesmo expandir a capacidade de reconhecimento dos buscadores na web. Assim, não estranhe se a Vicarious se tornar mais uma empresa a parar nas mãos do Google.

Com informações: Mashable

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque