Arquivo Jogos

Vídeo mostra como ficarão os gráficos de Tomb Raider na nova geração

Giovana Penatti
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Tomb Raider: Definitive Edition, a versão do jogo para a oitava geração de consoles, será lançada no fim deste mês, no dia 28. Essencialmente, o jogo é o mesmo, mas com gráficos mais elaborados para explorar a força do Xbox One e do PS4.

O IGN publicou um vídeo que compara os gráficos do game no PS3 e no PS4 com comentários do produtor do jogo, Scot Amos, falando sobre as mudanças. Antes de mais nada, vamos assistir (mude para 1080p):

Lembro que, quando joguei Tomb Raider, os gráficos me surpreendiam o tempo todo. Então, quando a nova versão foi anunciada com gráficos melhorados, fiquei desconfiada. Mas ao ver a comparação é que saltam aos olhos as melhorias para a oitava geração: a riqueza de detalhes nas texturas é impressionante, desde o cabelo esvoaçante de Lara à pele suada – fazendo uma observação quanto ao cabelo: a tecnologia TressFX, utilizada para que cada fio se movimente sozinho, existe na versão para PC. A iluminação também está mais realista e, combinada com a textura, revela detalhes do cenário que antes passavam batido, como pedras molhadas no chão, ou até é alterada por uma chuva torrencial, algo que não acontecia no outro jogo.

Também me parece que houve uma melhoria nas cores: os gráficos da Definitive Edition aparentam ter o contraste estourado, com imagens mais escuras, enquanto a versão original parecia ter um blur eterno, que desbotava as cores e sacrificava detalhes.

Outra diferença facilmente visível está no rosto da Lara, que foi refeito para “combinar com o que achávamos que a Lara da oitava geração deveria ser”. Ficou bem diferente:

lara croft ps4

Para quem já jogou, como a campanha é exatamente a mesma, não sei se vale a pena investir no jogo apenas pelos novos gráficos – é uma coisa legal, mas não é como se os gráficos do original fossem ruins ou se os novos mudassem a experiência. Mas quem comprar a Definitive Edition leva alguns brindes digitais: uma HQ, um livro de arte conceitual e todos os itens disponíveis para download, como mapas e armas.

Com informações: The Verge

Giovana Penatti

Ex-editora

Giovana Penatti é jornalista formada pela Unesp e foi editora no Tecnoblog entre 2013 e 2014. Escreveu sobre inovação, produtos, crowdfunding e cobriu eventos nacionais e internacionais. Em 2009, foi vencedora do prêmio Rumos do Jornalismo Cultural, do Itaú. É especialista em marketing de conteúdo e comunicação corporativa.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque